ENTREVISTA COM GERALD THOMAS AO GNT

A entrevista foi ao ar nesta Sexta-feira, dia 12/12/2008, no programa “Agenda”, do GNT.

 

312 Comments

Filed under Vídeo

312 responses to “ENTREVISTA COM GERALD THOMAS AO GNT

  1. Xez

    Lágrimas verdadeiras ou atuação? Esse Gerald. Comovente.

  2. Gerald Thomas

    VAMP
    Muitissimo obrigado por ter conseguido colocar no ar
    Acabo de chegar em casa.

    Caetano Vilela. Mil vezes thanks por ter indicado o caminho das pedras e por ter nos orientado.

    LOVE
    G

  3. mauricio sena

    Por favor não se ache um super homem se estiver com quatro , bolas atraz .

  4. mauricio sena

    Por favor não se ache um super homem se estiver com quatro , bolas atraz .

  5. Gisele

    Gerald, porque você acha teatro infantil criminoso? Concordo que 99% das produções infantis são lixo, principalmente esses mega musicais à la Disney, mas eu tive a sorte de levar minhas filhas em produções como Ilha do Tesouro, uma peça interativa em que me diverti à beça como pirata e até lutei de espada; também tive a sorte de me emocionar com Panos e Lendas. Acho o teatro tão próximo do mundo infantil, aliás a criança vive o teatro de forma criativa e espontânea, que a intelectualização escolar cuida de podar pela raiz. Enquanto eu estou aqui escrevendo esse comentário, minha filha de 4 anos está brincando com meia dúzia de panos coloridos, inventando estórias de princesas, monstros, castelos,…é uma pena que, atualmente, as crianças estejam tão anestesiadas pela TV, pelo videogame e outros brinquedos eletrônicos, que muitas já perderam a capacidade de se maravilhar com uma boa peça de teatro. Bem, mas eu acho que isso acontece com os adultos também, não?

  6. O Vampiro de Curitiba

    Pessoal, ainda com problemas nos comentários: alguns aparecem como se tivessem sido postados com uma hora de diferença.

  7. Garganta

    Caro Gerald,

    Puxa!, parabéns. Mas alguém, sem ser eu, notou algo diferente? Eu, por exemplo, só fico encabulado se converso com uma garota que eu esteja realmente apaixonado. O jornalista ficou meio atrapalhado com você, Gerald. Em outras palavras, ele, o jornalista, me pareceu estar com tesão na entrevista. Será que o trenzinho, que você tanto fala, rolou?

    Eis as palavras carregadas de emoção, do jornalista, que não me deixam mentir:
    “Tem pessoas que nos deixam um pouco apreensivos…e foi com essa apreensão que eu parti para a entrevista com Gerald Thomas…mas depois a conversa foi tranqüila”

    PS: A jornalista ( bem gata, diga-se) ainda diz: “Eu também ficaria apreensiva”. Nossa Senhora! Tudo indica um ménage-à-trois. A noite foi animada.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  8. Enviado por: Brasileirinho

    Premio para quem acertar:

    O EVERALDO ALEM DE IDIOTA É:

    1) Lacaio (capachildo do LULA) comunistas.
    2) Impotente e bicha não assumido.
    3) GOZADOR.
    4) Profissional pago para tumultuar o blog
    5) O Pacheco com mais um nick
    6) O Gerald .
    7) A Sandra.

    Paro aqui em homenagem a todos mentirosos do blog cujo chefe é o Everaldo.

  9. Salve Pacheco.
    Salve o dia do marinheiro.

  10. gthomas

    Brasileirinho (Pacheco). Nao, o Everaldo eh somente o Everaldo mesmo!!!!
    LOVE
    G

  11. Glorinha

    Garganta, devo ser cega…não ví nada disso que vc viu…

    senti o Gerald, essa é a melhor coisa para se ver!
    [[]]

  12. gthomas

    Xez: lagrimas verdadeiras infelizmente. Detesto quando acontece isso. Pedi ao Renato (reporter) pra tirarem essa parte. Nao tiraram.
    Realmente me comovo quando o assunto eh Obama e tal. Foi uma entrevista longuissima. Ja sou puta velha de entrevistas….30 anos de talk shows, etc,…mas sempre acho que posso confiar quando me olham nos olhos e dizem que vao cortar.

    enfim, deixa,
    saiu. entao deixa la.
    LOVE
    G

  13. Glorinha

    Garganta,
    estive a alguns passos do Gerald, fiquei tão encabulada que não consegui me aproximar….e daí? algum problema?
    ….só se for problema meu que perdi a oportunidade de lhe apertar a mão, essas que criam tanto!
    []

  14. Glorinha

    Gerald,
    talvez chorar independa de quantos zilhões de vezes se fez algo…
    talvez dependa da conjunção de várias variantes, implicantes entre sí, que não nos abstraem algo…e enfim explodem naquelas lágrimas que não se contem….
    Bom dia para vc!
    [[]]

  15. Turma do Boteco

    Se o homem é isca, alguém por aí manipulando !!!???????
    Se lhe espancam…jogam sapatadas….
    Imaginem… o Bush…vítima !!!

    Por isso, entre uma e outras…White Horse…Scotch Whisky, Ballantines – Chivas eighteen years ..derramo um pouco para o santo…..chegamos conclusos…A República…de um modo geral está em regime pré-falimentar !

    Por isso aclamamos, unânimes !!

    Long live the monarchy!

    Long live Great Britain!

    Live the queen!

    Live the Imperial Family of Brazil!

  16. Realmente me comovo quando o assunto é Obama e coisa e tal … Eu sou assim também! Milhões de pessoas são! Nós, os
    emotivo-existenciais! “Sonho” nosso que se tornou realidade!

    Realmente, gostaria de acreditar que o elegeram para dar uma lição de democracia e civilidade ao mundo. Também para dar um
    basta ao preconceito racial – no caso aqui, mais especìficamente em relação ao da cor da pele! Pele africana, que fique bem claro!

    Infelizmente, como já disse aqui, parece-me que os “americanos dos USA” o elegeram muito mais para tentar salvar a sua própria pele branca! Agiram com muito bom senso e inteligencia, sem dúvida alguma. O “novo Presidente” é nota 1000000000000000 e
    o mundo agradece pela escolha feita!

    Razão e emoção foram os sentimentos que prevaleceram? Sinto; sinto muito! Vejo, “apenas” a “razão da lógica economica” de um
    país que esperneia patèticamente para manter-se no topo global!

    Beijos mil!
    Susan judia

  17. Garganta

    Cara Golrinha,

    Idaí? Você, doce Glorinha, que ficou perto do mestre do teatro que nos conte, ué?, rolou algo? Foi algo deveras apreensivo( se é que você me entende)? Seu amor é mesmo cego para não ver o clima do trio. Essa cegueira acontece, eu sei( em regra, com homens). Bom! Uma música para a trama romântica( Gerald, Glorinha, jornalista emotivo e jornalista gatíssima):

    “Meu coração, não sei por que
    Bate feliz quando te vê
    E os meus olhos ficam sorrindo
    E pelas ruas vão te seguindo
    Mas mesmo assim
    Foges de mim

    Ah se tu soubesses como sou tão carinhosa
    E o muito, muito que te quero
    E como é sincero o meu amor
    Eu sei que tu não fugirias mais de mim

    Vem, vem, vem, vem
    Vem sentir o calor dos lábios meus a procura dos teus
    Vem matar essa paixão que me devora o coração
    E só assim então serei feliz
    Bem feliz

    Ah se tu soubesses como sou tão carinhosa
    E o muito, muito que te quero
    E como é sincero o meu amor
    Eu sei que tu não fugirias mais de mim

    Vem, vem, vem, vem
    Vem sentir o calor dos lábios meus a procura dos teus
    Vem matar essa paixão que me devora o coração
    E só assim então serei feliz
    Bem feliz “( Carinhoso, Pixinguinha)

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  18. Renato

    Oi Gerald! Gostei da entrevista, pena que o formato dela não permitiu o aprofundamento da história do teatro pra crianças, queria entender mais o seu ponto de vista a respeito. Confesso que fiquei confuso – não compreendi se você acha ruim existirem peças para crianças ou se criar uma peça infantil é algo que não simplesmente não lhe interessa.

    O teatro infantil não ajudaria a criar novos públicos e acostumar um público a novas linguagens, menos televisivas?

    Abraços!

  19. Garganta:

    Simples, direto, objetivo e real foi você, no seu comentário das 15.11hs.! Nós, adultos, temos sonhos diferentes e vemos o mundo por outro prisma! Aprendizado de vida é isso.

    Recomenda-se: crianças precisam vivenciar sua “infancia” e
    não devemos transformá-las, em hipótese alguma, numa espécie de “adulto mirim”!

    Recomenda-se, ainda, que, todos nós, sempre que necessário e
    possível, resgate e deixe aflorar a “criança que existe dentro de nós”.

    Beijos mil!!!
    Susan judia

  20. gthomas

    Renato: prometo te responder mais detalhadamente sobre o assunto. Claro que a resposta , dada como foi dada, ficou rasa. Tambem, nao podia ser de outra maneira. Nao eh um programa especializado nesse assunto.

    Acabei de voar 10 horas e cheguei em casa . Preciso dar uma dormida e retorno ao assunto, prometo.

    Teatro infantil eh complicado, mas o que eu quero dizer com isso eh mais no sentido do TOM adotado por aqueles que o fazem (os adultos) tentando idiotizar as criancas…com Reizinhos, Monstrinhos, Fantasminhas, tudo no diminutivo
    HORRENDO

  21. Falamos em teatro infantil e … lembrei-me das “tais musiquinhas
    que as mamães e babás cantarolavam para ninar suas criancinhas” (até num passado muito e muito recente).

    Terrorismo infantil – pelo menos “pelas bandas de cá”?

    – Atirei o pau no gato
    – Boi da cara preta
    – Dorme nene que a cuca vem pegar
    – O negão vai te colocar num saco

    e outras de que nem me lembro mais … (rs)

  22. Garganta

    Caro Gerald,

    “…sentido do TOM adotado por aqueles que o fazem (os adultos) tentando idiotizar as criancas…com Reizinhos, Monstrinhos, Fantasminhas, tudo no diminutivo”( Gerald)

    Qual a sua brilhante sugestão para o público infantil? Elas não são idiotas, mas –por incrível que pareça– elas são ingênuas e inocentes. Se a internet, alguns desenhos animados, violência nas ruas corrompem boa parte da infância, e as crianças não agem naturalmente, a solução certamente não é botar as crianças para assistir peças com o inverso do que você, Gerald, disse: Reizões, Monstrões, Fantasmões e outros exageros. Deixem as crianças assistindo teletubies, peças sem violência e etc. Elas, no tempo certo, podem ter contato com peças menos ingênuas . E desafio qualquer um a apresentar um educador, psicólogo, pediatra e outros profissionais que me desmintam.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  23. Glorinha.

    Quem cria é a cabeça do Gerald.
    As mãos apenas escrevem ou tecla o que a cabeça ordenou ao coração para ordenarem as mãos que fazem o trabalho.
    E também as mãos de qualquer um servem para isto mesmo.
    Tem até mão que é injustamente chamada de boba.
    A cabeça pode ser boba, mas nunca as mãos.
    A mente pode ser assassina e as mãos apenas realizam o trabalho tramado antes na mente.
    Agora a mão que rouba certamente ou é do pt ou pretende se candidatar.
    Igual às mãos judiciárias que foram descobertas recentemente em Vitória.
    Por tudo isto eu lamento que não tenhas apertado as mãos honestas do Gerald. E fico feliz por nunca teres apertado as mãos de um idiota que tecla igual o Everaldo.

    Senhor Gerald.
    O Everaldo não é o único não senhor. Têm outros enganados que também ficam falando bobagens. Nem sempre bobagens são mentiras, mas toda mentira é uma bobagem.

  24. Vi as fotos do cenario da peça, chocante OS REFLETORES PARA O ALTO ESTAO EM BUSCA DOS AVIOES QUE DESPEJAM A S BOMBAS é o proprio escombro de Varsovia em pessoa no palco ; lembro -me eu as 10 anos com minha namorada platonica loirinha linda chamada Vanda de familia de refugiados poloneses, com seu livro de capa dura de couro sentavamos lado a lado e no colo dela liamos aquele livro dos escombros de Varsovia apenas um bombardeio nazista dizia ela que sabia tudo sobre o livro e que tudo fora descondtruido em um dia de gerra tudo isso moldurado por penas alvas com pelinhos dourados afinal ERA VERAO e naquele verao de 1963 logo teriamos os Beatles nas vitrolas
    E nesses holofotes e escombros se juntarmos vinho que pode ser o sangue humano .so faltarao lindas louras correndo pra lá e pra ca no palco em busca de abrigo, mas a peça é solo, .
    .Emotivo anda o Gerald, dizem que é bom chorar , mas esta com uma cara boa , minha mae diria a mesma coisa que dizia sobre caetano veloso quando o via na tv ; ESSE CABELO ESTA MUITO COMPRIDO ERA BOM DAR UMA CORTADINHA.
    abaixo
    poema musicado DE Natal comparativo com Varsovia e vinho que pode ser sangue humano… para ser cantado por um coral infantil :
    …… VENDO NOTICIAS DO JORNAL NACIONAL certa vez ..reportagem sobre o Recife , lixao de peixinhos, nao consegui evitar . a mulher falando ; Olhe o o derradeiro leite o rato derramou!

    NO LIXAO DE PEIXINHOS
    SE COME CARNE HUMANA
    NO PAÍS D O FUTEBOL
    E POLITICO BACANA
    O DERRADEIRO LEITE
    O RATO DERRAMOU
    OBRA SUPER FASTURADA
    E O FIM SE ACABOU
    O PREFEITO FEZ A PONTE AO INVÉZ DO HOSPITAL
    SO VAI INAUGURAR PRA DEPOIS DO CARNAVAL
    EU NAO CANTO NADA EU NAO COMO NINGUEM
    POR FAVOR TIRE ESSA FACA
    PORQUE EU VOU PEGAR O TREM
    (so as crianças )
    NO LIXAO DE PEIXINHOS SE COME CARNE HUMANA…
    e com diria o juquinha every body..no lixao de peixinhos se come carne hunana no pais do futebol e politico sacana
    QUERIA DIZER A TODOS E A QUEM INTERESSAR POSSA QUE QUANDO FIZ ESSE POEMA O PRESIDENTE DO BRASIL .
    NAO ERA O MEU AMIGO PRESIDENTE LULA ……….essa frase esta ficando carne de vaca humana tambem

  25. Vi as fotos do cenario da peça, chocante OS REFLETORES PARA O ALTO ESTAO EM BUSCA DOS AVIOES QUE DESPEJAM A S BOMBAS é o proprio escombro de Varsovia em pessoa no palco ; lembro -me eu as 10 anos com minha namorada platonica loirinha linda chamada Vanda de familia de refugiados poloneses, com seu livro de capa dura de couro sentavamos lado a lado e no colo dela liamos aquele livro dos escombros de Varsovia apenas um bombardeio nazista dizia ela que sabia tudo sobre o livro e que tudo fora descondtruido em um dia de gerra tudo isso moldurado por penas alvas com pelinhos dourados afinal ERA VERAO e naquele verao de 1963 logo teriamos os Beatles nas vitrolas
    E nesses holofotes e escombros se juntarmos vinho que pode ser o sangue humano .so faltarao lindas louras correndo pra lá e pra ca no palco em busca de abrigo, mas a peça é solo, .
    .Emotivo anda o Gerald, dizem que é bom chorar , mas esta com uma cara boa , minha mae diria a mesma coisa que dizia sobre caetano veloso quando o via na tv ; ESSE CABELO ESTA MUITO COMPRIDO ERA BOM DAR UMA CORTADINHA.
    abaixo
    poema musicado DE Natal comparativo com Varsovia e vinho que pode ser sangue humano… para ser cantado por um coral infantil :
    …… VENDO NOTICIAS DO JORNAL NACIONAL certa vez ..reportagem sobre o Recife , lixao de peixinhos, nao consegui evitar . a mulher falando ; Olhe o o derradeiro leite o rato derramou!

    NO LIXAO DE PEIXINHOS
    SE COME CARNE HUMANA
    NO PAÍS D O FUTEBOL
    E POLITICO BACANA
    O DERRADEIRO LEITE
    O RATO DERRAMOU
    OBRA SUPER FASTURADA
    E O FIM SE ACABOU
    O PREFEITO FEZ A PONTE AO INVÉZ DO HOSPITAL
    SO VAI INAUGURAR PRA DEPOIS DO CARNAVAL
    EU NAO CANTO NADA EU NAO COMO NINGUEM
    POR FAVOR TIRE ESSA FACA
    PORQUE EU VOU PEGAR O TREM
    (so as crianças )
    NO LIXAO DE PEIXINHOS SE COME CARNE HUMANA…
    e com diria o juquinha every body..no lixao de peixinhos se come carne hunana no pais do futebol e politico sacana
    QUERIA DIZER A TODOS E A QUEM INTERESSAR POSSA QUE QUANDO FIZ ESSE POEMA O PRESIDENTE DO BRASIL .
    NAO ERA O MEU AMIGO PRESIDENTE LULA ……….essa frase esta ficando carne de vaca humana tambem

  26. Garganta.

    Você

    é mulher?!

  27. teatro infantil é muito ruim e pior ainda é incentivarem crianças a atuar para ganhar muito dinheiro em vez de estudar

  28. continuando…………..é como se as emissoras fossem pedófilas

  29. Vi as fotos do cenario da peça, chocante OS REFLETORES PARA O ALTO ESTAO EM BUSCA DOS AVIOES QUE DESPEJAM A S BOMBAS é o proprio escombro de Varsovia em pessoa no palco ; lembro -me eu as 10 anos com minha namorada platonica loirinha linda chamada Vanda de familia de refugiados poloneses, com seu livro de capa dura de couro sentavamos lado a lado e no colo dela liamos aquele livro dos escombros de Varsovia apenas um bombardeio nazista dizia ela que sabia tudo sobre o livro e que tudo fora descondtruido em um dia de gerra tudo isso moldurado por penas alvas com pelinhos dourados afinal ERA VERAO e naquele verao de 1963 logo teriamos os Beatles nas vitrolas
    E nesses holofotes e escombros se juntarmos vinho que pode ser o sangue humano .so faltarao lindas louras correndo pra lá e pra ca no palco em busca de abrigo, mas a peça é solo, .
    .Emotivo anda o Gerald, dizem que é bom chorar , mas esta com uma cara boa , minha mae diria a mesma coisa que dizia sobre caetano veloso quando o via na tv ; ESSE CABELO ESTA MUITO COMPRIDO ERA BOM DAR UMA CORTADINHA.
    abaixo
    poema musicado DE Natal comparativo com Varsovia e vinho que pode ser sangue humano… para ser cantado por um coral infantil :
    …… VENDO NOTICIAS DO JORNAL NACIONAL certa vez ..reportagem sobre o Recife , lixao de peixinhos, que recebia lixio hospitalar, nao consegui evitar . a mulher falando ; Olhe o o derradeiro leite o rato derramou!

    NO LIXAO DE PEIXINHOS
    SE COME CARNE HUMANA
    NO PAÍS D O FUTEBOL
    E POLITICO BACANA
    O DERRADEIRO LEITE
    O RATO DERRAMOU
    OBRA SUPER FASTURADA
    E O FIM SE ACABOU
    O PREFEITO FEZ A PONTE AO INVÉZ DO HOSPITAL
    SO VAI INAUGURAR PRA DEPOIS DO CARNAVAL
    EU NAO CANTO NADA EU NAO COMO NINGUEM
    POR FAVOR TIRE ESSA FACA
    PORQUE EU VOU PEGAR O TREM
    (so as crianças )
    NO LIXAO DE PEIXINHOS SE COME CARNE HUMANA…
    e com diria o juquinha every body..no lixao de peixinhos se come carne hunana no pais do futebol e politico sacana
    QUERIA DIZER A TODOS E A QUEM INTERESSAR POSSA QUE QUANDO FIZ ESSE POEMA O PRESIDENTE DO BRASIL .

    NAO ERA O MEU AMIGO PRESIDENTE LULA ……….
    essa frase esta ficando carne de vaca (humana) tambem

  30. Vi as fotos do cenario da peça, chocante OS REFLETORES PARA O ALTO ESTAO EM BUSCA DOS AVIOES QUE DESPEJAM A S BOMBAS é o proprio escombro de Varsovia em pessoa no palco ; lembro -me eu as 10 anos com minha namorada platonica loirinha linda chamada Vanda de familia de refugiados poloneses, com seu livro de capa dura de couro sentavamos lado a lado e no colo dela liamos aquele livro dos escombros de Varsovia apenas um bombardeio nazista dizia ela que sabia tudo sobre o livro e que tudo fora descondtruido em um dia de gerra tudo isso moldurado por penas alvas com pelinhos dourados afinal ERA VERAO e naquele verao de 1963 logo teriamos os Beatles nas vitrolas
    E nesses holofotes e escombros se juntarmos vinho que pode ser o sangue humano .so faltarao lindas louras correndo pra lá e pra ca no palco em busca de abrigo, mas a peça é solo, .
    .Emotivo anda o Gerald, dizem que é bom chorar , mas esta com uma cara boa , minha mae diria a mesma coisa que dizia sobre caetano veloso quando o via na tv ; ESSE CABELO ESTA MUITO COMPRIDO ERA BOM DAR UMA CORTADINHA.
    abaixo
    poema musicado DE Natal comparativo com Varsovia e vinho que pode ser sangue humano… para ser cantado por um coral infantil :
    …… VENDO NOTICIAS DO JORNAL NACIONAL certa vez ..reportagem sobre o Recife , lixao de peixinhos, que recebia lixio hospitalar, nao consegui evitar . a mulher falando ; Olhe o o derradeiro leite o rato derramou!

