Texto final de “DILUVIO” – @Gerald Thomas 2017

 

WARMONGERS -"ISOLATION"PAINTING MADE WITH COFFEE @Gerald Thomas - London 2003

WARMONGERS -“ISOLATION”PAINTING MADE WITH COFFEE @Gerald Thomas – London 2003

Reconheço a dúvida de algumas pessoas quanto a isso ser ou não ser algo. Reconheço essa dúvida histórica sem a qual eu jamais poderia ter ultrapassado tantas etapas, a ponto de dizer: sim, isso é uma dúvida, é mais dúvida que qualquer dúvida por ser menos certeza do que, digamos, uma afirmativa ou do que uma mera pausa. Uma pausa sugere uma mentira, uma hesitação, sugere algo fake, entende? Fake. Sim, fake. Uma “situaçãozinha”. Mas reconheço a dúvida dessas pessoas, como reconheço a desaprovação dessas pessoas. Não que eu, como Maria de Lima, enquanto pessoa física e/ou pessoa jurídica e por que não pessoa física quântica jurídica dessa arca, desse aborto, dessa… Não. Não é isso que eu quero dizer.

Eu posso até me convencer e achar tudo isso muito positivo. Isto é, crescer, se instruir e descobrir pequenas coisas no mundo e adaptá-las ao nosso íntimo, tendo a mais absoluta certeza de que somos únicos, de que importamos para o mundo, de que mais ninguém pensou nessa imagem, nessa coisinha, que ninguém mais incorporou isso. Posso até achar tudo isso muito positivo. Posso até tentar esquecer os vários momentos em que dou de cara com os verdadeiros gênios do passado e os de agora, que não só viram isso, como fizeram disso… uma mera fatalidade do meu passado. Tenho uns vinte críticos vivendo aqui dentro, aqui dentro da minha cabeça. E o que eles dizem não é melhor nem pior. Vai continuar havendo vida. Sim! VIDA!

Gerald Thomas 2017

New York

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Comments are closed.