Sabato Magaldi – morto: algumas considerações!

 

SABATO MAGALDI

Sobre a morte de SABATO MAGALDI – E foi tambem um CRITICO e como um critico se sentia no direito de, numa única noitada, de arruinar a carreira de um espetáculo ou da carreira de um ser humano. Nunca fez, que eu saiba, a autocrítica que Walter Kerr (NYTimes) fez, quando, após rever a sua critica a Esperando Godot (25 anos após te-la arruinado na Broadway), pediu perdão e disse que estava ERRADO!. Renunciou do NYTimes e disse que – assim como negligenciou o valor da maior peça do século XX (Esperando Godot), ele deve também ter negligenciado milhares de outros autores, atores, etc. E, com um simples “Sorry, Goodbye“, Walter Kerr se foi. Desapareceu. Claro que vcs não sabem disso. Mas agora sabem. Sabato Magaldi foi sempre muito simpatico comigo e sempre me tratou muito bem (4 X Beckett, Quartett, etc). E, justamente por causa disso, me sinto no direito de dizer que…CRITICOS…BAH !!!!!

Na questão da obra de Nelson Rodrigues: Não há como negar que a sua divisão em “míticas”, “tragédias cariocas”, etc – foi a mais preciosa contribuição para nós (autores e diretores).

Ao mesmo tempo, ao severamente criticar e NAO ENTENDER o fato de Giorgio Strehler (o maior encenador italiano) em esconder o rosto dos atores em véus de escuridão e em ELIMINAR a luz frontal de seus espetáculos, mostrou ser parte – não da evolução do teatro, mas da caretália etc e tal.

CRITICOS…BAH !!!!!

Eles passam. Nós ficamos.

Gerald Thomas

GT X Barbara Heliodora

Comments Off on Sabato Magaldi – morto: algumas considerações!

Filed under Uncategorized

Comments are closed.