    NO LIXAO DE PEIXINHOS
    SE COME CARNE HUMANA
    NO PAÍS D O FUTEBOL
    E POLITICO BACANA
    O DERRADEIRO LEITE
    O RATO DERRAMOU
    OBRA SUPER FASTURADA
    E O FIM SE ACABOU
    O PREFEITO FEZ A PONTE AO INVÉZ DO HOSPITAL
    SO VAI INAUGURAR PRA DEPOIS DO CARNAVAL
    EU NAO CANTO NADA EU NAO COMO NINGUEM
    POR FAVOR TIRE ESSA FACA
    PORQUE EU VOU PEGAR O TREM
    (so as crianças )
    NO LIXAO DE PEIXINHOS SE COME CARNE HUMANA…
    e com diria o juquinha every body..no lixao de peixinhos se come carne hunana no pais do futebol e politico sacana
    QUERIA DIZER A TODOS E A QUEM INTERESSAR POSSA QUE QUANDO FIZ ESSE POEMA O PRESIDENTE DO BRASIL .

    NAO ERA O MEU AMIGO PRESIDENTE LULA ……….
    essa frase esta ficando carne de vaca (humana) tambem

  31. Xez

    Gerald, são suas lágrimas geradas pela idéia de mudança,
    Mas acreditar em alguém como único salvador é idéia mais para religião ou histórinha pra criancinha dormir. Não creio que alguém em particular fará isso por nós, senão nós mesmos.
    Mudança de conciência, que bra de para dg+¨%$.
    É nisso que temos que apostar.

    Vejam o que diz o nobre escrritor,

    http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI3381712-EI6579,00-Saramago+Mudar+a+vida+exige+que+mudemos+de+vida.html

  32. Garganta

    Caro Brasileirinho,

    Vou lhe responder assim, ó: imagine uma praia deserta e bem bonita( imaginou?); agora imagine o mar bem azul, areia fina, e uma brisa na sua face ( imaginou?); e um guarda-sol lhe cobrindo ( imaginou?). Segunda parte: imagine você, Brasileirinho, nesse cenário, e de repente, por uma vontade divina, você perdeu o que faz as mulheres lhe reconhecerem como homem; e, por outro lado, você ganhou um corpo perfeito de mulher; mais ainda: eu, o Garganta, saio da areia ( que nem no filme do homem aranha 3, homem-areia), e penetro –profundadamente( sem trocadilhos)–a bela fêmea que você, por milagre, se tornou, com o guarda-sol, que antes lhe protegia. E você geme como uma bela mocinha virgem: ah!, ah!, ah!, ah!

    Cavalheiro Brasileirinho, por favor, tire suas conclusões e recolha-se na sua mente bocó!

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  33. Glorinha

    Brasileirinho…boa tarde,
    sim a criação é parte da conjunção das coisas todas de nosso corpo e vida…apenas materializei uma delas….
    [[]]

  34. Garganta.

    Muito grat.Tirei minas conclusões com o que me mandas para imaginar.
    E minha mente bocó(como é que vc advinhou?)conclui que és tão somente e apenas um garganta.

    Com os melhores descumprimentos.

    Brasileirinho
    Aquele que gosta de se enfiar em garganta profunda

  35. Glorinha

    Garganta,
    …que responder quando vc já responde tudo o que pergunta…..
    respeito e admiro o trabalho e principalmente a pessoa/ser humano/ Gerald se é que você me entende….
    clima para mim refere-se a vai chover, tá frio, tá quente…essas coisas…do tempo e da natureza…
    sou cega! mas de muita coisa e não de uma só! vou usando o colírio dos dias para ver se vejo mais!
    melhores cumprimentos para você também!
    []

  36. Teresa Souza

    o que é isso minha gente ??? isso é Gerald Thomas ??? quem é isso porque que antipatia, que pessoa negativa, nunca tinha assistido uma entrevista tão torpe e idiota como essa pelo proprioi Thomas …..que agressividade, que coisa mais mal humorada…gente o que é esse homem °° o que ele faz de tão espetacular ?? me fez lembrar aquele artista que se diz artista e colocou um cachorrinho viralata que eu amo, amarrado no meio da amostra e deixou morrer de fome …..realmente…. sem mais o que dizer…..

  37. Glorinha

    Vampirinho,
    vc que arruma as coisas no post pra gente poder ver melhor…
    obrigada!
    [[]]

  38. susan Clayre

    Gerald ,

    Por que cortar a lagrima..sempre que for do coracao…e muito valido !!!

    Te cuida , descansa….

    Beijos

    Sue

    PS:
    Nao consigo ler e ficar **calada** – Esse Garganta realmente (sem comentarios)….So quem nao conhece GT para escrever tantas **babuzeiras** –
    Gerald Thomas – Esse nome realmente assusta qualquer um,(pela sua historia, sua inteligencia…um icone) especialmente um Jornalista Jovem….mas GT eh realmente muito amavel…**Um gigante intelectual**…que depois de quebrado o Gelo…se percebe o Ser maravilhoso incrivel que eh Gerald Thomas …e todas suas qualidades !!! Por isso depois o reporter relaxa…e se sente mais confiante !!!

  39. Axioma Secreto

    SERA QUE É SÓ NO BRASIL ??????

    Os dez soldados e um sargento do Exército flagrados no domingo, 14, furtando donativos para vítimas das enchentes de Santa Catarina, em um dos galpões do Parque Vila Germânica, em Blumenau, foram afastados no mesmo dia da denúncia, segundo o general Manoel Luiz Narva Pafiadache, da 14º Brigada de Infantaria Motorizada do Exército . Dá para desanimar ..meu !!

    E….TAMBÉM NA CALIFÓRNIA ???????
    Mickey Rourke gosta mesmo de uma polêmica. O ator foi fotografado em um momento indiscreto neste fim de semana quando passeava em Beverly Hills, na Califórnia, apalpando o bumbum de uma amiga durante um passeio em Beverly Hills, Califórnia . Mickey já foi visto em diversas situações inusitadas, como quando deixou um restaurante de mãos dadas com o segurança ou quando deixou sua cueca rosa à mostra. Será que ele é ???

    Bem..aqui no Brasil..os namorados se apalpam à vontade… na praia!
    E…no escurinho …..
    Copacabana, Búzios….Se é inusitado na América…eles estão muuuuiiiiiiii…atrasados !!!!! Madonna os acuda !!!!

  40. Gerald Thomas.

    Já chegou em NY? Já dormiu?

    Muito bem.

    O que voce leu não é exatamente o que voce imaginou que leu.
    Então voce fica pensando que o que você leu é o que voce não leu e conclui que o lido não é como foi lido e eu vou saindo pelas portas do fundo porque nem eu mesmo sei o que estou escrevendo.

    E olha que bacana meu encerramento:

    Com os melhores cumprimentos do Brasileirinho.

    RsRsRsRsRsrS tem gragante para tudo neste mundo RsRsRsRs

  41. Brasileirinho pergunta:

    O garganta é:

    A) metido a besta.
    B) garanhão aposentado.
    C ) Galo velho(só briga noo bico)
    D) Simplesmente um frustrado.
    e) Professor de primário(e dos piores)
    F) Todas estão corretas menos e)

    Para vcs escolherem porque para mim com o papo besta que ele mandou eu imaginar crente que estava dizendo algo inteligante o tal de graganta mostrou que é apenas mais um babaca pegando carona nos ombros do Gerald para aparecer. Papagaio virtual de pirata na blogosfera como disse a Sandar que nós estamos.

  42. Dolores

    Although you think I cope
    My head is filled with hope
    Of some place other than here

    Although you think I smile
    Inside and all the while
    I’m wondering about my destiny

    I’m thinking about all the things
    I’d like to do in my life

    I’m a dreamer
    A distant dreamer
    Dreaming far away
    From today

    Even when you see me frown
    My heart won’t let me down
    Because I know there’s better things to come, oh yeah

    And when life gets tough
    And I feel like .. enough
    I hold on to a distant star

    I’m thinking about all the things
    I’d like to do in my life

    I’m a dreamer
    A distant dreamer
    Dreaming far away
    From today

    I’m a dreamer
    A distant dreamer
    Dreaming far away
    From today

    I’m a dreamer
    (Duffy)

  43. Garganta

    Caros Brasileirinho, Glorinha e Susan Clayre ( seu nome, Susan, é sonoro, bem gostosinho, sabia?),

    Brasileirinho, você ficou ressentido pela sua resposta (16:16). Essa foi mesmo a minha intenção.

    Glorinha e Susan, queridas, indignadas com o meus comentários malcriados. Vocês, moças, realmente acreditam que o Gerald lê as minhas mensagens e pensa assim: “Nossa, esse Garganta é um animal e desavergonhado, fica me insultando, como estou nervoso e triste com esse atrevido”. Não seria bem fundamentado, se ele prestar atenção nas minhas mensagens, no máximo ( como a maioria das pessoas não-bobas), pensará assim: “Quantos comentários[não vou ser arrogante e dizer que ele acha engraçado] cheios de análises: com bons critérios e maus. Ele, o Gerald, no máximo, dá boas risadas ou ignora( e raramente deve bater a vontade de responder)”. Portanto, minhas duas queridas, deixem as suas vidas mais soltas, se livrem desse monstrinho repressor que diz assim nas suas encantadoras almas(e eu não tenho dúvidas de que vocês são pessoas encantadoras): “Esse Garganta malvado e insultador, vamos esmagá-lo com suas fanfarrices”. Não deixem, por favor, de serem as moças encantadoras, que, de fato, vocês são. Felicitações sinceras para ambas.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  44. Sandra

    Gerald, cortar as lágrimas? De jeito nenhum!!!

  45. Garganta

    Cara Susan Judia,

    Obrigado. Você, por certo, é uma pessoa muito sincera. Algo raro.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  46. Sandra

    Quanto ao teatro para menores de 16 anos ser criminoso, meu palpite é que o Gerald gosta de peças que derrubem o público, que o faça chorar, ficar mal, em crise, quase cortando os pulsos. Nada muito apropriado para crianças.

  47. Sandra

    Assisto sempre a peças infantis com a minha filhinha, e, realmente, abala. Uma cena triste num teatro não é o mesmo que uma cena triste no cinema. No teatro, você participa da cena, de uma morte, de uma grande dor, ou de uma grande alegria.
    A não ser que sejam peças panfleto, cheias de verdades e lições de moral. Essas são tão interativas quanto um filme ruim.

  48. Garganta.

    Por acaso alquém se despede com os piores cumprimentos?

    Você é tão ridiculo que não percebe que pareces mordomo inglês de filme de terror?

    Co os melhores cumprimentos RsRsRsRs Se manca babaca.

  49. Glorinha

    Garganta,
    quando envio mensagem é segundo o que penso e não sobre como pensam os demais sobre o que vc escreve.
    em tempo: não penso como vc descreve…chato né! nunca pensei em esmagá-lo!
    []

  50. Garganta

    Cara Susan Judia,

    “Falamos em teatro infantil e … lembrei-me das “tais musiquinhas
    que as mamães e babás cantarolavam para ninar suas criancinhas” (até num passado muito e muito recente).

    Terrorismo infantil – pelo menos “pelas bandas de cá”?

    – Atirei o pau no gato
    – Boi da cara preta
    – Dorme nene que a cuca vem pegar
    – O negão vai te colocar num saco

    e outras de que nem me lembro mais … (rs)” ( Susan Judia)

    Eu subscrevo.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  51. Sandra

    A primeira peça a que minha filha assistiu foi Pinóquio. Ela tinha dois anos. Nem piscou. Chorou, riu,.. Com a mesma idade ela assistiu a Procurando Nemo no cinema, totalmente dispersa e indócil na cadeira.

  52. Ricardo Hartmann

    Gerald, vc como diretor e autor teatral é um excepcional motorista de ambulância. Não sabia dessa sua faceta. Fico imaginando vc dirigindo enlouquecido pelas ruas, sirene aberta, em disparada varando os sinais fechados. Devem ter perdido um excelente motorista, pois o teatro, infelizmente não ganhou muita coisa. Em relação ao Obama, vou rezar fervorosamente pelo sucesso dele, pois não quero ver vc chorar como os desenganados do Lula Molusco.

  53. Sandra

    As cenas da peça foram fortíssimas. O texto também estava uma porrada. Deve ter ficado GENIAL!!! Por mais que o Gerald diga que AINDA não.

  54. Sandra

    Ricardo, se isso fosse verdade, você:
    -não leria o blog dele;
    -não perderia seu tempo comentando.

  55. Glorinha

    Sandra,
    fiquei mesmo em dúvida sobre a observação do Geral sobre teatro infantil…
    sobre a sandrinha…talvez ela já se identifique com a expressão do teatro…talvez mais do que com o cinema, afinal para uma criança o teatro está muito mais “a mão”….vivo…dá quase para tocar, a telinha do cinema é outra expressão não eh!
    [[]]abraços procê

  56. O Vampiro de Curitiba

    Lembrando que o problema com os comentários persite. Esse problema é brasileiro, não desiste nunca, hehe… Portanto, alguns comentários aparecem como se tivessem sido enviados com uma hora de antecedência.

  57. Sandra

    Se o Gerald me derruba com seus textos, se a blognovela foi um soco no estômago, se as cenas da entrevistas foram um abalo, o que será que é escrever e dirigir uma peça falando de dores tão profundas? Será que, ao por os dedos nas nossas feridas, ele se fere também? Será que tem a mesma explosão de emoções? Será que também se fortalece com essa explosão?

  58. Glorinha

    Vampirinho,
    agora estamos entrando 1 hora adiantado!!!
    []

  59. Sandra

    Glorinha, acho que não só ela. ACho que o teatro é uma experiência fortíssima para todos nós.

  60. Sandra

    Vamp, adoro seu bom humor!

  61. Paulo G.

    Gerald, voce so dirigia a ambulancia ou fazia CPR tambem?
    Eu tenho curso de CPR e tambem sei aplicar o defibrilator…

  62. Garganta

    Caros Brasileirinho e Glorinha,

    Glorinha, desculpe-me, eu retiro que você desejou me esmagar( eu reli seus comentários, foram educados). Mas, mesmo assim, não tem nenhuma razão para você acreditar que o Gerald se sente desrespeitado e menor pelas minhas brincadeiras ( tanto que meus comentários são publicados).

    Little brazilian ( parafraseando o estilo do Gerald), se você souber outro modo de expressar numa mensagem os melhores cumprimentos, eu agradeço. Abraços do seu mordomo-areia (rs).

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  63. Sandra

    Gerald, acho que as peças infantis, hoje em dia, não são mais representações de contos de fada. Ou elas são panfletos, ou são daquelas que derrubam até adultos. Uma das mais lindas que vimos foi o Zoo-Ilógico. Ternura pura.

  64. Paulo G.

    I have heard an anecdote about Harvard’s famed professor, Charles T.
    Copeland. He was once asked by a student, ` Is there anything I can do
    to learn the art of conversation? ‘ ` Yes, there is one thing,’ said
    Copeland, ` if you listen I will tell you.’ For several minutes there
    was silence, then the student said, ` I am listening, professor.’ ` You
    see,’ said Copeland, ` you are learning already.’ Listening is
    learning, because when you listen silently the whole existence starts
    speaking to you. When you are absolutely silent, that is the greatest
    moment to learn. Life reveals its secrets when you are silent. So,
    whether helping a disciple, a fellow traveler, a friend, or trying to
    heal a patient, be a great listener.

  65. Axioma Secreto

    Relaxa e chupa….é de uva !!!!!

    INUSITADAS…ACONTECEM !!!!!!
    Mickey Rourke deu uma entrevista ao MTV News sobre a possibilidade de voltar ao papel de Marv em uma seqüência de Sin City. O ator disse que não está pensando muito a respeito…
    [Mais:]
    – Me assusta pensar em passar por três horas de maquiagem, mas se o papel estiver escrito da forma certa, gostaria de fazer porque foi uma boa experiência. Eu desperdicei muito tempo. Eu quero trabalhar com diretores interessantes. Vou fazer um monte de trabalho por causa do tempo perdido – declarou o ator que ainda não leu o roteiro que será escrito por Frank “cago na saída” Miller, que também dirigirá o filme.
    Para quem não lembra, Rourke era um galãzinho no início dos anos 90 e tido como um ator promissor. Aí o cara resolveu seguir outros caminhos tipo boxe entre 91 e 95. O resultado foi muita porrada na cara e, digamos, uma guinada estética em sua carreira.
    Mais metrosexual que o Change, né? Se você não lembra, ele era o protagonista de Nove e meia semanas de amor e do clássico Coração Satânico.
    Drogas também atravessaram o caminho do cara que parece ter retomado os rumos da sua carreira. Rourkey chegou a ser preso em 1994 acusado de abusar da esposa. É uma pena que as marcas impeçam o ator de pegar mais papéis do que seu talento talvez o permitisse. Contudo, ele sempre vai ser chamado pra fazer esses tipos sinistrões. Tomara que isso baste.

    Relaxa que o sorvete é de uva !!!!

  66. Lilian

    Que paciência Gerald…
    Tem uma outra entrevista sua no youtube para a revista eletronico com um mocinho… gostei mais…

  67. Sandra

    Teresa, você também acha Beckett negativo? Como o Gerald sugeriu uma vez, acha que Godot deveria aparecer vestido de Papai Noel distribuindo presentinhos?

  68. Denise Silveira

    Gerald Thomas,
    Sou jornalista e mãe de três crianças, gêmeas de 9 e um menino de 3 anos. Concordo em gênero, número e grau com o que você falou sobre o teatro infantil. Eles idiotizam as crianças. E as crianças de hoje dão de 10 a zero nos adultos. São inteligentes. Não merecem esse tipo de tratamento.
    Um grande abraço.
    Denise

  69. Ontem tive o prazer de assistir á entrevista do Ministro do Supremo Gilmar Mendes, e o desprazer no mesmo programa Roda Viva de ter contato com o que á de mais PODRE, no jornalismo a soldo no Brasil, uma tal de Eliane Petramulambo Castanhede, que mulherzinha IMBECIL, que coisa nojenta a dita mulher que se diz jornalista, para min aquilo é um acinte a tão honrada profissão.

    A sorte deste pais e de termos um Presidente do Supremo como Gilmar Mendes, no mesmo padrão o presidente do Banco Central Henrique Meirelles e tentando colocar a quadrilha de Petralhas em seu lugar Garibaldi no Senado, temos de agradecer a Deus todos os dias.

    Nina

    Fiz um comentário sobre sua estrela collorida linda, e até agora a senhora não respondeu, por quê??

    GT

    Aquele choro tava meio, como dizer, boiolistico??

    Rsrsrsrsrsrsrsrss

    Abraços colloridos.

  70. susan Clayre

    Colllor 2010

    Esperar o que de um pais que tem *aprovacao* de 73./. ao Presidente Lula….

    Pesquisas feita ontem Dec.15.2008

  71. Suruba no País das Maravilhas

    Existem temas que podem ser desenvolvidas a partir de contos infantis, não própriamente “Teatro Infantil”.

    A MORTE PODE SER DIVERTIDA

    Falando em temas infantis, descartando a pedofilia é claro, lembrei que quando a atriz gaúcha Lisa Becker partiu para a Dinamarca, levando na bagagem o livro de histórias infantil “Contos de enganar a Morte”, de Ricardo Azevedo, o conceituado diretor dinamarquês Hans Honne encantou-se com o que viu, começou a ser desenvolver a peça na Dinamarca e o resulltado foi conferido nos palcos : “Zé Malando e a Morte” peça que foi exibida em vários dias e locais, dentro de Porto Alegre no Centro Social Marista
    O autor Ricardo Azevedo aborda, com muito humor, várias histórias populares cujo tema central é a morte, sempre tratada de forma não cerimoniosa . Segundo o ditado popular, não há razão para se reocupar com a morte, pois ela chega para todos. É garantida, e ninguém vai ser tão bobo de querer roubá-la. É da vida que as pessoas precisam cuidar, ela é que pode ser roubada. Em cena, além de Lisa, tivemos o compositor Clauss Carlsen, que executa a trilha, com instrumentos “diferentes”.
    ___________________________________________________

    “Ouvir é aprendizagem”….. pois quando você escutar silenciosamente toda a existência começa falando com você. Quando você está absolutamente silencioso,está no melhor momento para aprender. A vida revela seus segredos quando você está em silêncio !
    ___________________________________________________

    Mickey Rourke nocauteia Veneza
    ‘O Lutador’, estrelado por Rourke, levou o Leão de Ouro do festival europeu

  72. Nanaia de Simas

    Tô sem som no PC. Li os comentarios para ver se sacava a opinião do GT sobre o teatro infantil. Pouca coisa deu para perceber. Comentarios vagos, muita gente auto-referente que devia criar seu próprio e vaidoso blog.

  73. Susan

    Está pesquisa deve ter sido realizada no diretorio do PT.

