NUNCA VI TANTA GENTE SURTANDO POR AI.

img_2447

NUNCA VI TANTA GENTE SURTANDO POR AI.

(e bota surtando nisso !). A razão dessa “surtação”, dessas mentiras, dessas mascaras, dessas eternas desculpas e obsessões e compulsões? Não sei. Mas acho que é essa social media. Deve ser. Ou as micro ondas que nos invadem. Ou então são os “deuses astronautas de Erich Von Däniken. Ou então é um fracasso geral e uma TOTAL impotência perante o sistema (todos eles) e … Ah sei lá. Mas sei que tenho tido experiências de arrepiar o cabelo. Não. Arrepiar o cabelo não. Tenho muito cabelo. Não chega a tanto. (por que sempre exagero?)

Está difícil se destacar. Ou melhor, é difícil se destacar. Quem já não o fez até agora, tem que apelar. E…apelar quer dizer (geralmente) ficar nu. Como se nudez fosse alguma novidade. Caramba. Então….o que me arrepia é … não, deixa pra lá. Não estou aqui pra dedurar ninguém.

Quero que vocês acompanhem minha vida e vivam num mundo em que eu quero que vocês pensem que vivem.

“Eles” começam guerras, criam caos.

Eu começo guerras, crio caos. Eu os soluciono.

E quando convém a eles e quando convém a mim, tudo se resolve.

Em ENTRE DUAS FILEIRAS  todos os personagens são reais e, ao contrário de qualquer outra biografia ou autobiografia, são funcionais e movimentarão mais dinheiro no quarteirão vizinho que o Banco Mundial em todo o ano que vem. Dinheiro cenográfico. Notas falsas. Sua aliança afeta mudanças marítimas e o caos climático em cada aspecto da vida humana – valor e distribuição de commodities, dinheiro, armas, água, combustível, a comida que ingerimos para viver, a informação na qual nos baseamos para nos dizer quem somos.

Que fique claro. No fim, “a verdade será revelada”.

Então, vamos lá: NUNCA VI TANTA GENTE SURTANDO POR AI.

Venha pro Brasil. Venha. Quero muito te….”

Essa frase, assim como qualquer outra, virou uma commodity na mídia social. E isso é espantoso.

“Advertising signs that con you
Into thinking you’re the one
That can do what’s never been done
That can win what’s never been won
Meantime life outside goes on all around you

Bob Dylan”

Gerald Thomas

New York, November 13, 2016

 

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Comments are closed.