    GT

    Estou esperando a sapatada. kakakakakakaka

  74. Suruba no País das Maravilhas

    Acredite se puder….No país das Maravilhas…onde o cego é Rei…

    POLÍCIA DO RIO DE JANEIRO QUER TER MACONHÕMETRO

    A Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro estuda o uso de uma espécie de bafômetro para indicar se o motorista usou algum tipo droga. O aparelho vem sendo chamado de maconhâmetro e indica por meio da saliva em apenas 90 segundos se a pessoa consumiu substâncias como maconha, cocaína, heroína e metanfetamina. Ainda em fase de testes em vários países do mundo, o aparelho pode demorar a chegar ao Brasil quando a previsão é de estar disponível para venda em larga escala em 2010. Países como o Reino Unido, Áustria. Itália ,Alemanha e Estados Unidos já têm sido feito os testes e não há previsão de fazê-los no Brasil,por enquanto…..só a partir de 2010.

  75. OK Garganta. Você ganhou minha simpatia. Sábio é aquele que se curva ao vento.Fui agressivo e de volta recebi mais suave.estamos portanto dialogando.

    Que tal usares cumprimentos:
    A) Sinceros.
    B) Respeitosos
    C) Efusivos
    D) Amigáveis

    Enfim muitas formas de cumprimentos existem. Dizer melhores fica subentendido que em contraponto podem existir ou serem usados piores.
    Ademais quando eu quero torrar o saco de alguém é muito fácil provocar.
    Eu me garanto. Não te enganes com o meu apelido.Sou brasileirinho porque as mulheres assim me chamam quando me embalam.tenho 1,80 de altura.Sou forte e faixa preta e já matei dois na porrada.
    Não foi por menos que o Pacheco saiu de férias quando me viu baixar por aqui. Ele sabe porque há muito tempo quando eu apareço ele se manda.Caso contrário eu dou um chega pra lá e ele sifu.
    Pode ficar garganteando a vontade até porque aqui nas bocadas quem controla e é o leão de chácara é tal de Vampiro que ninguém sabe quem é. Eo Gerald embora muitos o conheçam ninguém sabe mais dele do que ele próprio. É isto ai meu mano.E fim de papo morou?

  76. Antonio

    Se os sapatos atirados tivessem atingido o Bush, ele iria comer PERU de Natal com dois GALOS na cabeça.

  77. André M.

    Reproduzo aqui o meu comentário de ontem no post dos sapatos:
    ———————————-
    # 15/12/2008 – 15:19 Enviado por: André M.

    Prezado Gerald

    Se chamo de blogueiro, corro o risco de levar um sapato (ou tenis) na cara. Por isso me dispenso esse grau de liberdade.

    Sobre o sapato que não foi certeiro, a questão é, perguntas não ofendem mais, então a solução é jogar um sapato (ou bota) mesmo. Aos gritos de “cão” (que é um insulto de mais alta ordem no oriente médio).

    Já, se ele tivesse vergonha na cara, somente com perguntas ficaria muito mais abalado do que se acertado pelo sapato voador. Assim como vi, este final de semana, o ilustre Diretor de Teatro terminar uma entrevista aos prantos.

    Não se pode esperar que todos tenham vergonha na cara. Por isso foi inutil a sapatada não acertada.

    Saudações cordiais.
    ———————————-
    Hoje

    Prezado Gerald

    Acrescento que não só o teatro infantil tende a idiotizar o espectador. Já fui em peças aonde me senti vítima de uma tentativa deliberada de idiotização. Por isso hoje sou pouco afeito ao teatro. Prefiro cinema. Esperarei a oportunidade de conferir in loco uma produção tua, para ver se me sentirei assim.

    Repriso minhas saudações cordiais.

  78. susan Clayre

    Collor 2010…gostei…so mesmo diretorio do PT – Esse Lula eh minha vergonha de se Brasileira….

    Mas falta pouco para tortura do PT – Dominando o Brasil acabar…

  79. Garganta

    Caro Pacheco ( Brasileirinho?),

    Eu tinha até lido o parenteses do Gerald, mas nem quis observar que você era o Brasileirinho, hahaha. Bom! está provado: você agora mostrou sua grandeza, você foi o verdadeiro homem-areia. Eu reconheço.

    Com os –meus sinceros e melhores– cumprimentos,

    Garganta.

  80. Suruba no País das Maravilhas

    LOS ANGELES – Four Christmases, uma comédia estrelada por Reese Witherspoon e Vince Vaughn, foi o filme mais visto na América do Norte pelo segundo final de semana consecutivo neste domingo, enquanto as atenções se voltam para alguns poucos possíveis favoritos ao Oscar em um lançamento limitado.

  81. Robson de Oliveira

    Desculpe a intromissão talvez até um pouco invazíva, mas acredito que no momento do rompimento emocional não contído, tenha á ver com uma borrachada em qualquer possibilidade de um novo reich! Uma fase difícil para a humanidade, ainda mais agora onde um país de tradições conhecidamente racístas elege um Obama como seu salvador.
    Realmente a caminhada humana muitas vezes nos revela acontecimentos surpreendentes.

  82. Tene Cheba

    Gerald Thomas tem razão,pelo menos em relação ao Teatro brasileiro infantil, horrível, amador, desestimulante.Mesmo na TV, produções estão em niveis de demência.Não entendo, vozes artificializadas, olhos arregalados, caras e bocas.Horrível, pouco natural, muito mal interpretado.Não gosto também.Como todo brasileiro, já assisti novelas, hoje não mais, o que eu mais detestava em novelas, era a falsa atmosfera do ator branco quando contracenava com um ator negro, a interpretação era tão forçada, tão racialmente correta, cara, eu ficava prá morrer.O maior inimigo do ator, na minha opinião, é o fácil caminho da interpretação caricatural, sem desenvolver o personagem, limitando-o a gestos, caras e bocas.Muito dificil, safras como a da Cláudia Abreu, uma poderosa atriz.

  83. E´o Gerald tá querendo mesmo que o Brasileirinho entre de férias.
    Eo Garganta tambèm.Não deram nem chance do cara dar mais de duas.
    OK. Voces venceram.

    Fui.

  84. Tene Cheba

    È, o Homem precisa de muita força para aturar o seu semelhante, a humanidade precisa produzir mais André Marinhos, para que possa permanecer, o mundo dos trolhados estão cada vez mais presentes.Seres Humanos, entre manés, babacas e farilbacas,uma luta permanente contra a seleção natural. A mosca branca prolifera,a mosca preta também.

  85. Lactobacilo Eletrônico

    Que tal Gthomas…relançar o “Tema Lolita”….

    LOLITA
    Vladimir Nabokov
    Como transformar a estória de um pedófilo inveterado numa narrativa riquíssima, sólida e interessante? Nabokov mostra como, em 36 fantásticos capítulos, dando a palavra a um dos personagens mais inesquecíveis e palpáveis da literatura mundial. Humbert Humbert, o protagonista deste romance, é um bem afeiçoado inglês que aluga um quarto na “pavorosa construção” de Charlotte Haze, mãe da ninfa do título. Ao ver a menina, inexplicavelmente Humbert fica encantado e passa a dedicar sua vida a inocentes tentativas de se aproximar dela sem que alguém perceba suas reais intenções. Tarefa essa na qual não encontra obstáculos, pois logo Charlotte se apaixona por ele (não resistiu ao charme humbertiano, hein), e se casam. Pouco tempo depois (ao descobrir um diário no qual Humbert armazenava seus pensamentos supostamente “libidinosos” a respeito de sua filha), Charlotte fica horrorizada e desnorteada e, ao atravessar a rua cega de perturbação, ela morre atropelada, deixando assim sua Lô nas garras do ninfolepto.Pode-se dizer que a sorte sempre esteve ao lado de nosso Humbert, pois ele não teve nenhuma dificuldade em saciar seus desejos (que incluíam apenas caricias não comprometedoras, seja lá o que isso quer dizer), como também em ir muito além do que se pode ir, tendo em vista o decoro comum. Profundo conhecedor da arte nínfica, Humbert se torna padrasto-amante de Lolita, e convida o leitor a compartilhar de sua longa viagem, que leva sua jovem musa a tiracolo. A partir daí, a sorte está lançada. Muita paranóia ainda perseguirá nosso carismático Humbert que, aliás, é para mim, o maior trunfo deste romance.Bem mais do que Lolita, Humbert é a alma da narrativa, contando sua triste estória com uma desesperada eloqüência (apesar de sua quase perda dos sentidos) e, concomitantemente, com uma visão que é tanto objetiva (pois ele não esconde absolutamente nada) quanto subjetiva (por conta de seu estilo humbertiano aplicado à narrativa). Não se trata de um maníaco cuja função é corromper jovens indefesas, mas de um homem comum cujos desejos indicam uma personalidade que pode ser chamada de quase qualquer coisa, menos de lunática. O irreversível processo de enlouquecimento pelo qual é levado por Lolita representa muito mais o poder dela sobre ele do que o oposto.O prefácio (“escrito” pelo personagem John Ray) foi elaborado de forma a fazer o leitor acreditar que a estória e seus personagens são reais e que no livro suas vidas são destrinchadas sob o manto de cognomes. Funciona tão bem quanto toda a embasbacante narrativa, que surpreende não apenas pelo motivo óbvio e tema polemicíssimo (a paixão de um homem por uma “criança”), mas também pelo primor da forma, da destreza e amostragem da personalidade incomum do protagonista.Nabokov partiu de um ponto excepcionalmente banal (Lô) e transformou em uma obra de arte o objeto de desejo, de loucura e de paixão de Humbert. Tudo isso utilizando uma escrita clássica (mas em nenhum ponto pedante ou antiquada) e perpétua, abrangente, marcante e intensa, tal qual seus personagens. Até mesmo na frivolidade contida da mamãe Haze (isso sem mencionar a real nulidade intelectual da escandalosa filha), Nabokov encontra profundidade, e esta se torna sua especialidade logo a partir do primeiro parágrafo do livro, na inesquecível seqüência em que magnificamente pronuncia pela primeira vez “Lo. Li. Ta”, abrindo espaço para sua obsessão.Escrito em 1955, ainda é e provavelmente sempre será atual, dado que sempre existirão Humbert Humberts da vida perambulando à solta por aí. De todas as coisas sábias que Oscar Wilde nos legou, relembro aqui aquela citação na qual ele diz que “não existem livros morais, nem imorais, mas apenas livros bem ou mal escritos”. Isso se aplica muitíssimo bem aqui. Não exagero ao afirmar que a leitura deste romance me fez repensar minha “carreira” literária (ou a carreira que eu deveria ter). Por conter tantas e tão inassimiláveis qualidades, este romance me mostrou que jamais atingirei tal nívelartístico, sendo assim, seria preferível cessar de tentar desde já. Curiosamente, meu único arrependimento a respeito disso é o de não ter descoberto Nabokov antes de me deixar arrebatar pela Literatura, pois é um pouco tarde para desistir.Mas, esqueçamos isso, pois além de abrir-me os olhos para a minha evidente (aos outros) ausência de talento, esta obra-prima nabokovista também se tornou meu livro de cabeceira e minha obsessão. Não apenas pela estória em si, mas pela forma com que ela é indefectivelmente contada. Há tantas peculiaridades a se apreciar neste livro que não há superlativos suficientes no planeta para descrevê-lo fielmente. Leitura mais que recomendada, gloriosa, transcendental e ainda assim obrigatória.
    ____________________________________________________

    Como seria analisada a história acima pela visão de GThomas??

  86. Quem entender o que esta dialogado entre dois personagens abaixo pode ie que vai entender o Bait Man.Inclusive o ator que vai tentar ser o Bait man;

    Diálogo:

    ESTRAGON:
    Taking off my boot. Did that never happen to you?
    VLADIMIR:
    Boots must be taken off every day, I’m tired telling you that. Why don’t you listen to me?
    ESTRAGON:
    (feebly). Help me!
    VLADIMIR:
    It hurts?
    ESTRAGON:
    (angrily). Hurts! He wants to know if it hurts!
    VLADIMIR:
    (angrily). No one ever suffers but you. I don’t count. I’d like to hear what you’d say if you had what I have.
    ESTRAGON:
    It hurts?
    VLADIMIR:
    (angrily). Hurts! He wants to know if it hurts!
    ESTRAGON:
    (pointing). You might button it all the same.
    VLADIMIR:
    (stooping). True. (He buttons his fly.) Never neglect the little things of life.
    ESTRAGON:
    What do you expect, you always wait till the last moment.
    VLADIMIR:
    (musingly). The last moment . . . (He meditates.) Hope deferred maketh the something sick, who said that?
    ESTRAGON:
    Why don’t you help me?

    Até esta parte basta.Não é tudo.E quem não entendeu não vai entender porra nemhuma e pode ficar esperando Godot até que o garotocreça e apareça.E faça outro garoto porque a vida continua.

    E palmas que eu mereço.
    Quero dizer palmas para o autor que não éo Gerald.
    O autor é:

    1) lula da silva
    2) Sandra.
    3) Beckett
    4) Pacheco.
    5 )Obama
    6) Beckett e Pacheco.

    Qem acertar não ganha nada,

    Critico de Arte.
    Tudo éuma questão de tempo.

  87. Sandra

    Suruba no País das Maravilhas, depois disso só falta uma releitura de Kafka para crianças.

  88. Valéria

    Puxa, queria assistir a esta entrevista longuíssima, Gerald!
    Vc tá muito simpático e às vezes as suas mãos dizem tanto ou mais de vc do que as suas respostas canalizadas na voz. E tava muito bonito tb.

    Agora, vou puxar um fio de rabicho repetitivo de idéia a partir do que rolou na entrevista: sobre a emoção do Gerald.

    Chorar de emoção seja por um fato triste, alegre, inesperado, revoltante etc devia fazer parte da nossa vida.
    Cacete, chorar é uma emoção fortíssima, e às vezes de muita lucidez e presença! Pode afetar e fazer pensar também. Como foi vc falando sobre Obama!
    POr que responder usando somente a nossa capacidade intelectual ou racional?

    Como sermos sensíveis, mais ligado ao outro, e afetar sem expressar nossos sentimentos ? Isso é lógico também! Eles estão muito ligados ao nosso olhar o mundo! À nossa presença no mundo.

    É… liberdade pra sentir, pra deixar passar… esta liberdade é subterraneamente sufocada diariamente. Só “podemos ou devemos” mostrar a revolta, a alegria, a mente brilhante? E o coração brilhante não?

    De tão acostumados em fingir e conter nossa emoção, o olho-no- olha vira NADA. A palavra vira nada, a arte também. Tudo é inútil, porque não entramos em mais nada profundamente, nem em nós mesmos.

    Gerald pediu pra não mostrar e o outro mostrou, isso é péssimo… é pra ficar “apreensivo” mesmo…

    Gerald sentiu mas não quis expor sua emoção lúcida, fisgada com o olho no presente do mundo. E o jornalista fingiu que “consentiu”. Isso surpreende? Não, o produto é que vale, o produto da mentira.
    E ficamos satisfeitos no desconforto da zona de conforto em repetir: é foda, o mundo é assim mesmo, nada mais vale nada, até aonde, meu deus? etc etc etc

    E era uma vez um encontro que foi pro ralo, ficou no raso mais uma vez.. O que vale é a notícia. Ok, vamos seguir em frente, que vem mais alguma coisa igual pra gente comentar com as mesmíssimas palavras na mesmíssima forma. Sempre numa mesmíssima oposição nos levando a uma estretíssima opinião.

    E é ralo e raso ouvir sempre os mesmos adjetivos rasos e ralos que tatuaram na suposta alma do Gerald e usá-los sempre da mesmíssima maneira pra abrir qualquer entrevista: o difícil e polêmico blá blá blá…

    Quanto ao teatro infantil: pra mim o sensacional é ter sempre encontros criativos e detonadores de imaginação. SIM, acho que tem que ter teatro, ou seja, encontro entre artistas e crianças, ou seja entre criadores e criativos. E depois sair pra conversar, brincar, refazer diferente etc. Nada mais saudável.

    Claro que sem aquela coisa mais do que estereotipada e sem VIDA criativa que há por aí.

    Livros, teatros, músicas, pinturas, esculturas etc, enfim: pessoas pintando o sete é bão demais e devem rodear, estar ao alcance das crianças.

    ——————————————-

    NOSSA, dei uma olhada (finalmente) nas outras matérias do you- tube e AMEI as fotos cheias de sombras e luzes desenhadas, fantasmas fotografias, duplas e triplas faces fantasmáticas etc! Abrem canais dentro da gente, sensações mil! Não sei por que me lembraram Bacon.

    inté e boa chegada em casa, Gerald.
    E receba meu abraço de coração com coração.

  89. everaldo

    Nina…
    límpida,
    azul,
    cristalina,
    e,
    doce,
    mulher menina

  90. . Sandra.

    No bairro de San Pauli em Hamburgo existia uma vitrine com personagens de Walt Disney(Branca de Neve e os sete anões) fazendo uma suruba .E para meu espanto pais passeavam com filhos menores nas ruas em frente a exposição.
    Portanto só posso concluir que cada povo tem a arte e a cultura que aceita como tal embora para outros pensamentos tudo possa ser um absurdo.Não sei se isto ainda existe mas se existir e do modo que na atualidade as coisas são permissivas acredito que até as roupas da Branca já tiraram.

  91. Suruba no País das Maravilhas

    Sandra…por acaso já viu um texto mais doente que este abaixo. do personagem pedófilo do escritor russo Vladimir Nabokov :

    “Lolita, luz da minha vida, fogo de meu lombo. O meu pecado, a minha alma. Lo-lee-ta: a ponta da língua, tendo uma viagem de três passos para conquistar o paladar para baixo, em três, sobre os dentes. Lo. Lee. Ta. “

  92. Dolores

    Lactobacilo, parece gostar muito de mim, não?
    Pra perder esse tempo todo escrevendo.
    bjs
    Lo

  93. Suruba no País das Maravilhas

    Lactobacilo mexeu num tema polêmico dos anos 50….ainda atualíssimo nos dias de hoje .

    Sandrinha…pena o teatro explorar temas tão bizarros, dos vícios e fraquezas humanas…. vende !!!!

  94. Suruba no País das Maravilhas

    Crítico…

    Apenas, uma estação…você não entenderia o resto do ano:
    4 pessoas vem a terra em épocas diferentes.
    Uma no verão.
    Outra no Outono! Outra no Inverno! outra na primavera !
    E voltam para as suas r espectivas estrelas.
    a primeira : cruz credo….a terra é quente demais.
    a segunda: muito triste…as arvores parecem doentes perdendo as fôlhas !
    a terceira: Muito triste e cinzento..os galhos todos retorcidos e aquela coisa caindo..caindo….sem parar !
    a quarta : Muito ao contrário…é uma maravilha…a natureza parece cantar….. E as flôres…nunca as vi mais belas ….

    Bem quem estava certo. De certo modo…todos estavam certos..porque dependeu de um ângulo…da passagem da vida..do momento trágico , dantesco ou….belo ou sublime….è a vida .

    Mesma coisa no texto : vendo somente um quadro…como iremos compreender o resto ?????

  95. Suruba no País das Maravilhas

    …compreendes ??? capisci ????

    O texto abaixo..não dá para julgar a peça toda … capisci ????

    _________________________________________________

    Estragon:
    Largando minha bota. Disse que nunca aconteça com você?
    VLADIMIR:
    Botas devem ser retirados todos os dias, eu estou te dizendo que cansado. Por que vocês não me ouvir?
    Estragon:
    (feebly). Ajudem-me!
    VLADIMIR:
    Dói?
    Estragon:
    (angrily). Dói! Ele quer saber se dói!
    VLADIMIR:
    (angrily). Nunca ninguém sofre, mas você. Eu não conto. Eu gostaria de saber o que você poderia dizer se você tivesse o que tenho.
    Estragon:
    Dói?
    VLADIMIR:
    (angrily). Dói! Ele quer saber se dói!
    Estragon:
    (apontando). Você poderia botão tudo a mesma coisa.
    VLADIMIR:
    (stooping). VERDADEIRO. (Ele botões seu voar.) Nunca negligenciar as pequenas coisas da vida.
    Estragon:
    O que você espera, você semper esperar até o último momento.
    VLADIMIR:
    (musingly). O último momento. . . (Ele medita.) Do Hope diferido comete algo doente, quem disse isso?
    Estragon:
    Por que você não pode me ajudar?

  96. Sandra

    Gerald tem alma carioca. Explico: quando fui ao Rio, pedi ou cobrador, digo, trocador do ônibus, a gentiliza de me avisar quando chegasse a um local que tinham me indicado, pois eu não conhecia a cidade. Ele, muito gentil, avisou: É NESSA parada – de onde já estávamos praticamente saindo. Corri gritando: OBRIGADA!!!!!
    Também reparei que, no Rio, as pessoas levantavam do banco do ônibus só depois que ele parava no ponto. Bem diferente de Sampa, onde a gente levanta um ponto antes.
    E o que tem isso a ver com o Gerald? É que ele avisa aqui no blog sobre suas peças: Estréia hoje! Daqui a duas horas!
    Ou então, quando a gente assiste, por acaso, à última parte da entrevista dele, e comenta: muito legal sua entrevista – enquanto pensa: por que será que ele não avisou?, recebe como resposta: Que entrevista? Onde? Quando?

  97. Suruba no País das Maravilhas

    Sandrinha e Glorinha .

    Good night!

    See you tomorrow! For those who leave a happy Christmas!

  98. everaldo

    Nina!

    Qual das imagens, marca você agora?

    …e qual representa, êste post.

  99. Tene Cheba

    Perdidos no espaço, a próxima viagem do Homem será novamente para a Lua, para em seguida pisar em Marte.Existe um interesse descomunal por parte dos americanos na exploração do planeta vermelho.Qual o motivo, apenas cientifico?A viagem terá uma duração de dois anos, devido a desaceleração, muita velocidade é um complicador e tanto, neste meio tempo, tudo será reciclado, plantado, colhido, comido, antes provavelmente irão enviar uma nave logística, com suprimentos, filmes de sacanagens.Putz, a primeira masturbação marciana será feminina ou masculina?Caramba, e quem primeiro mijará em Marte? Será a do povo sentado ou em pé?Os astronautas passarão cerca de um ano por lá, e se uma astronauta engravidar, o bêbe será marciano? Complicadinha esta viagem.Dali não poderão avançar mais, Júpiter, mesmo em suas Luas, é um evento impossível para o Homem, devido ao seu enorme campo gravitacional, acredito que não teriam como visitar Europa, uma Lua interessantíssima.

  100. Nina

    Xex, lágrimas são lágrimas… sal e água
    mentiras e verdades, eu não condeno
    eu aplaudo essa inquietude, dificil de enteder e assimilar, de algo absolutamente genial chamado Gerald Thomas: o personagem de si mesmo.

    Nada impossível…
    tranquilo, talvez tenham medo dos espinhos, mas a flor cheira doce…
    não sei pq tanto medo.

    não sei pq comento isso hoje, não deveria

    estou tomada, do avesso, carne viva, aos prantos, pois algo muito marcante me aconteceu agora, algo esperado, sofrido, importante, que me fez perder 6 k em 1 mes, talvez a segunda coisa mais linda na minha vida…nasceu. E todo nascimento é doloroso, caloroso, uma perda e uma promessa…

    e ver Gerald neste vídeo…. complementa tudo

    vou prá cama, acelerada, em êstase, 2 mg de rivotril e absolutamente feliz!

    work in progress

    Abraços a todos, Ever, Ever, Ever…

  101. Nina

    Ever

    como sabe que estou aqui
    a imagem que me marca é:

    http://br.youtube.com/watch?v=YB2hJfU2Dgo

    absolutamente às lágrimas…..

  102. Nina

    Ever

    agora me matou, nao consigo parar de chorar

    o tempo não bate na minha porta de frente… ele me come por tras…

    LINDO VÍDEO QUERIDO EVER!

  103. everaldo

    Esta é pro Vamp, e a neguinha, que mandei daqui, para passar uns dias com êle.
    Já te falei Negão, não maltrate minha neguinha.

  104. Antonio M

    Gente, coloque um óculos redondo na Mona Lisa e ela fica parecida com quem?

  105. Antonio M

    Gente, coloque um óculos redondo na Mona Lisa e ela fica parecida com quem? eheeh

  106. Antonio M

    Já que você está acordado, me responda.Por que teatro infantil é crime?

  107. Garganta

    Cara Sandra,

    “Também reparei que, no Rio, as pessoas levantavam do banco do ônibus só depois que ele parava no ponto. Bem diferente de Sampa, onde a gente levanta um ponto antes.”( Sandra).

    Meu espírito contrariador não cessa: no meu caso, nos meus dias habituais de andar de ônibus, que são dias em horário de pico, eu vou de pé desde do começo até à descida do busão ( muito feia essa giria), cá em São Paulo capital. Ou seja: nem levantar eu levanto, porque eu já vou levantado.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  108. Ronald

    De algum jeito, Luiz Favre e Geraldo Alkmin foram parar na mesma barbearia, em São Paulo. Lá sentados, com um barbeiro atendendo cada um deles, não se falou palavra alguma.

    Os barbeiros temiam iniciar qualquer conversa pois poderia descambar para discussão política.

    Terminaram a barba de seus clientes mais ou mesmo ao mesmo tempo.

    O barbeiro que tinha o argentino em sua cadeira estendeu o braço para pegar a loção pós-barba, no que foi interrompido rapidamente por seu cliente.

    – Não obrigado, a Marta vai sentir o cheiro e pensar que eu estava num puteiro – disse o argentino.

    O segundo barbeiro virou-se para Alkmin:

    – E o senhor? – indagou.

    E o Geraldo respondeu:

    – Vá em frente, amigo! A minha esposa Lu não sabe como é o cheiro dentro de um puteiro.

  109. Adora contar historias para crianças.
    As crianças são sinceras.
    Diz logo se estou ou não agradando.
    Não são hipocritas.
    Não fingem gostar.
    Por isso adoro crianças.

  110. O subjetivo; o abstrato …

    Estou frente a uma pintura de Dali e “A INTERPRETO” como o “ser ” social VIVIDO (attention, please!!!), autêntico e … “talvez até programado (pasmem!!!) que penso que sou” (ou fui)!

    Ao meu lado, um outro espectador faz o mesmo. E mais outro, mais outro; tantos outros …

    Não; muito provàvelmente suas “análises da arte ali exibida”,
    não serão exatamente as mesmas. Podem, até, assemelhar-se,
    por vários motivos e “escolas” – apenas isso.

    Inclusive, muitos dêles estarão se questionando, ou polemizando, a respeito dessa palavra “mágica” (aplicada com e para diversos fins) … arte!!!

    “Arte”, o que é isso? Definir essa palavra, ou, como prefiro, “êsse conceito” … é, no mínimo, uma extenuante tarefa. “Arte subjetiva”, então, nem pensar!!! Alguém se atreve (rs)?

    Eu? Passo longe dessa encrenca toda (rs)! Mas, vou “contar só para vocês” como
    resolvi, PELO MENOS PARA MIM MESMA, êsse imbroglio todo …

    Cada um de nós “sente” de formas diferentes essa “arte subjetiva” – como sêres “sociais” que somos. Vivemos em comunidades, sim. Somos o “reflexo” dela em todos os sentidos e … êpa! Terreno minado! Lá vem “pregação ou tratado” ?

    Tratados de psicologia, filosofia ou sociologia na maioria das vêzes são enfadonhos, porque muito técnicos, não é verdade?

    “Revolução interior ou aprendizado (visão) de vida”, parece-me que é o parametro mais utilizado nessas questões do “ser ou não ser” … O “caos nosso” interior de cada dia, horas, minutos e segundos. O “caos dêles” ao nosso redor … O meu e o dele?
    Exatamente! O nosso – em maior ou menor escala, intensidade!

    Lembrei-me: Olhar … porém não apenas “vendo” mas, bàsicamente, “enxergando o outro”.

    Corre, por aí … Amar (enxergar) o outro como a si mesmo. “Dizem as más linguas” (rs) que os judeus o fazem com maestria – desde que o outro também seja um judeu (rs)!

    Sorriso amarelo, o meu, depois dessa “pérola”? Negativo! Tenho dentes muito bonitos (excelente dentista! rs).

    Fazemos isso “direto”, de modo geral. Temos afinidades, empatia; admiramos, respeitamos, etc… o outro por que?

    Porque “nos reconhecemos nêsse outro”, concordam comigo? Não? Ah, explique-me, por favor! Opostos se atraem?

    Arre! Que horror! Mudei o enfoque do assunto (sono!!!)!!!

    Teatro. Filmes. Literatura. Artes plásticas; etc… expressam
    como vivemos nosso mundo interior e/ou exterior e, principalmente, como agimos e reagimos segundo os nossos padrões (adquiridos, desenvolvidos) de racionalidade, inteligencia e emoção. Blá-blá-blá, etc. e tal … rs

    Concluindo: complicamos ou pertencemos ao gueto dos “complicados” ??? Falei e disse! Amo êste blog e todos vocês! Identifico-me com muitos de vocês!!!

    BOM DIA A TODOS!
    TENHAMOS TODOS UM MAGNíÍFICO DIA!

    E a vida … e a vida o que é, diga lá meu irmão …
    (esqueci-me da letra – Simone e Gonzaguinha popularizaram essa música)

    Susan judia

  111. gthomas

    NADA PROVA NADA
    entrei aqui pra dizer ola pra todos.

    Ola todos

    mais cedo hoje de manha alguem me perguntou se – alem de motorista de ambulancia em Londres eu tambem ja fiz outras coisas….putz,,, muitas outras. Tem a minha bio grudada ai debaixo da minha foto ou tem eu na Wikipedia ou tem http://www.geraldthomas.com (bio) ou tem minha vida inteira.
    ja nao sei mais o que escrevo.
    ou o que digo.,
    feliz de estar de volta nos US
    Bush deu uma entrevista a Candy Crawley da CNN – incrivel que esse tenha sido o nosso prezz por 8 anos,

    Incrivel muita coisa. Ele falou com humor do sapato jogado contra ele e falou do irmao, Jeb indo pro senado.

    NADA PROVA NADA (frase de Circo de Rins e Figados que escrevi e dirigi pro Nanini) sera um artigo nos proximos dias.

    A maior preocupacao sobre a entrevista acima eh porque ou porque nao chorei. Que loucura!

    Pedi pro reporter pra tirar – erro fatal, mas por que nao deixar, Qual diferenca faz? Maior parte de vcs acham que se trata de encenacao. Sorry, encenacao eu coloco no palco, Quando falo, ou escrevo, eh pau e alma/
    LOVE
    Gerald

  112. Good morning, Mr. Thomaz!!!

    Gerald Mona Lisa?

    Gerald está, como sempre esteve, é mais para John Lennon!

    Sublime, instintivo e grandioso é o ato de chorar! Emoções…

    Talvez, ao falar de Barack Obama … você o associe ao “Imagine”
    de Lenon … Aposto que o faz, assim como muitos de nós!

    Beijos mil!!!
    Susan judia

  113. gthomas

    Antonio M
    tai, gostei
    Sempre quis ser pintado por Leonardo.
    mas ele sempre desmarcava na ultima hora dizendo que tinha compromissos em Vinci.
    Agora que vc falou….sim, me reconheco. Nao preciso mais me comparar aquela satira que Duchamp fez, colocando o bigode nela, etc….
    Que alivio; fui identificado: Mona Lisa Lyons!

  114. gthomas

    Antonio M
    ja te respondi o suficiente por hoje
    o resto amanha
    LOVE
    G

  115. gthomas

    Judia (susan)

    caramba, so agora percebi o comentario sobre Nabokov (Lolita) la em cima. Amo Nabokov. daria um belissimo artigo. Georges Bataille, Nabokov e Nietzsche.

    Mas voltando a quem eu pareco, entre John Lennon, Bob Dylan ou Mona Lisa…ou Howard Stern….fico ainda com o mestre renscentista mesmo.

  116. gthomas

    Entre sorbo y sorbo de agua mineral, Gerald dice que adora Córdoba, que es apenas un pasajero en Brasil, que trae unas obras que responden a los estímulos de la historia del siglo 20 y a la propia biografía. En el lobby del hotel, el hombre tan delgado, de cabellos largos, tez blanquísima y anteojos, explica qué es Terra em transito, una de las obras que presenta en el Festival y que debutó anoche en una accidentada velada, interrumpida por el apagón y sus consecuencias en el armado técnico.

    “Tierra en tránsito era parte de la tetralogía titulada Asfaltaron la tierra. Las otras obras eran: Un bloque de hielo en llamas, Brasas en el congelador y Asfaltaron el beso”, dice enigmático Gerald. Una de las características del director y regisseur que vive entre Londres y Nueva York, que fue discípulo de Samuel Beckett, es la elección de actores de distinta procedencia: los de larga trayectoria se encuentran con el del programa de televisión que se ve pasada la medianoche. Thomas logra la transformación de los actores. Por eso prefiere jugar con los opuestos permanentemente.

    “En Brasas en el congelador, el hielo no se prende fuego y las brasas no se mantienen en el hielo: son parte de una dialéctica imposible”, dice, y se detiene en la temática de otro título de la tetralogía: Asfaltaron el beso. “Ahí tomo historias particulares entre Beckett y yo, que nunca había contado antes, como, por ejemplo, el origen del nombre “Godot”, el de Esperando a Godot”.

    Cuenta Gerald que en 1938, un tal Godeaux era ciclista del Tour de France, muy famoso. Godeaux largó pero cambió de rumbo y se fue a Italia. Abandonó la competencia sin que la gente supiera la decisión que había tomado. En vano lo esperó el público en París durante cinco días. Godeaux no llegó. “Beckett pensó que aquello era muy interesante. Beckett jugaba con las palabras. 50 años después, en mi obra, Alan Schneider, el director de Beckett por antonomasia, fue a llevar una carta y tuvo un accidente: un ciclista lo atropelló. Juego con humor negro: Godeaux reapareció 50 años después, en Londres”, comenta sonriente.

  117. Sandra

    Mentira, Gerald! A maioria não achou que o choro era falso!!!! Acho que só um comentarista que achou. Outros, no máximo, ficaram te alugando, porque sabe como é: macho que é macho não chora em público, apenas lhe cai ciscos nos olhos. Eu, ao contrário, achei fofíssimo! A filhota também. Ficou até preocupada: perguntou se você estava triste. Mas a gente explicou a ela que você era sensível.

  118. Sandra

    O que a maioria quis saber é o porquê da SUA crise com o choro.

  119. gthomas

    QUERO VER A EXPRESSAO DO EVERALDO AGORA (HA HA HA)

    Em decisão histórica, cujo objetivo é tentar reaquecer a economia dos EUA, o Fed (Federal Reserve, o banco central norte-americano) baixou a taxa básica de juros de 1% para entre 0% e 0,25%. É a menor desde que a instituição passou a compilar os índices, em 1954. Baixar os juros é uma das duas principais ferramentas de que o banco central dispõe para regular a economia dos EUA.

  120. Sandra

    Boa noite a todos! Aliás, bom dia, porque hoje já é amanhã!

  121. gthomas

    Sandra: quando o assunto eh GT, sempre acham se tratar de uma encenacao ou algo assim. Nao sei bem porque, tem gente que odeia, gente que ama, gente que acredita, gente que sei la o que…nao me importo mais
    Obrigado, mais uma vez pela defesa,

  122. Para.

    Suruba no Pais das maravilhas.

    E quem desejar embarcar nesta.

    Entendo que não deu para que entendas minha proposta e afirmativa. Vou tentar te ajudar a de um quadro ou de um resumido texto entender uma peça ou assunto, uma pessoa, ou seja, lá o que tenhas para entender. Se é que buscas entender algo ou alguém

    Suruba. Sempre estamos em busca do porque.
    No dia que não houver mais o porquê o mundo para. Literalmente.
    Com sensações diferentes cada um busca o seu por que. Todos querem saber seu final e as procuras são feitas de varias formas e por vários caminhos.O objetivo de todos é um;O um procurado é o um de todos.Ninguém se apóia sozinho.ninguém humano pode ser ilha.para que exista dialogo tem que ter dois.
    Um fala e outro escuta e vice versa. Ou uma tecla e outro lêem como estamos fazendo.
    Quem sou eu?Quem é você?
    Eu tenho mais dinheiro ou prestigio que você?
    Para nos igualar sejamos apenas dois vagabundos. Igualados vamos entrar no quadro.
    O que nos rodeia? Apenas um descampado.
    Então estamos em qualquer lugar do mundo. Somos vagabundos universais porque vagabundos existem em todo mundo. Quem de nós não tem um pouco de vagabundo em nós e bem dentro de nós!

    Suruba um vagabundo quer se descalçar. Se livrar do que o fere e pede ajuda a quem o pode ajudar. O seu semelhante que está mais próximo. Um informa que dói e o outro ainda insiste e precisa indagar o que já lhe foi dito.
    Portanto se um demora a perceber ou não quer perceber o que fere seu semelhante eles sempre estarão indo um de encontro ao outro. O ideal seria irem ao encontro do outro.haveria então entendimento.Não haveria o que discutir e isto sabemos nunca acontecerá.Não em escala global.
    E ambos esperam o que nunca chega ou chegara, esperam Godot.
    Este é o quadro que te dei e perguntei se entendias.
    Eu estou começando a entender o que Beckett magistralmente nos deixou para ser entendido. Gerald Thomas sendo discípulo do Mestre que nos legou Godot procura em sua arte nos explicar tudo isto. Procura nos mostrar suas buscas. De onde você acha que ele tirou inspiração para colocar aquela gostosura (que cachorrona bela!) de quatro e amarrada como cachorro. A peça era outra (falava de Kepller) mas a idéia da mulher amarrada pelo pescoço é inspirada em Beckett no meu entender.E eu já estou começando a entender aquele que nunca é bem entendido.Já estou começando a entender de teatro.Já estou começando a entender que tudo é uma questão de tempo.
    Afinal agora eu interpreto um critico de arte.
    Entenda este quadro e fique ou sai dele.
    O mais importante é a liberdade.
    Que Cuba espera.
    Que os USA espera.
    Que o Brasil espera
    Que o Gerald espera e ainda tenta explicar.

    Estamos todos esperando Godot.
    Enquanto Godot não vem esperamos Papai Noel.
    Espere o que quiseres.
    Espero ter sido entendido.
    E no melhor do estilo garganta espera com melhores cumprimentos.
    Ressaltando que piores não existem.

    Critico de arte.
    Apenas mais uma fuga de um velho marinheiro.

  123. Cristina

    Talvez as crianças devessem elas mesmas escrever e interpretar suas peças de teatro, um adulto faria a direção e os cenários. As peças de teatro com adultos se fingindo de criancinhas são muito idiotas. Nunca gostei. Do ponto de vista de criar desinteresse de uma criança inteligente pelo mundo do teatro as peças infantis são mesmo criminosas.
    Fico incomodada com todo lazer infantil, os videogames ultra violentos, os desenhos animados idiotas e violentos, sempre dou livros de presente para as crianças que moram aqui no sítio, recentemente comprei “O Diário de Anne Frank” que foi indicado para a 7ª. Série da escola pública da Ilhabela, a menina adorou, e é uma estória triste, que aconteceu.

  124. HO HO HO.

    Muito bom dia..

    Li o que o critico escreveu e gostei de saber que me esperam.Apesar da crise inesperada.Noto com grande alegria o movimento das multidões se preparando para o natal.Quem falou em crise?
    Minha primeira alegria foi ter percebido que o vosso presidente não sabe exatamente o que significa a palavra crise e incentivou todo a despejarem o dinheirinho suado nos bolsos de quem muito já tem. Tens uns que tem tanto que até causaram esta crise que abala o mundo exceto o Brasil. Vai todo mundo ficar na pindaíba. E daí?Continuem esperando Godot. Quem sabe se a teoria do meu velho amigo Pacheco esteja certa e a crise com o motorista Obama levando o caminhão vá em breve arrumando as laranjas e tudo estará resolvido(sempre achei o Pacheco meio pirado) para o bem de todos .
    Quero ainda agradecer os que estão ajudando para que as crianças catarinenses atingidas pelas enchentes tenham ao menos um pouco de felicidade no Natal. Não posso ir lá em cima falar com o Pedrão para dar um tempo nas chuvas. Ele me disse que estas alterações no tempo são causadas por vocês mesmo e que ele já há muito tempo não tem o controle total das águas que caem
    Façam como vosso líder e finjam que não sabem de nada. Ou então digam que a culpa está nos governos passados.
    Preciso sair agora porque já estou falando fora do meu foco de atividades. Eu fui criado para dialogar com crianças e fazer ponte com os pais das crianças. Não para outros assuntos.
    É isto.

    Até logo.

    Noel.

    QUAC epa tem algo errado comigo! Não sou o Pato Donald amigo Pacheco.
    -Desculpe. Vou corrigir errei ao teclar. Veja:
    -HO HO HO.
    -Agora está certo.Vamos então sair juntos?
    -OK.

    -HOhoHOhoHOhoHOhoHOho…………….

  125. HO HO HO.

    Voltei.
    Para contar uma estória:

    Presente de Natal:

    – era uma vez um menino filho de pai desempregado. Tinha seis anos. Acordou no barraco no qual vivia e não encontrou presente na manhã do dia 25 de dezembro do ano que você que está lendo desejar.
    O pai do menino notou aflito e emocionado o chamou:
    -Venha cá meu filho. E abraçou o seu filho com força e disse:
    -Filho pai Noel esteve aqui. Você estava dormindo e ele mandou eu te dar de presente um passeio no parque
    Dito e feito.
    Foram os dois e passearam durante todo o dia. Riram brincaram e até rolaram na grama.
    Tiveram um dia diferente dos outros dias de sofrimento.
    Gostaram tanto que prometeram repetir todos os anos. Em todos natais.
    Naquela noite o menino antes de dormir rezou:
    -Meu Jesus obrigado. Diga ao Papai Noel que não foi o que eu pedi. Mas do que valeria uma bola se eu fosse jogar sozinho?E dormiu tranqüilo
    E o pai do menino antes de dormir pensou:
    Nunca imaginei que passar um dia inteiro brincando com meu filho fosse tão bom. Perdi muito tempo na vida ficando no botequim tomando cerveja. Não vou nem esperar o
    Natal. Vou passear com meu filho e minha mulher sempre que for possível.

    Fim.

    Por isto eu digo: Se você não tem um presente faça como estes personagens.mesmo tendo presente se de a sua família.Ela ficará muito contente e eu também.
    Ou você vai ficar esperando Godot!De repente Godot erra o caminho e vai parar na Itália.E até que ele atropele alguém o teu filho pode estar mais adulto.Porque o tempo passa.O tempo…o tempo….o tempo.

    HO HO HO.

    Noel checo.

    RsRsRs

    Deixa-me Everaldo.Fica ai tomando teu caldo de feijão que o tempo passa.

  126. IRMÃO MATEUS

    JÁ NÃO AGUENTO MAIS A EXAGERADA COBERTURA DA IMPRENSA SOBRE A MORTE DAQUELE GIGOLO DA NUTRICIONISTA (ELA ALIMENTA BEM OS C.A.R.AL.H.OS DOS OTARIOS RICOS. O MARCELO E A FERNANDA.
    SERÁ QUE NO BRASIL SÓ EXISTE CELEBRIDADE VICIADA EM DROGA, PROSTITUTA E GIGOLÔ?

  127. What a big and long moderation.!

    Where are my letters?

    Noel

  128. Cristina

    Bush é muito frívolo, achou engraçada a manifestação do jornalista iraquiano, mas o motivo pelo qual ele quase levou uma sapatada não é nada engraçado, e também não é engraçado o iraquiano ir para a cadeia por ofender o Bush, chamar o presidente americano de cachorro é uma ofensa ao melhor amigo do homem. Os cachorros são carinhosos, sabem demonstrar amor incondicional, fazem companhia na solidão.
    Gerald ficou emocionado ao falar de Obama, e me lembro que ele escreveu um artigo no Jornal do Brasil muito emocionado quando Lula ganhou a eleição em 2002, se decepcionou, e no caso do Obama a emoção é maior, pelos traumas do 11 de setembro. Quem sabe o Obama limpa a barra dos americanos? Fiquei emocionada com o discurso de posse do Obama, chorei também, mas …. sempre tem um mas …. sempre tem uma peninha … eu acho o Partido Democrata bem corrupto, mais até que os aloprados petistas, mas é melhor um corrupto que um fascista fanático como o Bush, e que também é corrupto.

  129. caralho…até papai noel tem neste blog agora!!!!
    adorei te ver na entrevista.
    saudades!
    p.

  130. Cristina

    Quem disse que a criança gosta de ver adulto fantasiado de fadinha, sapinho, monstrinho e fazendo voz de criancinha? Os pais levam seus filhos ao teatro, mas nós não sabemos direito se as crianças gostam mesmo de teatro, não sei se as crianças são sinceras, elas são ensinadas desde cedo a não emitir opiniões contrárias. Não estou falando de explorar a criança comercialmente, mas as crianças se divertem mais com crianças fantasiadas, se divertem mais dançando o creu sem malícia. No final das contas o teatro infantil não é educador e sim idiotizador. Mas o teatro adulto também é muito idiota, principalmente os de linha humorística.

  131. Renata

    Teatro infantil é crime, é? Devia ser proibido pra criança? Nunca vi tanta besteira junta. O Brasil é um país que já não tem uma educação decente. O que dizer, então, da educação artística, que é praticamente inexistente nesse país. O que devia ser proibido pra criança é dança do créu, dança da bundinha, da eguinha pocotó, porque isso é puro lixo, não acrescenta nada. Só quem já acompanhou o processo de colocar crianças em contato com uma educação teatral de qualidade sabe o milagre que ela produz na auto-estima delas. Aliás, teatro devia ser algo acessível para pessoas de qualquer classe social, de qualquer tipo físico e de qualquer idade. Não é a tôa que esse mané cospe no prato que comeu e fala que odeia o teatro inglês. (KKKKK) Talvez ele goste mais dessa palhaçada que rola no Brasil, onde uma menina desconhecida mas bonitinha, com (muito) mais silicone do que cérebro, vai num baile funk sem calcinha e no dia seguinte já tá dando entrevista na TV e sendo chamada de atriz. Ou o cara bonitinho que não sabe nem ler e escrever direito e que vai lá e engravida uma mulher famosa em troca de virar ‘artista’. (rsrsrs) Da noite pro dia ele também vira celebridade. É a famosa Lei de Gerson. São esses os exemplos que você quer pras nossas crianças? Olha, eu não sou puritana, mas já tive essa experiência e vi que a arte cura, e tem o poder de afastar a molecada do crime e da marginalidade – e até das drogas, pois teatro é uma das poucas coisas legalizadas que dão barato…

  132. Renata

    E nunca é demais lembrar: permitir que uma criança tenha aulas de teatro apenas por razões educativas, como se ela fizesse natação, judô, balé, inglês etc. é uma coisa. É uma bênção, e eu levanto essa bandeira mesmo. Agora, obrigar crianças a virar miniadultos e explorar trabalho infantil (DE QUALQUER TIPO, INCLUSIVE na carreira ARTÍSTICA) é crime, e eu sou contra sim senhor! Criança tem que brincar e estudar. E só. Fora que ver criancinha na mídia é um tremendo pé no saco.

  133. Sandra

    Renata, às vezes a criança escolhe a dança do créu por achar a opção teatro, com monstrinhos, principezinhos e outros inhos, idiota. Ninguém gosta de algo porque é importante para sua formação cultural. Ninguém ama por decreto.
    E esse “mané” é um GÊNIO.

  134. ezir

    HELLO, Mr.Gerald Thomas, como gostaria de poder estar acompanhando mais este rítmo BEAT tão novo e FRUIDO de tantas novidades sobre tudo que o Sr. faz RADIANTEMENTE SENSÍVEL E EXATO, UM EXEMPLO DE COMEDIMENTO E RENASCIMENTO. Adoro ouvir nestas entrevistas a SUA VOZ tão serena e conscisa, CELESTE E RETUMBANTE , tão pulsante, gutural bem do tipo de um HIGHLANDER. O SR. fala tão naturalmente deixando a VIDA pulsar com seu interlocutor que NÃO CONSIGO VER AS INTERPRETAÇÕES Q ÀS VEZES OPS OUTROS VÊEM , tipo ” nossa, rolou isso , aquilo…” ( SABE AQUELAS TENTATIVAS DA GENTE IR DEFININDO TUDO , CONCLUINDO MEIO DO TIPO DO RITMO DA IMPRENSA, OU MÍDIA, A-N-S-I-O-S-A PELOS SIGNIFICADOS DAS FALAS E DAS COISAS?). PRA MIM, sua entrevista e TUDO ESTÁ SENDO UMA SURPRESA SEM FIM… UM ENCANTAMENTO QUE NÃO CONSIGO
    VER PRESSA DE ENCONTRAR UM SIGNIFICADO OU “ROTULAR” ESTE MOVIMENTO ORGÂNICO, NATURAL, FRUIDO , SENSUAL QUE É DESTE TEMPO REAL DA NOSSA FALA COM OS OUTROS. Acho que as pessoas , os entrevistadores , todos nós, estamos aprendendo um NOVO RÍTMO DE PULSAR “THE GERALD THOMAS BEATINGS” ao ter ESSAS OPORTUNIDADES E EXPERIÊNCIAS ÚNICAS , CONTINUAS, MEMÓRÁVEIS DE TE OUVIR EM UM MONTE DE MEIOS, MULTIMEIOS, MÍDIA COMO UMA GALÁXIA VERTENDO ESTRELAS DEPOIS DE UM ENCONTRO-FUSÃO INTER-GALÁCTICOS OU OS VÁRIOS ENCONTROS INTER-GALÁCTICOS QUE ESTÃO ACONTECENDO AGORA EM NOSSO UNIVERSO-COSMOS CELESTIAL.Esta entrevista me fez rever e ver outras e tantas q aqui estão…e fico aguardando mais …MUITO MAIS DESTA SUA PRESENÇA DE VERDADEIRO ASTRO PARA MIM!!! saudações chistosas para o Sr. e SUPER BELO DIA PARA O SR. Tchau! de Ezir.

  135. Dolores

    “Quando falo, ou escrevo, eh pau e alma.”

    Dolores está tendo calafrios depois desta afirmação existencial-erótica…

  136. Sr. Thomas – Everaldo

    O que o FED não fez foi fiscalizar os bancos.
    Agora Inês é morta.
    É um absurdo o golpe no sistema financeiro americano.
    Derrubou o mundo inteiro.
    Até acho que isso é uma conspiração.
    Um novo modelo de guerra.
    Aqui acostumamos usar os EUA como exemplo,
    onde a lei funciona, onde a lei é igual para todos.
    Eu que sempre fã dos americanos, vibrei com John Kennedy
    no cerco naval de cuba, com o primeiro homem na lua, estou decepcionado.
    Tudo isso vem confirmar as minhas teorias.
    A economia é uma ciência subjetiva, cada um cria as leis que lhe convém.
    Atrás de belos discursos tem sempre um grande golpe.
    O nosso presidente, tupiniquim, retirante, é bem assessorado.
    É pena que o Papai Noel tenha uma visão destorcida da economia.
    Ele confunde o racional com o emocional.

  137. Júlia

    Pacheco,
    O que houve que não me responde mais?
    Seu Papai Noel tá só no “uísque-river”…?
    Ainda dá tempo de fazer pedidos a ele?

    beijos
    Júlia

    ps. tb não entendo o que vc teve contra o papai Noel junior. Ele é um adolescente típico americano: bochechas rosadas, levemente acima do peso, pega seu carro quando vc dorme, toma seu uísque escondido, dirige bêbado seu trenó….experimenta drogas com os colegas….beija patricinhas siliconadas..e as trata como “presentes de Natal” descartáveis…e quer estudar administração pra seguir os negócios do pai. Era motivo para deserdá-lo? A maior parte dos pais incentiva filhos assim…

  138. Sandra.
    Idolatria não é racional.
    Eu tambem sou um genio.
    A unica diferença é que ninguem sabe.
    So o Papai Noel.

  139. Oi, Gerald, Panta, Gruel, Gargantua, etc.

    Não entendi essa história de trem, trenzinho. Foi uma referência à música Trenzinho do Caipira, de Villa-Lobos? Aqui em Minas trem é qualquer coisa, qualquer “ser”. Aquele “trem” lá não presta: serve para a pessoa ruim. “Trenzinho” também pode ser usada para a pessoa bonita, gostosa. Quando passa uma mulher bonita o malandro fala: “ah, trenzinho”.

  140. Renata.

    O mundo depende da opinião de cada um.
    A quilo que voce acha certo, aquilo que voce acha errado.
    Tudo depende a sua força para fazer prevalecer a sua opinião.
    Ha uns anos atrás visitei a minha cidade do interior, Roseira
    minha terra natal.
    Na praça tinha uma festinha da escola.
    Parei para ver as crianças dançando.
    Um grupo de professoras me pediu que assinasse
    um documento de presença.
    Assinar isso ai? Respondi, nem morto.
    As crianças dançavam essas musicas voce relacionou.
    É essa educação que vocês passam para as crianças?
    É que esta na moda, respondeu uma professora.
    O grande problema é a falta de critério.
    Dependemos do que uns e outros acham correto.

  141. Glorinha

    Ezir,
    de tudo consigo tirar um poquinho,aquele que entendo e admiro!!!
    [[]]abraços de comos procê!!!

  142. Glorinha

    ops…”abraços de cosmos…”

  143. Glorinha

    Bom dia a todos!!!
    [[]]

  144. HO HO HO

    Pancho Cappeletti

    .Porque a surpresa?Posso estar aonde eu quiser ou não!Quem vai me impedir. Lembre-se que eu já te visitei muitas vezes no passado. Se não era você então me enganei.Nos velhos tempos você não falava caralho perto de mim.Só se masturbava com ele.Pensa que eu não via.?Você trancado na privada. Só não interferia porque eu não tinha nada com isto.
    Vou pensar se mereces ganhar algo alem do que vais ganhar neste Natal. Faça seu desejo e aguarde.

    Bicho do mato.

    Não sou culpado por terem me criado para ser emotivo.É muito provável que saibas de economia mais do que eu.Nem dinheiro eu tenho.Sou como querem que eu seja.Para a coca –cola eu fui um achado.para o comércio também.mas na verdade eu nada tenho alem deste mundo lindo e imaginário que são meu cenários.Agora eu empresto as palavras do Pancho Cappeletti e te digo: – Caralho meu seja benevolente comigo.

    Julia.

    Eu nada tenho contra um Junior.Até que seria bom ele vir trabalhar ao meu lado.mas como eu te disse antes o problema maior será as pessoas aceitarem um filho vindo do nada.Nesta data muitos já aceitam o nascimento do menino Jesus.Será que aceitariam outro nascimento tão próximo.E alguém que já nasceu Junior?

    Julia querida. Que tal você ser a namorada de Papai Noel?Mas só no terreno da imaginação. Mamãe Noel é ciumenta. Do tipo que cheira a… A. a minha coisa quando chego em casa.Ela quer sempre descobrir se eu volto com cheiro de mulher.Com perfume de mulher.Mas o único perfume de mulher que ela pegou comigo foi o dvd do filme com o Al Pacino de quem sou fã.

    Bye bye

    Noel.

    HoHoHoHoHo

  145. Glorinha

    ai ai…. que o alberto não me leia….rs…
    lá em cima escrevi errado, desculpe Ezir, correto é ” de tudo um pouquinho…”
    []

  146. Oi, Sandra, esse artigo é para vc, espero q goste, tava no meu blog há tempos e lembrei.

    Por N. West Moss

    The New York Times

    Não existem faixas rosa para usar se você sofreu um aborto espontâneo, nenhuma passeata ou camiseta para encorajar a conscientização e prevenção. E até onde temos uma linguagem para falar sobre ele, ela é repleta de frases superficiais: “Não se preocupe, eu também tive um,” ou “Eu tive dois, e então – puf – o Davey nasceu, e nessa semana ele está se formando na faculdade.”

    Mas enquanto você pertence ao clube imaginário das Mulheres Sem Crianças, este é um planeta secreto de dor, praticamente invisível ao mundo externo.

    The New York Times

    As pessoas agem como se um aborto espontâneo fosse um evento localizável num calendário, com início, meio e fim, mas a realidade é bem diferente

    Recentemente, sofri meu terceiro aborto espontâneo em um ano. Aconteceu cedo na gravidez, e foi descartado como nada grave – “gravidez química” parece ser o termo artístico. Não vamos reagir exageradamente, não há necessidade de histeria, bola pra frente. “Vamos tratar disso como se você estivesse simplesmente tendo seu ciclo menstrual,” como disse meu médico.

    Mas honestamente, não é como ter seu ciclo. Psicologicamente, claro, não tem nada em comum, mas fisicamente também é diferente. Tive espasmos durante horas que deixaram minhas costelas contundidas, e quatro dias depois eu estava de volta ao trabalho e exausta porque continuava sangrando muito – não uma quantidade alarmante, mas o suficiente para que eu agendasse as reuniões em salas próximas a um banheiro, e para me mandar para casa para cochilos de duas horas à tarde. Imagino como os homens lidariam com isso. Toda a dor, a confusão, as limpezas furtivas, a vergonha e as fugas do trabalho me parecem tão fundamentalmente femininas.

    As pessoas agem como se um aborto espontâneo fosse um evento localizável num calendário, com início, meio e fim. Mas na verdade ele começa quando você sente aquela primeira pontada inconfundível dizendo que algo está totalmente errado. Ele continua através dos duros dias de sofrimento e espasmos profundos, e então serpenteia ao longo de cada dia do resto de sua estúpida vida. Provavelmente lamentarei esse aborto de alguma maneira visivelmente mediana até ter um bebê saudável ou morrer.

    Falar sobre abortos espontâneos é tão pesado e patético e indesejado e repleto de significado sobre idade e utilidade. A sensação de sofrer três abortos em um ano é a de que eu devo ter feito algo errado, quando a realidade é que a maioria dos abortos acontece por motivos cromossômicos fora de nosso controle.

    Ainda assim, uma mulher que sofre um aborto espontâneo provavelmente se perguntará por quê. “Deus não deve querer que eu tenha um filho,” ela pode pensar, ou “Estou velha demais.” Há momentos em que você sente que o aborto e as calamidades do mundo são seus próprios feitos e que você deveria, de alguma forma, saber melhor.

    Talvez não falemos de nossos abortos porque não queremos as mulheres com filhos nos olhando com pena, ou adolescentes com seu jeito imortal pensando, “Isso nunca acontecerá comigo.” Não queremos que famílias felizes sussurrem, “Graças a Deus não é com a gente.” Não queremos imaginar que os homens possam estar pensando, “Se elas não podem ter filhos, por que estão aqui?”

    Entretanto, não sei o que você deve dizer a uma mulher que teve abortos espontâneos. Ao mesmo tempo em que pode ser emocionante ouvir histórias de outras mulheres, pode também ser irritante: faz com que nosso momento de extraordinária tristeza se torne comum e dentro da média. Por que eu iria querer ouvir sobre seu aborto quando estou deitada no chão tentando erguer 250 quilos de fracasso, desilusão e hormônios despedaçados em meu peito?

    O que posso dizer é: quero que as pessoas saibam. Não quero que seja um segredo ou uma sombra, ou algo carregado individualmente. Quero que as pessoas saibam que eu passei por algo, que estou cansada mas otimista, que fui derrubada mas não me ajude, pois posso levantar sozinha.

    É justo, acho eu, querermos testemunhas para nosso sofrimento. Mas com o sofrimento também vem a esperança. E afinal de contas, somos criaturas flexíveis. Uma amiga minha disse-o muito bem, num e-mail enviado depois que soube de minhas novidades. “Espero que você não desista,” ela escreveu. “Ainda quero tirar uma foto de seu filho ao lado do mais alto girassol.”

    *N. West Moss é escritora em Nova Jersey

    Postado por Penetralia às 22:31
    Marcadores: aborto, escritora, espontaneo, narrativa, nyt

  147. gthomas

    Renata
    entao monte seus espetaculozinhos infantis com aquele tom debiloide que ajuda a deixas as criancas mais debeia ainda.
    Alias, nao sei quem eh Renata. Mas Renata sabe quem eu sou.
    Fim de discussao. Cresca e apareca.

    Alias, montem o que e NO Que quiserem. Em jumentos, as far as I’m concerned.

  148. Júlia

    Oi Papai Noel,
    Desculpe mas não vai ser possível namorar o Sr, embora, os benefícios fossem claros nesta época do ano. É que o Sr não faz o meu tipo. E eu também sou ciumenta. Não gostaria de dividir a cama e o marido com a mamãe Noel. Eu ia querer ter os meus próprios filhos. E depois não estou apaixonada pelo Sr. Tenho certeza que mamãe Noel o espera com uma lingerie de Natal. Seja feliz com ela. Se ela estiver gorda, leva-a pra caminhar no parque e aproveite pra levar o seu filho que também está precisando de umas conversas com o pai…
    Mas podemos continuar sendo amigos.
    Também sou fã do Al Pacino.
    bjs
    Júlia

  149. gthomas

    Sim Antonio Ribeiro, seu comentario ja entrou, nao sei em qual artigo mas foi aprovado DUAS vezes!!!!

  150. gthomas

    IRAMAO MATEUS: nossa! de quem vc fala? Qual marcelo e qual Fernanda? eles recebem uma super bolsa esmola do PT?

  151. mantrini

    Gerald!
    Quando leio seus textos sinto sua cabeça enorme lotada de conceitos idéias pessoas lugares tudomisturadoepesando.
    Afinal, o que você está fazendo?

  152. mantrini

    Minha peça inspirada no seu trabalho está aqui esperando você avaliar. Squirting Women é o título.

    É sério.

  153. mantrini

    Comentando a entrevista: eu sempre achei que você ia voar no pescoço de alguém…

  154. Estão vendo.
    Já irritaram o Gerald.
    O que foi que eu disse e manhã!
    Tem muita gente esperando Godot.Sem ao menos saber o que esperar.
    Sem entender néscia de nada.Ser critico é fácil.Até eu sou.Saber criticar é que são elas.
    Quem não sabe o que escreve deve cuidar de panelas.Se for homem cozinhando.Se for mulher limpando.Exceção para as mulheres maravilhosas as quais nós temos o prazer de lavar limpar cozinhar e fazer tudo por elas.Principalmente se vier igual aquela gostosa que fez a cachorra no Sesc.Entrou amarrada e pronta para ser em….em…..Censurado.Quem disse que não existe auto-censura?

  155. HO HO HO

    Já sei o que vou levar para o Lucio JR.

    UM TRENZINHO de baterias.

    Ho HO HO

  156. Biquei

    No pais do ALÍMARAVILHA,parece que nem tudo está maravilhoso.

    http://www.Elpais.com.
    El problema de la vivienda es una de las asignaturas pendientes en este país, que de no poner remedio urgente acabará, según los analistas, favelizándose por completo. El sábado pasado, un estudio del Instituto Brasileño de Geografía y Estatística (IBGE) reveló que una de cada tres ciudades del país tiene ya favelas. El 93% de las ciudades con más de 500.000 habitantes ya está rodeado de favelas. Se calcula que 53 millones de ciudadanos habitan en viviendas consideradas inhumanas por la total falta de estructura y por su carácter de ilegalidad.

  157. Sandra

    Bicho do Mato, eu acho horrível ser tão racional.

  158. Julia Hardy.

    Parabéns. Pela esperteza. Não disse em momento algum que eu desejava te namorar. Sugeri apenas uma entrada no blog como namorada.
    Eu sou muito amigo do Pacheco que faz triagem em minhas cartas. E nos comentários.
    Antigamente eu nem me importava com isto.O Pacheco então me disse que é importante tomar esta precaução hoje em dia.
    O Pacheco é bom neste negócio, pois treinado ele foi.E treinado na marinha.
    Se tua intenção é a que penso meus cumprimentos. Mas não desejo obrigado.
    Pelo tanto que fui ofendido sem culpa de nada eu não tenho mais vontade de conversar com ninguém.Também não posso conversar com meu filho porque eu sempre só tive uma filha.E demorei a descobrir isto.Esperando que me entendas e mesmo reconhecendo tua boa vontade prefiro que não façamos mais contatos.Será melhor para ambos.
    Muito obrigado.

    Papai Noel sem sorrisos.

    Já estou enjoado da risada que tenho.

    Noel.

  159. Sandra

    Lúcio, o depoimento mais verdadeiro a respeito que já li. É… ISSO, sem mudar uma vírgula.

  160. Sandra

    Beijos em todos!

  161. Rosana Wolfl

    É isto ai.

    Eu sou um chorão.

    O que você quer de presente.Pode pedir que serás atendida.

    Lembranças ao teu pai que sempre me respeitou.

    Tenho certeza.

    Ou estou enganado?

    HoHOHO

  162. HOHoHo

    Samuca.

    Tome uma bolada nas bolas e quero ver se achas ridiculo homem chorar.

    HO HO HO QUAC QUAC QUAC

    Até o Pato Donald está gostando

  163. Atenção Pessoal.

    Minhas mensagens estão antes das perguntas.

    Não dá pra rir agora.

  164. Ho HO HO

    O Garganta tambem vai ganhar presente extra neste Natal.Principalmente por ter trazido um trabalho do REINALDO AZEVEDO

    Bem que o Pacheco me avisou para tratar bem o Garganta.E O Brasileirinho tambem gosta do garganta apesar do Garganta contar muita garganta e se despedir com os melhores cumprimentos.

    HO HO HO

  165. Sandra.

    Macho que é macho chora e ainda enxuga as lágrimas dos olhos da amada com beijos quentes.Eu não faço nada disto mas tenho um manual de machos que tem as lições
    Como é que estamos na arrecadação de ajudas para as vitimas das enchentes de Santa Catarina?

    Beijos para a Sandrinha.

    Papai Noel.

  166. Rosana Wolfl

    Nossa Gerald! choro a quase meia decada e ninguem nunca
    ligou! a nao ser os mais proximo claro. por suas devidas necessidades. Chore,chore sempre. estes machoes idiotas que aprenderam que o rolar das lacrimas podem compromete-los,nunca entendem isto,Meu pai um oficial aposentado, que conviveu com as situacoes mais tristes da sociedade ,mas que nem por isso, perdeu a singeleza…chora!! se emociona! e adora voce Gerald! Mostrei sua entrevista para ele e ele simplesmente se calou quando viu voce chorar. Respeito! sim respeito as pessoas que tem sentimentos e expressam com dignidade as suas emocoes! Viva voce Gerald! viva a humanidade que tem seres humanos que nao tem vergonha de viver! Beijos Ro e cia

  167. samuel samuca

    Eu vivo bem a vida, tenho os meus moleques, o amor da minha vida, faço o que gosto, tenho minha estabilidade financeira muito bem posicionada, não choro à toa e não sou machão. … Que mais eu posso querer?

    Acho ridículo chorar por qualquer coisa ou achar que ser sentimentalóide é uma grande virtude. …

    Papo furado.

  168. Sandra

    Rosana, concordo em gênero, número e grau. Meu marido costuma dizer: macho que é macho chora em público e assume que não é cisco nos olhos.

  169. Garganta

    Caros,

    Esse texto, do Reinaldo Azevedo, sobre corrupção e impensa merece ser lido:

    http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/2008/12/ignorantes-e-fascistides.html

    É quase uma resenha sobre o entendimento de Platão sobre os sofistas ( exagero meu, mas o texto é otimo). Não preciso nem dizer que o Reinaldo é um homem culto e, por isso, seus textos refletem seu conhecimento.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  170. Júlia

    opa mais uma sapatada…virou moda mesmo…valeu papai Noel, agora manda o outro sapato pra ver se quem sabe eu faço um par.
    não tinha intenção de ofender o Sr nem seu(s) criador(es)

    uso as palavras do Gerald pra me despedir

    “Esse talvez seja o meu fim por escolha própria. Se eu morrer aqui estarei – em parte – feliz. Não, não estarei.”

    um beijo pra todos inclusive Jagger

    Júlia

  171. Sandra

    Samuel, música é uma maneira de chorar. Principalmente quando é tocada para um filho na barriga do amor de sua vida.

  172. Sandra

    Quem conhece os sentimentos, quem conhece a alma humana, tem poder.

  173. Sandra

    Felizmente o Gerald é do bem, porque a matéria prima do trabalho dele são a alma e os sentimentos humanos. Ele é poderoso. Quando caio na besteira de provocá-lo, sempre levo a pior.

  174. gthomas

    caramba
    nao estou entendendo.
    Ainda estao discutindo porque ou nao chorei ou nao chorei?
    eh isso?

    vamos abrir aqui um novo capitulo da Bunda no Municipal do Rio de 2003? so que dessa vez sem processo na Justica?

    Sera que eu nao posso me manifestar de forma ALGUMA sem que eu seja POLICIADO pelos behaviouristas da hora?

    que doideira gente.

    “eu bebo sim….bebo sim, bla bla bla”

    “nao bebo nao, bebo nao. bla bla bla bla”

    e viva Cole Porter e NEW YORK

    ai que bom estar de volta onde so tem LOUCO!!!!!

  175. gthomas

    GIMMIE SHELTER

    projeto/filme de Jagger sobre as atrocidades no CONGO

    entrem online

    descubram

    Ben Afflec e outras personalidades que visitam a regiao das atrocidades (como Darfur) fazem parte.

    “ou seja: como nos, imbecis que somos, so pensamos em nos mesmos: PROJETO UMBIGO

    ATORES QUE SAO FOTOGRAFADOS DE TODOS OS ANGULOS PRA QUE?

    PRA SE EXIBIREM

    TO FORA!!!

    E CHORO
    MAIS UMA VEZ
    LINDO O PROJETO DE JAGGER
    GIMMIE SHELTER EH UMA DAS MAIS ANTIGAS MUSICAS DOS STONES
    JA ME FAZIA CHORAR NA ADOLESCENCIA
    ATE O GRAND FUNK RAILROAD GRAVOU

    lindo
    lindo
    como as coisas se reciclam
    LOVE
    G

  176. gthomas

    Da BlogNovela numero 9

    Segurando suas lágrimas e de volta ao país onde sempre acaba voltando (a origem de seu pai, sua avó) faz mais uma anotação enquanto percebe movimentação na coxia: ‘uma casa é uma casa, uma bomba é uma bomba, uma for, uma flor. Esse talvez seja o meu fim por escolha própria. Se eu morrer aqui estarei – em parte – feliz. Não, não estarei. Talvez em Weimar estivesse. Ou no Rio de Janeiro, ou em Londres ou em NY. Ser um nômade a minha vida inteira foi lindo e, ao mesmo tempo, terrível.

    “Não consegui ser um Ghandi. Aliás, nem tentei. Não consegui escapar do meu próprio umbigo, mas pelo menos contei um pouco da história da minha era. Não sou diretor. Nunca mais irei dirigir nada que não seja da minha autoria”

  177. Glorinha

    talvez, a nossa verdadeira casa esteja onde estamos, não importa onde estamos exatamente…
    exato nada tem…a não ser talvez os seus contornos tão incertos…certos de que nunca serão delineados com um lápis de olho.
    []

  178. Na reunião de delinqüentes morais, ditadorzinhos de merda, estava lá o pior deles, Raul Castro que tem sobre sua cabeça mais de 20.000 assassinatos, tomando água de coco em nossa linda Costa do Saiupe na Bahia, e entre um discurso imbecil e outro deprimente, o assassino e pedófilo de cuba soltou esta:

    “Quem vai por o guizo no pescoço do gato Obama?”

    Está é para os defensores dos tiranos de lá e de cá comentarem.

    Se colocarmos um carro limpa fossa no hotel aonde está acontecendo este crime contra os Direitos Humanos, não sobra nenhum, não é a toa que o Presidente da Colombia mandou um assessor de 10 categoria.

  179. Oi, GT: na blognovela número 9 vc poderia colocar:

    BLOGNOVELA NÚMERO 9: O PONTO G, DE GERALD Ou: OS SIN-THOMAS DO NATAL E DO ABORTAL.

    Tem um texto maravilhoso do Pascoal da Conceição sobre a montagem de Schiller do José Celso que logo vou postar aqui.

  180. “Os atores acabaram de chegar! Os melhores atores do mundo! Seja na tragédia, comédia, drama, histórica pastoral, pastoral cômica, histórico pastoral, trágico-histórica, transcriação ´tragicomicohistoricopastoralconcretabstrata´, tragikomerdiorgia, tanto o drama com unidade tempo e lugar como poema sem unidade nenhuma, Nelson Rodrigues, não muito pesado, nem Oswald de Andrade muito leve, tanto no respeito a tudo que está no texto, dentro das normas, quanto na maior liberdade do improviso: Eles são únicos”.

    W. SHAKESPEARE (TRADUÇÃO ADAPTADA DE HAMLET, PARA A MONTAGEM DO OFICINA).

    PS: PARA O PAPAI-XEKO NOEL, tb vou dar um presente: um SACO GRANDE E VERMELHO E UM LIVRO DE PSICANÁLISE (FREUD) COM UNS REMEDINHOS PARA MULTIPLA PERSONALIDADE. TEM QUE TER SACO DE PAPAI NOEL PARA AGUENTAR TANTAS IDENTIDADES!!!

  181. Senhor Lucio Junior.

    Algo te aflige?
    Posso ajudar?Nada cobro e só quero ser útil. preciso tratar ou aconselhar alquem que se sinta ofendido ou que tenha mesmo que de leve o desejo de ferir ou menosprezar alguém.
    Um blog para Lucio Junior significa exatamente o que?
    Para uns é diversão e para outra afirmação.
    Tem também os participantes que nada tendo o que fazer nos empregos que tem passam o dia blogando.
    Até ai tudo bem.
    Se desejar e eu conseguir te definir melhor não cobrarei nada por isto.

    Analise abaixo o que você comentou:

    1. PS: PARA O PAPAI-XEKO NOEL, tb vou dar um presente: um SACO GRANDE E VERMELHO E UM LIVRO DE PSICANÁLISE (FREUD) COM UNS REMEDINHOS PARA MULTIPLA !PERSONALIDADE. TEM QUE TER SACO DE PAPAI NOEL PARA AGUENTAR TANTAS IDENTIDADES!!!
    O que é um saco grande e vermelho?
    Será o teu que já não funciona?
    Porque citar Freud?
    Para valorizar o teu pobre comentário!
    Puras bobagens as que falam.
    Lucio Junior:

    BEM MELHOR È AQUELE QUE CONSEQUE MOSTRAR MULTIPLAS IDENTIDADES SENDO SÒ UM<DO QUE AQUELE QUE APRENTANDO SER SÒ UM NA VRDADE ESCONDE MULTIPLAS IDENTIDADES.

    O primeiro você disse que é o Pacheco. Portanto és o segundo.
    Eu empregaria o Pacheco.
    Eu não te empregaria.

    Abraços e sejas feliz. Basta não desejar senão ser feliz.VIVA e deixe que vivam.
    Pode enfiar tua viola no teu saco vermelho e grande. Jogue os remédios no lixo.Leia mais o pai da psicanálise e aquente o que quiser com teu próprio saco.

    Volte na próxima semana se tiver vontade.

  182. Lar é onde você é feliz.

    Eu canto muito esta canção.

    W.N.

  183. O comentário acima foi para a glorina e o Pacheco pediu para eu enviar.

    W.N.

  184. Glorinha e não glorina.

    Sorry.

    Minha potugues não estar bom.

    W.N.

  185. Cristina

    Pensando sobre o Bate Man talvez o ator tivesse que captar o mau humor do Gerald, uma sensação de tédio diante das perguntas das pessoas, mesmo o entrevistador percebeu que fez perguntas tediosas. É bom morar em lugar de loucos, o tédio é menor.

  186. On the rod again.

    com muita uisque e caipirina ON MY MIND.

    Bye.

    W.N

  187. Lucio Junior.

    Você gosta do Willie Nelson!?

    Já está fora de moda não achas,

    De comum contigo eu acho que só tem o fato de que ambos gostam de trenzinho.

    O que achas disto?Significa algo.?Te aborrece?Não deixe a raiva te dominar.Não deixe teu saco grande ficar mais vermelho.Ele pode estourar.Cuidado amigo.

  188. Garganta

    Caro Gerald,

    Aliás, retomando o assunto arte e crime, assisti um representante dos direitos humanos inconformado com a prisão da pichadora Carolina; e, por outro lado, indignado com a liberdade do banqueiro Dantas. O “humanista” alega que as acusações de Carolina são mais leves. Mas o suposto humanista só esqueceu de mencionar que a garota, que já tem passagem na polícia, foi pega –em flagrante–depredando patrimônio público( meu e dos brasileiros, portanto).

    Ora, o nojento “humanista” parece querer destruir as garantias legais que protegem Dantas e todos os brasileiros. E colocamos o que no lugar? Estado Despótico com julgamento sumário? Uma coisa seria o babaca reclamar da ineficácia e lentidão do Poder Judiciário e defender reformas. No entanto, ele, o suposto “humanista”, faz uma comparação de coisas diferentes e contra a força da lei, que, no caso da pichadora, foi eficaz.

    Por esse raciocínio de que os mais poderosos cometem crimes perfeitos ( sem ser pegos); e os menos poderosos praticam crimes imperfeitos ( coitadinhos, eles não sabem ocultar), devemos soltar todo mundo e declarar anarquia. Daí vai ser os mostradores de bunda na rua; eu vou pegar uma tv de Plasma no Wal Mart; os travestis vão poder se beijar na padaria e fazer sexo lá mesmo sem preconceitos. Em suma, o caos!

    Poderosos e criminosos de mercadinho, que desrespeitam a sociedade e cometem crimes, têm seu merecido lugar: a espada da Justiça na garganta ( sem trocadilhos). Por que não melhorar nossas instituições; e não exaltar corrompê-las?

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  189. Lucio.Apareça.Não posso ficar te esperando.A consulta é de graça mas tempo é dinheiro.e tudo que eu tenho é Tempo

    Tempo

    e mais tempo

    Quem não tem tempo é o Gerld que fiva voando de cá para lá e de lá para cá e de lá até não sei onde.

    Sempre esperando ou tentando mostr como se espera GODOT.

    Qualquer dia um lunático joga um sapato nele e ai ele vai mostar a bunda de novo.

    Etsa eu não quero perder.Caso realmente aconteça.

    Responda bem rápido.

    Se no palco pode se mostar até a periquita poque o Gerald foi processado por ter mostrado a bunda depois de ter sido .agredido.?

    Segundo minha teoria é foi devido alquem desejando aparecer e ganhar as manchetes dos jornais.

  190. gthomas

    Estou no meio do mato nos arredores de NY e vou dar uma caminhada. Nao sei se

    nada nao.

    fiquem bem todos vcs

    estou me sentindo meio inutil

    sabem como eh ne?

    amanha tem espetaculo la no Rio

  191. Felipe

    Olá.

    Publiquei essa peça na revista literária, Zunái.
    Acho que tem a ver com você.
    Gostaria que você lesse (just do it):

    http://www.revistazunai.com/contos/felipe_moreira_parque.htm

    Trailer:

    Improvisações para CORO com bilhetes de suicídio: 1- Entediei-me. Desculpa. 2- Eu sou lixo. Eu me odeio. Eu quero morrer. 3- Me mato hoje, Angela. Imagino que você esteja contente. 4- Percebo que esse bilhete é também derrota: criativa, agora. Mas, ao menos, há algo de positivo, dessa vez: trata-se da última. 5- Fracassei. 6- Eu te desprezo. Mas eu me desprezo mais. 7- (…) Naquele dia, você estava usando aquele vestido azul, e eu até tive vontade de viver. Foi uma exceção. De resto, você sabe como eu tenho que ser sempre o mais detestável. Nossa vida conjugal foi… não sei… Ah, a sua vulgaridade dificultou tudo!… 8- Quando eu era criança, eu era uma menina alegre. Eu era talvez a mais alegre menina da escola. Sei lá, eu nunca vi uma criança se suicidando… 9- Suicido-me hoje e que vocês todos se fodam! 10- nunca amei, mas talvez tenha sido amado… Chamem todas minhas ex-amantes e ex-namoradas. E que elas sofram… 11- Vocês não encontrarão minha camisa havaiana no armário. Quando terminar essa carta, me jogo do prédio com ela. Sempre quis morrer de laranja. Acho que é uma coisa otimista. 12- Eu me mato, porque me acredito imortal, e porque eu espero. 13- Descobri a maneira mais fácil de não acordar: matar-me. 14- suicídio súbito de mim, ou esse poema termina agor. …

    Improvisações para CORO com peças de suicídio de brinquedo de borracha: mordendo, chupando, engolindo, sujando, jogando, quebrando, brigando por peças de suicídio de brinquedo de borracha até que MULHER DE LENÇOL DE LEITE engasga (silêncio): tosse 1, tosse 2, tosse 3. Volta. Revolta.

    CORO
    (cantarolando)

    suicidando pra lam-bé
    cu rosado da mor-té
    de vestido de flo-rés

    ama-relés
    estu-pidé
    mente-até
    esto-magué

    abs, Felipe.

  192. Nivaldo Ignacio Junior

    Pacheco, veja o lançamento da idéia do lula lá… Glauber Rocha era muito bom, pena que era comunista. Veja todos os vídeos dele, você vai gostar

    http://br.youtube.com/watch?v=lerU86ZDP20&feature=related

  193. Sandra

    Papai Noel, a Sandrinha me enche de orgulho. Até livros, ela doou.

  194. Sandra

    Se eu fosse do meio teatral, não viria no blog do Gerald chamando-o de mané. Abaixaria a crista e tentaria aprender alguma coisa com ele. A menos que eu tivesse lido, vivido e trabalhado mais do que ele.

  195. gthomas

    Sandrissima: tem gente que so quer mesmo…..sei la.
    So quer mesmo

    amanha tera “NADA PROVA NADA
    OU O JEITO IRISH DE SER”

    artigo novo inspirado pelas arvores e memorias londrinas de quando o meu carro pifava nas ruas de Londres e a RAC vinha me salvar em questao de minutos: Propina a la irlanda! ou a la Paki, ou a punjab. ou algo assim
    e, obvio que comento o fomento do fermento de tudo aquilo que ainda nao foi digerido quando se viaja e COMPARA uma cultura a outra e os buracos de uma nacao a outra e os DISPARATES de uma nacao em relacao a Outra
    and so on…
    entao devo comecar como????

    quando eu tinha 16 anos e sentei a bunda na British Museum Library…

    Nao….assim nao!

    Vou inventar uma maneira mais interessante!

    Vou falar em GIMMIE SHELTER, o projeto do Jagger no CONGO

  196. mantrini

    ” Fingi ser gari por 8 anos e vivi como um ser invisível ”

    Psicólogo varreu as ruas da USP para concluir sua tese de mestrado da\’invisibilidade pública\’. Ele comprovou que, em geral, as pessoas enxergam apenas a função social do outro. Quem não está bem posicionado sob esse critério, vira mera sombra social.

    Plínio Delphino, Diário de São Paulo.

    O psicólogo social Fernando Braga da Costa vestiu uniforme e trabalhou oito anos como gari, varrendo ruas da Universidade de São Paulo. Ali, constatou que, ao olhar da maioria, os trabalhadores braçais são \’seres invisíveis, sem nome\’. Em sua tese de mestrado, pela USP,
    conseguiu comprovar a existência da \’invisibilidade pública\’, ou
    seja, uma percepção humana totalmente prejudicada e condicionada à divisão social do trabalho, onde enxerga-se somente a função e não a pessoa.
    Braga trabalhava apenas meio período como gari, não recebia o salário de R$ 400 como os colegas de vassoura, mas garante que teve a maior lição de sua vida:\’Descobri que um simples bom dia, que nunca recebi como gari, pode significar um sopro de vida, um sinal da própria existência\’, explica o pesquisador.

    O psicólogo sentiu na pele o que é ser tratado como um objeto e não como um ser humano. \’Professores que me abraçavam nos corredores da USP passavam por mim, não me reconheciam por causa do uniforme. Às vezes,esbarravam no meu ombro e, sem ao menos pedir desculpas, seguiam me ignorando, como se tivessem encostado em um poste, ou em um orelhão\’, diz.
    No primeiro dia de trabalho paramos pro café. Eles colocaram uma garrafa térmica sobre uma plataforma de concreto. Só que não tinha caneca. Havia um clima estranho no ar, eu era um sujeito vindo de outra classe, varrendo rua com eles. Os garis mal conversavam comigo, alguns se aproximavam para ensinar o serviço. Um deles foi até o latão de lixo pegou duas latinhas de refrigerante cortou as latinhas pela metade e serviu o café ali, na latinha suja e grudenta. E como a gente estava num grupo grande, esperei que eles se servissem primeiro. Eu
    nunca apreciei o sabor do café. Mas, intuitivamente, senti que deveria tomá-lo, e claro, não livre de sensações ruins. Afinal, o cara tirou as latinhas de refrigerante de dentro de uma lixeira, que tem sujeira, tem formiga, tem barata, tem de tudo. No momento em que empunhei a caneca improvisada, parece que todo mundo parou para assistir à cena, como se perguntasse:
    \’E aí, o jovem rico vai se sujeitar a beber nessa caneca?\’ E eu
    bebi.Imediatamente a ansiedade parece que evaporou. Eles passaram a conversar comigo, a contar piada, brincar.

    O que você sentiu na pele, trabalhando como gari?
    Uma vez, um dos garis me convidou pra almoçar no bandejão central. Aí eu entrei no Instituto de Psicologia para pegar dinheiro, passei pelo andar térreo, subi escada, passei pelo segundo andar, passei na biblioteca, desci a escada, passei em frente ao centro acadêmico, passei em frente a lanchonete, tinha muita gente conhecida. Eu fiz todo esse trajeto e ninguém em absoluto me viu. Eu tive uma sensação muito ruim. O meu corpo tremia como se eu não o dominasse, uma angustia, e a tampa da cabeça era como se ardesse, como se eu tivesse sido sugado. Fui almoçar, não senti o gosto da comida e voltei para o
    trabalho atordoado.

    E depois de oito anos trabalhando como gari? Isso mudou?
    Fui me habituando a isso, assim como eles vão se habituando também a situações pouco saudáveis. Então, quando eu via um professor se aproximando – professor meu – até parava de varrer, porque ele ia passar por mim, podia trocar uma idéia, mas o pessoal passava como se tivesse passando por um poste, uma árvore, um orelhão.

    E quando você volta para casa, para seu mundo real?
    Eu choro. É muito triste, porque, a partir do instante em que você
    está inserido nessa condição psicossocial, não se esquece jamais. Acredito que essa experiência me deixou curado da minha doença burguesa. Esses homens hoje são meus amigos. Conheço a família deles, freqüento a casa deles nas periferias. Mudei. Nunca deixo de cumprimentar um trabalhador.
    Faço questão de o trabalhador saber que eu sei que ele existe. Eles são tratados pior do que um animal doméstico, que sempre é chamado pelo nome. São tratados como se fossem uma \’COISA\’.

    *Ser IGNORADO é uma das piores sensações que existem na vida!

  197. Garganta

    Caro Mantrini,

    ” Fingi ser gari por 8 anos e vivi como um ser invisível ””. Será que ele esperou ser tratado como a Gisele Bucheheheh ( não sei escrever o nome da moça)?

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  198. juliano

    Monteiro Lobato fazia literatura infantil sem substimar a inteligência das crianças. A primeira peça que assisti era o Sitio do Pica-pau Amarelo. Dai vem o Mauricio de Souza com a Turma da Monica, o Ziraldo e o Menino maluquinho. Tem muita coisa boa pra ser encenada, nem tudo o que se produz pra criança tem baixa qualidade.

  199. Sandra: Envio carta para a Sandrinha.

    Sandrinha.

    Fiquei sabendo que você deu até livros para as crianças que perderam tudo lá em santa Catarina.Você deu um belo exemplo de como podemos ajudar aos nossos amigos e irmãos.
    Estou muito orgulhoso com o trabalho teu e mais o das tuas amigas do bairro e da escola.
    Imagina que tua mamãe é uma arvore e o teu papai um galho.E imagine que você é uma linda rosa.Esta roseira que estamos falando foi plantada pelo teu avô e cuidada pela tua avo´.
    Por isto é que dizem que pelas arvores se conhecem os frutos.

    Beijos com muito amor.

    -Quac quac-Papai Noel da licença?
    -Pois não Pato Donald pode falar!
    -Sandrinha eu te mando mais beijos. Meus da Margarida e dos sobrinhos.

    Papai Noel e Pato Donald

  200. Mau

    GERALD, GOSTEI DA PASSAGEM LÁ

    NO MEU MAULSOLEU DE CAUSAS PERDIDAS

    TÔ NUM CANSAÇO MENTAL QUE ATÉ HADES ME EXPULSOU DA SALA DELE DIRETO PRO LAMAÇAL DO TÁRTARO

    ABRAÇOS

  201. Nina

    Notte!

    vamos por partes:

    16/12/2008 – 17:45
    Enviado por: Ricardo Hartmann

    “Gerald, vc como diretor e autor teatral é um excepcional motorista de ambulância. Não sabia dessa sua faceta. Fico imaginando vc dirigindo enlouquecido pelas ruas, sirene aberta, em disparada varando os sinais fechados. Devem ter perdido um excelente motorista, pois o teatro, infelizmente não ganhou muita coisa. Em relação ao Obama, vou rezar fervorosamente pelo sucesso dele, pois não quero ver vc chorar como os desenganados do Lula Molusco.”

    SR. RICARDO BOB ESPONJA…ABSOLUTAMENTE NENHUMA PALAVRA ME VEM A MENTE PARA RESPONDER O TAMANHO DA SUA REPUGNANTE IMBECILIDADE, ENTÃO: FELIZ NATAL!

    17/12/2008 – 11:00
    Enviado por: Renata

    “Teatro infantil é crime, é? Devia ser proibido pra criança? Nunca vi tanta besteira junta. O Brasil é um país que já não tem uma educação decente. O que dizer, então, da educação artística, que é praticamente inexistente nesse país. O que devia ser proibido pra criança é dança do créu, dança da bundinha.. E BLA BLA BLA”

    RENATA INGRATA (ADORO ESSE FUNK DO LATINO), SE VC TEM FILHOS, SOBRINHOS, ENFIM QUALQUER COISA MENOR QUE 1 METRO, LEVE PRA VER A LUANA PIOVANE EM ALICE NO PAIS DAS MARAVILHAS… UUM TESÃO ELA……….. QUE CONVERSINHA CHATA A SUA HEIN?

    Pacheco
    mi manchi!

    Ever
    adorei a alma de criancinha… vc é uma gracinha, daqui a pouco vou mandar um vídeo pra tua neguinha…

    bacio per tutti

  202. Luciana

    Estou lendo os comentários e não sei o que dizer ,tudo tão bonito.Coisas lindas de se ler e reler para sentir tudo o que pensam, as coisas engraçadas, os personagens ou não, tudo está fica vibrando dentro de mim.É bom conhecer as viagens que cada um forma dentro de si.Nesta época as pessoas ficam mais humanas, começam a olhar as outras pessoas com mais carinho, mais ternura….Quero ver depois do ano novo, em 2009, aí começa tudo de novo como sempre, não sei, que bom seria se fossemos assim todos os dias, assim ternos , fraternais com o mundo.

  203. Garganta

    Cara Luciana,

    “Estou lendo os comentários e não sei o que dizer ,tudo tão bonito.Coisas lindas de se ler e reler para sentir tudo o que pensam, as coisas engraçadas, os personagens ou não, tudo está fica vibrando dentro de mim.É bom conhecer as viagens que cada um forma dentro de si.” (Luciana)

    Concordo.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  204. Nina

    Ever

    pra tua neguinha

    Pacheco, musica boa pra vc tambem…

    bjs
    http://br.youtube.com/watch?v=qsTk2xp0nvY

  205. Sandra

    OBA!!!! Finalmente as crônicas voltarão!!!!!!

  206. Garganta

    Cara Luciana,

    Complementando meu comentário anterior: o mérito é do Gerald e Vampiro. Sem dúvida, cá é um espaço que os diálogos fluem leves e saltitantes. Refletem o espírito solto ( essa foi a palavra mais feia que eu encontrei) dos responsáveis. Estou emocionado, isso mexe com o meu eu, pára tudo.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  207. Nina

    Essa então eu AMOOOOOOOOOO!

    http://br.youtube.com/watch?v=CbuhKR8YXlk

    Pacheco e Ever… aproveitem….

  208. Sandra

    Já que não é permitido a um diretor teatral chorar, o que o Gerald deveria fazer numa entrevista ou em cena?
    a – dar uma aula de divisão de polinômios;
    b – explicar o funcionamento de um motor de quatro tempos;
    c – ler a lista telefônica de assinantes da cidade do Rio;
    d – todas as anteriores;

  209. Ronald

    GT.
    Acabei de ouvi esta música, e me lembrei dos teus textos.

    “Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.

    De vinho tinto de sangue.

    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.

    De vinho tinto de sangue.

    Como beber dessa bebida amarga?
    Tragar a dor, engolir a labuta .
    Mesmo calada a boca, resta o peito.
    Silêncio na cidade não se escuta.

    De que me vale ser filho da santa.
    Melhor seria ser filho da outra.
    Outra realidade menos morta.
    Tanta mentira, tanta força bruta.

    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.

    De vinho tinto de sangue.

    Como é difícil acordar calado..
    Se na calada da noite eu me dano.
    Quero lançar um grito desumano
    Que é uma maneira de ser escutado.

    Esse silêncio todo me atordoa.
    Atordoado eu permaneço atento.
    Na arquibancada pra qualquer momento.
    Ver emergir o monstro da lagoa.

    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.

    De vinho tinto de sangue.

    De muito gorda a porca já não anda.
    Cálice.
    De muito usada a faca já não corta
    Como é difícil pai abrir a porta.
    Cálice.
    Essa palavra presa na garganta.
    Esse pileque é Omérico no mundo.
    De que adianta ter boa vontade?
    Mesmo calado o peito, resta a cuca.
    Dos bêbados do centro da cidade

    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.
    Pai, afasta de mim esse cálice.

    De vinho tinto de sangue.

    Talvez o mundo não seja pequeno.
    Cálice.
    Nem seja a vida um fato consumado.
    Cálice , cálice.
    Quero inventr o meu próprio pecado.
    Cálice , cálice, cálice.
    Quero morrer do meu próprio veneno.
    Pai. cálice, cálice, cálice.
    Quero perder de vez tua cabeça.
    Cálice.
    Minha cabeça perder teu juízo.
    Cálice.
    Quero cheirar fumaça de oleo diesel.
    Cálice.
    Me embriagar até que alguém me esqueça.
    Cálice. ”

    Chico.

    abr.

  210. Ronald

    farrrtoouuuu digitarrrr o errrrrrrrreeeeeeeeee

  211. Nina (lontana...)

    se o choro é de verdade, se é ral água e sal
    que importância tem?

    o que importa Gessinger já disse, e Gerald traduz (como ninguém mais) o nada:

    “O que você não pode, eu não vou te pedir.
    O que você não quer, eu não quero insistir.
    Diga a verdade, doa a quem doer.
    Doe sangue e me dê seu telefone.
    Todos os dias eu venho ao mesmo lugar,
    Às vezes fica longe, impossível de encontrar
    Mas, quando o Bourbon é bom
    Toda noite é noite de luar.

    No táxi que me trouxe até aqui Willie Nelson me dava razão,
    As últimas do esporte, hora certa, crime e religião.
    Na verdade ‘nada’ é uma palavra esperando tradução”

    lindos sonhos!

  212. Sandra

    Pois é, Papai Noel. A Sandrinha disse que ela já estava crescendo, e que seus brinquedos fariam a alegria de outras crianças. Até o cobertorzinho de estimação dela ela doou. Ela adorou a historinha do pai e do menino, e concorda que o melhor presente é um dia em família. Se eu tivesse desistido de viver há dez anos, quando perdi minha primeira filha, não estaria hoje ouvindo coisas tão maravilhosas.

  213. Ronald

    Errata:
    De que me vale ser filho da Santa?

  214. Ronald

    17/12/2008 – 15:44
    O belo gesto de Daniel não merece manchete

    Os caros leitores deste Balaio certamente tomaram conhecimento do escândalo dos soldados do Exército e de voluntários que roubaram donativos enviados aos flagelados de Santa Catarina, já que toda a imprensa mancheteou e noticiou exaustivamente esta revoltante história. Muito justo.

    Agora, eu pergunto: quantos leitores tomaram conhecimento hoje do belo gesto de um flagelado, também de Santa Catarina, que devolveu os 20 mil reais encontrados num casaco que lhe foi doado?

    Eu mesmo, que leio vários jornais por dia e consumo notícias o tempo todo, por dever de ofício, só fiquei sabendo desta história agora à tarde ao ler os comentários dos leitores no post que escrevi ontem sobre o livro “Mordaça no Estadão”.

    O leitor Neskeens von Lyrics, um freguês aqui do Balaio, enviou comentário às 11h09 de hoje, reproduzindo nota divulgada pelo portal Globo.com, e só assim fiquei sabendo que Daniel Manoel da Silva, 58, morador de Ilhota, que perdeu sua casa na enchente, foi o autor do nobre gesto, que não mereceu as manchetes da nossa grande imprensa.

    Corri para procurar mais informações no jornal O Globo, mas só encontrei 11 linhas escondidas no meio de outra história, apenas um breve resumo da nota publicada no online da mesma empresa.

    Quem encontrou o dinheiro escondido na manga de um casaco de couro e pele foi uma neta de Daniel, de 5 anos. A primeira providência dele foi procurar o doador, um morador de Concórdia, para lhe devolver o dinheiro. O que Daniel falou deveria estar na primeira página de todos os jornais:

    “Se o dinheiro fosse entregue em minha mão, teria aceitado com certeza porque preciso. Mas é uma questão de criação, fui educado assim e estou com a minha consciência limpa”.

    Daniel recebeu R$ 1 mil pela sua honestidade, informou o portal.

    http://colunistas.ig.com.br/ricardokotscho/2008/12/17/o-belo-gesto-de-daniel-nao-merece-manchete/

  215. Nina

    ah…
    Papai Noel Pacheco, esqueci de dizer…..

    vou ganhar meu presente de Natal esse sábado!
    eba!
    vc existe!

    bj

  216. Garganta

    Cara Sandra,

    Apesar do “não permitido” ser por sua conta, eu fico com a opção “C” de cútis (ler a lista telefônica de assinantes da cidade do Rio). Imagine o Gerald falando mais ou menos assim para o jornalista emotivo: ” Esse é um momento quase bíblico, e eu só posso dar graças a Deus. Mas vamos parar aqui, por favor, porque eu tenho algo relevante a expor “.Daí, contrariando a todos que pensavam ser uma bíblia o grande livro que Gerald retiraria do bolso ( um bolsão), surge a lista telefônica carioca. E Gerald, primeiramente, lê os nomes cristãos mais eloqüentes(ele, o Gerald, malandramente selecionou antes): “Obama, Abel, Jesus, Maria, José, Jorge, Paulo, Tanaka, Kredson e continua até Zzedson”( Eu fui obrigado a escrever Tanaka e os seguintes para os cavaleiros obaMÍSTICOS não me acusarem de de de [ parafraseando o estilo do Gerald] de… deixa pra lá o que eu ia ia ia…).

    PS: Não fiquem chateados. O Edgar Allan Poe também já foi criticado por seus cacoetes, mas ele é gênio mesmo assim.

    PPS: Fiquem menos chateados ainda, porque os críticos de Poe tinham critérios melhores do que o meu.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  217. Isto aqui ta parecendo galinha da Angola.
    Ta fraco ta fraco
    Coitadinha da Renata, foi abatida a tiros.
    Sou faltou levar porradas do Papai Noel faixa preta.

    Isto aqui ta parecendo galinha da Angola.
    Ta fraco ta fraco
    Coitadinha da Renata, foi abatida a tiros.
    Sou faltou levar porradas do Papai Noel faixa preta.

    Oh Renatinha.

    Não chore ainda não, que eu tenho um violão
    E nós vamos cantar
    Felicidade aqui pode passar e ouvir
    E se ela for de samba há de querer ficar
    Seu padre toca o sino que é pra todo mundo saber
    Que a noite é criança, que o samba é menino
    Que a dor é tão velha que pode morrer
    Olê, olê, olê, olá

    Tem samba de sobra, quem sabe sambar
    Que entre na roda, que mostre o gingado
    Mas muito cuidado, não vale chorar

    Não chore ainda não, que eu tenho uma razão
    Pra você não chorar
    Amiga, me perdoa, se eu insisto à toa
    Mas a vida é boa para quem cantar
    Meu pinho, toca forte que é pra todo mundo acordar
    Não fale da vida, nem fale da morte
    Tem dó da menina, não deixa chorar
    Olê, olê, olê, olá

    Tem samba de sobra, quem sabe sambar
    Que entre na roda, que mostre o gingado
    Mas muito cuidado, não vale chorar

    Não chore ainda não, que eu tenho a impressão
    Que o samba vem aí
    É um samba tão imenso que eu às vezes penso
    Que o próprio tempo vai parar pra ouvir
    Luar, espere um pouco, que é pra o meu samba poder chegar
    Eu sei que o violão está fraco, está rouco
    Mas a minha voz não cansou de chamar
    Olê, olê, olê, olá

    Tem samba de sobra, ninguém quer sambar
    Não há mais quem cante, nem há mais lugar
    O sol chegou antes do samba chegar
    Quem passa nem liga, já vai trabalhar
    E você, minha amiga, já pode chorar

  218. Valéria

    fale do filme do Jagger e do jeito irish de ser!

    com café e tudo

    com o congo e o nada que a gente faz

  219. Valéria

    Gerald, vc tem sonhado?

  220. Valéria

    mantrini, eu li esta entrevista há tempos, espero que ela tenha afetado mais gente que cisma em invisibilizar as pessoas que andam nas ruas e que trabalham com elas, ou os porteiros, trocadores, servidores, garçons etc

  221. Hello, Mr. Thomaz!

    Considerei sua entrevista muito boa e o mérito, evidentemente, foi seu – a forma como se deixou conduzir e conduziu. Acredito
    que os dois jornalistas “amarelaram” (medraram) frente a você,
    num primeiro instante. Fato êsse rigorosamente “normal”, nessas circunstancias (com ou sem “ansiolítico” (rs)!!!).

    Afinal, não é todo mundo que “não treme na base” quando frente-a-frente com uma celebridade da sua grandeza. Não, não estou fazendo média (sendo demagoga)!

    Você é, queiram ou não, um “monstro sagrado” do Teatro e,
    convenhamos, qualquer jornalista que o entreviste estará, na realidade, testando o seu próprio nível cultural (o dêle, jornalista!)!

    Quanto ao “choro”, Mr. Thomaz …? Por que? Por que? Por que? rs

    … “Sublime, instintivo e grandioso é o ato de chorar! Emoções …”

    Emoções que … “podem ser”, inclusive , de raiva pela “ignorancia alheia”, não (rs)? Você chorou naturalmente, de “emoção boa” (vimos “ternura” nas suas lágrimas!) e é isso
    que basta – para você, principalmente. Ponto!!!

    Now, attention, please, ok?

    Caso o choro eventual passe a configurar “crises de choro sem motivo aparente” … procure imediatamente seu médico, sim?

    Pode ser “efeito colateral e/ou cumulativo” dos 2mg. de Rivotril que você ingere antes de “se recolher para dormir” (foi você mesmo que comentou êsse assunto, dias atrás (rs)!)

    Have a nice day day, Mr. Thomaz!!!
    Judia (Susan) – gostei disso! (rs)

    Ocorre que o “pessoal” das artes de modo geral é complicado
    no trato com jornalistas e repórteres por “n” motivos.

  222. Eu não concordo com pichação.
    É um extremo mau gosto, horrivel.
    Agora, comparar crime de suborno a policiais federais,
    filmado, gravado, documentado, com pichação de patrimônio
    publico como forma de protesto, vai ai uma distancia muito grande.
    Garganta, voce ta precisando de um Cepacol.

  223. Sandra.
    Sandra.

    Um pingo é uma letra. OBRIGADO.

    Lucio Junior.

    Leia o que a Sandra disse ao Papai Noel e procure entender porque eu sou o que o Targino Silva carinhosamente chamou de; O rei dos disfarces.

    A vida é bela. Pode até ser cor de rosa se assim a queremos ver.

    Quem sofreu entende a dor e se aproxima.

    Por isto tem dias nos quais alguns confundem e pensam que eu sou a Sandra e vice versa e também que ambos somos o Gerald e o Gerald pode ser nos dois.

    MAS NÃO NOTAM UMA DIFERENÇA!

    ENQUANTO EU E A Sandra FICAMOS ESCONDENDO NOSSAS ANGUSTIAS O Gerald VOMITA SUAS LEMBRANÇAS E AMARGURAS NUMA EXPLOSÃO TEATRAL DO ABSURDO. Retratando e mostrando os absurdos do absurdo. Ele é um artista.Eu e a Sandra somos platéia e aplaudimos.Porque….porque…bem porque.

    Cada macaco no seu galho fica. Esperando,buscando,esperando,não encontrando,passando o tempo. Passando o tempo e …e….esperando GODOT.

    A vale hoje em Minas gerais demitiu 1.500 chefes de família que ficarão esperando a marolinha do lula.

    Targino Silva e Everaldo;

    Lembram de quando eu falava do quarteto FCML. Parecia um absurdo não era?Agora eles não mais escondem. estão reunidos e abertamente pedem que os USA saiam e suspendam as restrições contra Fidel.Deram o pontapé inicial.A suposta autoridade fidel ita a fidel já se movimenta.Seria este o segredo do Everaldo.os comunistas vão querer tomar toda a América do Sul?Um Plano que é tão espetacular que só um anafa poderia ter este plano. Eles jamais poderiam esperar Godot conosco pois a espera de godot na realidade é a busca da liberdade.Pão sem liberdade mata.Bolsa família tira mais a liberdade,
    Abaixo as bolsas.
    Sapatos neles.
    Abaixo a mentira eViva a verdade.
    VIVA O BRASIL.

    Esta eu assino por mim.

    Obrigado.

    Jose Pacheco Filho

  224. Jose Pacheco Filho

    OBRIGADO POR INTERROMPER TUAS FÉRIAS.

    OBRIGADO.

  225. Rosana Wolfl

    Papai Noel, obrigada! entao vai lá: gostaria de ganhar saúde,saúde , saúde e amor para as pessoas que mais amo. Para o Gerald e todos do Blog, muita paz ,amor e sucesso! E tem um pedido especial que faco ,mas apenas no pensamento. Espero que o sr atenda!

    Froehliche Weihnachten!!

  226. Jose Pacheco Filho

    OBRIGADO POR INTERROMPER TUAS FÉRIAS.

    OBRIGADO.

    Detonei a Walt-checo.

    A coisa está ficando feia.
    O dragãose impacienta.
    Estão novamente reaparecendo.

    Estou pronto.

    Pacheco.

  227. Rosana Wolfl

    Gerald, todos da nossa família te admiramos e respeitamos muito , pela pessoa especial que és. E sempre vamos estar gratos pela sua generosidade! Um abraco!

    Ro e cia.

    e Papai Noel que pena que já sou “namorada imaginária do Weihnachtsmann” se nao ia me candidatar a vaga aqui no blog rsrs

  228. Júlia

    Sandra,
    Minha mãe veio na minha casa e começou a falar sobre armário. Aí lembrei de você falando de doação pro pessoal de SC e fiz uma limpa no meu armário, acho que metade do armário foi embora. Muitas roupas e sapatos fora de uso. E achei até um brinquedo. Parece óbvio, mas coisas fora de uso só ocupam espaço enquanto podem ser úteis pra outras pessoas.
    Depois de ser banida até por Papai Noel e me sentir um ser humano absolutamente dispensável, resolvi doar 50% das minhas roupas e sapatos e isso me fez um bem incrível, devo lhe dizer…
    Feliz Natal pra você e sua pequena.
    Júlia

  229. Sandra

    “obvio que comento o fomento do fermento de tudo aquilo que ainda nao foi digerido…”
    É por isso que não consegui imitar seu estilo!!!!

  230. Sandra

    Boa noite a todos!

  231. Dear Mr. Thomaz (já estou me sentindo “íntima” rs!)

    Ops! Esqueci-me!

    Você ama Wladimir Nabokov. Ama a coletanea “Nabokov’s butterflies”? Butterflies e sua simbologia do “ser” …

    Ama Nabokov; comentou muito ràpidamente sobre o “teatro infantil” e, por tabela, lembrei-me de “Alice no País das Maravilhas” (e “Alice no Espelho”) e o “ti-ti-ti” que envolve o pseudonimo Lewis Carroll … Matéria atualíssima êsse “ti-ti-ti”

    Ama Georges Bataille; Nietzsche e … hã … eu … eu …lá vai (rs):

    HEIDEGGER … “aquêle” que, se não me engano, pretendia encontrar os fundamentos mais profundos da subjetividade humana e … COMO É SER.

    E … minha pergunta que não quer calar, Mr. Thomaz e, se quiser, e puder, responda-“nos”, por favor:

    “COMO É SER”? SER UM SER? Como você “sente que é ser”?
    Putz! Tenho mania de dizer (rs) … “SER” HUMANO! Você “sacou”, né, minha pergunta “existencial”!

    Em tempo: Esqueça-se, por favor, daquele “fuxico” envolvendo Heidegger e Hitler.

    Bom dia para nós todos!
    Susan judia

  232. Antonio M

    Cristina,
    não existem perguntas tediosas, mas sim respostas tediosas, entrevistados tediosos, ou chatos, ou arrogantes….

  233. guta

    Só pra dar oi e dizer que adorei seus tapas. Todos.

  234. Antonio M

    Renata, 11:00hs
    concordo plenamente com o que você disse. Teatro é pra todos. Se teatro não é pra criança, livro também não é, educação sexual em escola também não pode. Aliás, se a maioria das pessoas frequentassem teatro desde crianças,hoje não teríamos tantos adultos nesse blog comentando sobre peças que nem sequer entendem. Uma verdadeira masturbação mental teatral narcisista pseudo intelectual.

  235. Cristina

    Os estrangeiros acham os brasileiros muito alegres, e como dizia Vinícius é melhor ser alegre do que triste. A temática do Bate Man é européia, não é brasileira, nós somos incapazes de iniciar guerras, na nossa história só a do Paraguai. Os jornais falam de desunião latino-americana. E o que pensar a respeito da desunião européia? Na Europa cada país fala uma língua completamente diferente do outro.
    Meu avô nasceu no Brasil e era filho de italianos, apesar de nunca ter conhecido a Itália se sentia mais italiano que brasileiro. Eu me lembro, quando criança havia espetáculos para jovens no teatro Municipal, eram os chamados “Concertos para Juventude”, e aconteciam apresentações de óperas, e meu avô me levava. Apesar de sempre ter sido do lema “vá ao teatro, mas não me leve junto”, eu gostava de ópera. Naquela época São Paulo não era uma cidade americana, como é hoje, era mais européia. O centro de São Paulo era bonito, os jardins bem cuidados, quando me lembro de São Paulo antiga me emociono, sinto vontade de chorar, Não há a destruição da guerra no Brasil, mas observamos uma incrível destruição ambiental, há cenários de guerra em São Paulo, números de guerra. Síndrome do pânico é uma doença comum, e esta guerra e pânico se espalham pelo Brasil, há uma guerra de brasileiros contra brasileiros.

  236. Cristina

    Antonio M, o Gerald não foi tedioso, nem chato e nem arrogante, se você estiver insinuando. Quando o repórter perguntou como se deu o encontro com o ator, a resposta do Gerald foi ótima. Em minha opinião o entrevistador viu muito teatro infantil quando criança, gostava de monstrinho, fantasminha, fadinha, de adulto que faz bilu bilu e fala que nem criancinha.

  237. Julia.

    Abrindo teu armário abriu teu coração.
    O brinquedo doado fará uma pequena feliz.
    Outro te será dado.
    Papai Noel é quem diz.
    Deus te dará saúde.
    Para que em certo momento.
    Ao teu armário retorne.
    Mais de cinqüenta por cento.
    .
    Não és banida de nada, sempre existe exceção.
    A quem afirma e diz.
    Ter aberto o coração.
    Certamente teu caminho.
    Agora terá mais luz.
    Julia teu grande presente.
    Foi doado ao menino Jesus.

    Sandra.

    Óbvio que não conseguiremos imitar o estilo do Gerald. Mas não custa tentar.
    Quem espera nunca alcança. Então pra que esperar?
    Um ping-pong gostoso. Vamos então sempre jogar.

    O Chefe fica sentado zapeando televisão.
    E a Sandrinha querida, fica fazendo lição.
    Os dois sabem que sempre.
    Moram no teu coração.

    Rosana Wolfl

    Ou Ro (se me permitires.).

    Namoro ist immer mögliches respektvolles virtuelles.
    I seiend großväterlich. E Sie meine Enkelin.
    Sie stimmen mir zu?

    Glückliches Weihnachten für Sie auch.
    IHR AUFTRAG, DEN SIE BALD EMPFANGEN

  238. Nina

    In speciale:

    Controllili un bacio grande
    La E una vota
    NATALE FELICE

  239. Targino Silva.

    O Pacheco pediu para que não tomes o mesmo feijão que toma o Everaldo.

    O Pacheco te admira.

    Em relação ao Everaldo.HoO HO HOPA.

    Até eu ando fugindo.

    Noel.

  240. everaldo

    Bom dia!!!
    Estou passando rápido, só para deixar isto, leiam e tirem suas próprias conclusões.
    Será que tem salvação?Marc Faber, emprsário americano, analista de investimentos, quando o Bush estudava a ajuda a economia, encerrava um boletim mensal, com o seguinte comentário, bem humorado se não fosse trágico:
    Se gastamos dinheiro no Wall-Mart, êle vai para a China.
    Se gastamos com gasolina ^le vai para os árabes.
    Se compramos um computador, o dinheiro vai para a Índia
    O México leva todo o nosso dinheiro que gastamos com frutas e vegetais
    Se compramos um bom carro êle vai para a Alemanhã
    Se compramos bugigangas êle vai para Tawan
    O único meio de mantermos a ajuda do Bush à américa, é gastá-la com prostitutas e cervejas, pois são os únicos bens que ainda produzimos aqui…estou fazendo a minha parte.
    Haja prostitutas e haja cervejas

    …digo eu : tem jeito não.

  241. everaldo

    …e…vem aí o crash da industria armamentista, pois não há mais onde se fazer guerras.

    …mais tarde eu volto.

  242. . Brincadeirinha gente.

    O Everaldo ainda pode imitar o Gabeira e tomar juízo.

    HoHoHo.

    Estou indo para a Bahia.

    Quando chegar a Belmonte aviso vocês.

    Deixo o meu trenó. Vou de carro. O Pacheco vai dirigindo.E com estas estradas estragadas que existem no Brasil,por causa do lula e mesmo por causa do lula ainda confio em Deus.
    E olha que ele prometeu que ia consertar tudo. Agora eu sei onde estava o monte de dinheiro que ele não tem usado.Estão dizendo que ele mandou emprestar para os que já tem continuarem a ter muito mais.
    -OK Pacheco eu vou parar de falar. Continue rezando senão eu saio agora mesmo deste carro.Já andei com você de navio.Você era um ótimo comandante.Será que é bom no volante.Se dirigir como o Gerald dirigia ambulância em Londres eu….nós…Vamos sifu!
    – Epa!Palavrão no meu carro negativo Noel.
    -Palavrão?Eu?Quando?Meu amigo se o presidente falou ta falado. É lamentável mas até as crianças já estão copiando.

    Hohoho.

    -PQP Noel. Acho melhor ires de trenó.Negrinha ajude o Noel a descer.Vamos embora que temos muitos buracos até nosso destino.Valha-nos Deus.Amem

  243. HOHOHO

    Pensam que eu desci?

    HOHOHO

    Estou no porta-malas.

    HOHOHO

    So long

  244. Biquei

    Kirk Douglas, rey de MySpace a los 92 años
    El legendario actor se ha convertido en el famoso más viejo con un nutridísimo blog en la red social

  245. Cristina

    Não dá para comparar pichações em estabelecimentos públicos com o Daniel Dantas. No filme que a polícia mandou para a TV, para manipular a opinião pública, supostos emissários de Daniel Dantas conversam com a polícia sobre um possível suborno não prova um suborno, especificamente, o homem isca da polícia estava agindo contra o regulamento. A prisão da pichadora não é injusta, ela é reincidente no crime de depredação de patrimônio público, se eu fosse juíza além de condenar o pichador a um mês de cadeia, faria com que ele pintasse a parede pichada.

  246. everaldo

    Nina!!!

    Votarei para ver os vídeos, mas…dado o seu bom gosto, sei que vou adorar.

    BOM DIA NININHA!!!

  247. Luciana

    Este clima de festa que antecede o natal e Ano Novo é muito envolvente.Não consigo escapar das vibrações coletivas que se irridiam dos espiritos no mundo inteiro.As pessoas ficam eufóricas, começam a viver exclusivamente para essas festas e, como estava dizendo no comentários anterior, todos ficam muito ternos.O Natal é uma festa mesmo muito mágica, suscita a criança em todos nós, faz todos viajarem sem precisar sair do lugar.É como me sinto, envolvida por uma energia muito refrescante , onde a razão adormece e assim fica até 2009.

  248. Glorinha

    Willie Clone,
    o lugar que não nos deixa somos nós mesmos…se lá estiver bem, talvez tudo fique mais cristal!
    []

  249. Glorinha

    Bom dia a todos!!!

    Vampirinho,
    vc está muito quietinho….não estou cobrando nada rs…só observo isso, mas se tudo estiver bem então tudo ok!!
    bom dia pra vc e sua metade polaca!

    o céu daqui continua…continuamente enigmático…
    [[]]

  250. Glorinha

    Gerald,
    bom dia!!! é certo que o espetáculo acontece e vc faz parte dele onde quer que esteja!
    [[]]

  251. Blognovela número 10: Ressurreição da Traveca

    A traveca da blognovela anterior de repente se levanta e acende uma cigarrilha. Gargãntua, comendo um frango inteiro, pergunta de boca cheia:

    Garg: vc nao tinha morrido?

    Pryscila Guzzy Muzzy: bicha nao morre, vira purpurina! Virei e-vangellis-ca!

    Garg: só não beije na boca NEM mostre a bundinha na padaria, hein, seria o CAOS! (Garg pega um caminhão e na carroceria estão Papai Noel jogando panfletos a favor do bloqueio a Cuba e panfletos da Midia sem Máscara, pessoas com chapéu panamá e outros da direita festiva. O caminhão bate e explode. Priscila deixa a Bíblia no chão, coloca as mãos na cintura e grita:

    Priscila Guzzy Muzzy: Jessuuuuus, você arrraassoouuu!

  252. Tene Cheba

    Todo mundo chora, eu não choro, de tanto me impedir minhas lágrimas secaram, mas sinto falta, sinto vontade, deste resumo da máxima emoção, daquilo que as palavras não conseguem exprimir, daquilo que esmaga o meu coração.Chorar é bom alivia, mas minha alma é seca, árida, estéril, sem paisagens, sem emoções.Chorar prá quê? Chorar para quem? Chorar não mudará o mundo, nem as pessoas, nem os genocidios, infanticidios, chorar não, ri sorrir, como as hienas, comer as merdas e ri sorrir como as hienas, chorar, não, não devemos chorar, devemos nos manter vivos, não devemos olhar nossas vizinhanças, adjacências, devemos passar rápido pelos colapsos que nos cercam, devemos chutar os baldes cheios de lágrimas, cheios de merdas, cheios de sangue, chorar para quê?

  253. mantrini

    Caríssimo Garganta,

    Acho que, agora, com sua tese de mestrado divulgada em jornal e tudo, ele esteja sendo bemmmm tratado.

    Hoje de manhã estava justamente pensando sobre esta tese e acho que ela tem seus poréns. Porém, seja meio verdade (kkkk), se um gari entra na entrega do Oscar ele será mais notado que a Gisele. Não é? Tudo uma questão de ponte da vista.

    bjs.

  254. Ronald

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/12/081215_pesquisador_cupulas.shtml

    “…o que vejo no momento, na América Latina, é uma corrida retórica. Diante de tantos problemas, o que se faz? Cria-se uma nova cúpula. As discussões não avançam e o resultado é… uma nova cúpula. É preciso repensar esses encontros, voltando-se mais à realidade dos fatos.”

    Este é o resultado do número de encontros de lideres latino americanos, falam, falam, falam, e não resolvem absolutamente NADA!

  255. Ronald

    Que maravilha, mais uns estúpidos para gastar nosso dinheiro.

    BRASÍLIA – O Senado aprovou na madrugada desta quinta-feira a proposta de emenda à Constituição (PEC) que aumentou em 7.343 o número de vereadores no país. Atualmente, o país tem 51.748 vereadores e, com a PEC, esse número passará para 59.791. Para aprová-la, os senadores fecharam acordo para cumprir em um só dia os prazos constitucionais de discussão da matéria e votação em dois turnos.

    Pela proposta aprovada, as faixas de gastos foram divididas em cinco, de acordo com a arrecadação. Os municípios com arrecadação de até R$ 30 milhões por ano podem gastar com os legislativos municipais até 4,5% da receita; arrecadação de R$ 30 milhões a R$ 70 milhões, gastos de até 3,75%; de R$ 70 milhões a R$ 120 milhões, gastos de até 3,5 %; de R$ 120 milhões a R$ 200 milhões, gastos de 2,75 %; e, acima de R$ 200 milhões, os gastos podem ser de até 2 % do orçamento.

  256. Biquei

    Como é possível perceber do texto abaixo, pouco importa que seja trabalhador ou empresário, enquanto não houver;

    Liberté, Égalité, Fraternité :
    http://WWW.lefigaro.com.La République discriminatoire,Par Yves Thréard.

    Sem hierarquia não vai funcionar, estaremos todos vivenciando anarquia de todos os dias?

    http://WWW.Elpais.com.
    Hace 30 años China imitó a Occidente. Con un éxito fuera de toda medida. Ahora es Occidente quien imita a China. De nuevo más Estado, economías intervenidas, obra pública a todo pasto y jornadas continuas para las impresoras de papel moneda. La única ideología es la práctica, como quería el pequeño timonel, aquel inteligente y astuto Deng Xiaoping que sedujo a Felipe González con una frase que se hizo célebre: “Qué más da que el gato sea negro o blanco, lo importante es que cace ratones”. Y a estas ideas salidas del crisol maoísta se atienen ahora los rectores de las economías mundiales.

  257. Ivo Veiga

    Bom dia a todos, como muitas pessoas poem aqui letras de músicas, eu também vou colocar uma que é conhecida por poucas pessoas, mas muito aprópriada para as novas que virão próximo ano:
    Música de T.de Magalhães
    Letra de Ten.Cel.Alberto Augusto Martins

    CANÇÃO DO EXÉRCITO

    NÓS SOMOS DA PÁTRIA A GUARDA FIEIS SOLDADOS POR ELA AMADO.
    NAS CORES DE NOSSA FARDA REBRILHA A GLÓRIA FULGE A VITÓRIA.
    EM NOSSO VALOR SE ENCERRA TÔDA A ESPERANÇA QUE UM POVO ALCANÇA.
    QUANDO ALTIVA FOR A TERRA REBRILHA A GLÓRIA FULGE A VITÓRIA.
    A PAZ QUEREMOS COM FERVOR A GUERRA SÓ NOS CAUSA DOR.
    PORÉM SE A PÁTRIA AMADA FOR UM DIA ULTRAJADA LUTAREMOS SEM TEMOR.
    COMO É SUBLIME SABER AMAR COM A ALMA ADORAR A TERRA
    ONDE SE NASCE.
    AMOR FEBRIL PELO BRASIL NO CORAÇÃO NOSSO QUE PASSE.
    E QUANDO A NAÇÃO QUERIDA FRENTE AO INIMIGO CORRER PERIGO.
    SE DERMOS POR ELA A VIDA REBRILHA A GLÓRIA FULGE A VITÓRIA.
    ASSIM AO BRASIL FAREMOS OFERTA IGUAL DE AMÔR FILIAL.
    E A TI PÁTRIA SALVAREMOS REBRILHA A GLÓRIA FULGE A VITÓRIA.

    Abraço a todos
    Ivo Veiga

  258. Paulo A

    Legal Gerald,

    mas o vídeo podia ser maior, não deu pra aprofundar nada.

    Pelos comentários pensei que você tinha ido realmente aos prantos, mas não foi bem assim.

    Quanto as crianças, já fui em teatros infantins e ri do início ao fim. Não vejo problemas em teatro infantil, acho melhor levar uma criança ao teatro do que ao cinema, pelo menos no teatro ela pode ver uma produção nacional.

    No cinema se não é xuxa ou trapalhões só tem filmes da Disney e genéricos.

    Quem idiotiza as crianças não é o teatro, são aquelas tias bigodudas que quando vêem uma criança ficam apertando a buchecha e falando: “Que gracinha. Gugu dadá. Como cresceu!”

    Agora, depois das peças malucas que você já fez, se vier com uma peça infantil vou ficar com MEDO.

    Imagina sua blognovela do cão beckett infantilzada? Três crianças de castigo com chapéu de burro no canto da sala e uma criança quer dar um tiro de revolver de chumbinho na cabeça, pois passa muito tempo brincando no lap top da xuxa.

  259. Ivo Veiga

    Pacheco, poem aí o Hino da Marinha, se quiserem tenho as letras e música de todos os hinos do Exército Brasileiro.
    Abraço
    Ivo

  260. Ivo Veiga

    O Exército é a mais antiga instituição da Nação, comemorou este ano 350 anos de vida ininterrupta e jamais perdeu uma guerra.
    Ivo Veiga

  261. Nespera

    Definitivamente, nossos parlamentares perderam de vez a decência e a vergonha na cara! Isto depois de perderem a noção de patriotismo e de respeito aos seus eleitores e contribuintes, que lhes pagam os polpudos salários e patrocinam a festança que fazem com o dinheiro público. Me consta que o TSE já havia definido o número de vereadores, acho que no ano passado. Essa decisão infame, tomada na calada da noite e às vésperas da entrada em recesso do judiciário, para não permitir recursos, tem a marca indelével da podridão que ha muito impera em nossas casas legislativas. Em plena crise, quando milhares de cidadãos, chefes de família, choram a perda dos seus empregos, essa corja, eleita para nos representar, nos apunhala pelas costas e nos mete a mão no bolso já vazio. Tivéssemos nós a capacidade de indignação e a atitude demonstradas pelo jornalista iraquiano que chutou o Bush, tomaríamos de assalto o congresso nacional e arremessaríamos nossos sapatos contra esses abutres, ou ratazanas, que se locomovem e se locupletam nessas casas mal cheirosas que deveriam legislar em benefício do povo. Morro de vergonha de ser brasileiro! E jamais voltarei a usar o meu título de eleitor para dar emprego e banquete a canalhas, se essa pouca-vergonha não for revogaga

  262. Glorinha

    Tene, quando se chora acho que se sabe o por que!
    [[]]

  263. Glorinha

    Ronald,
    é muito dinheiro…é muita gente que parece não ter noção do que basta, talvez não tenham sentido nenhum de nação….!
    []

  264. Glorinha

    Tene, as vezes demora…a lágrima… só não sai pelo cantinho do olho mas, está lá….
    []

  265. Garganta

    Caro Targino,

    “Eu não concordo com pichação.
    É um extremo mau gosto, horrivel.
    Agora, comparar crime de suborno a policiais federais,
    filmado, gravado, documentado, com pichação de patrimônio
    publico como forma de protesto, vai ai uma distancia muito grande.
    Garganta, voce ta precisando de um Cepacol.”( Targino)

    Cavalheiro Targino, eu concordo com você( menos a respeito do Cepacol) e por isso mesmo censurei a comparação feita pelo dito humanista. Mas protestar praticando um crime, que,no caso dela, foi destrutivo, ela tem que ser presa, sim( foi pega em flagrante). As provas gravadas, filmadas e documentadas contra Dantas, não caracterizam flagrante. Defendam uma reforma nas leis para torná-las mais eficazes e botar o banqueiro ( criminoso profissional) e a pichadora ( criminosa atrapalhada) presos.

    É aquele discurso clichê: “Coitado, ele roubou bolachinha do mercadinho e está preso”. Daí a bem da verdade é que o coitadinho era um varão de dezoito anos que colocou uma faca no pescoço de alguém para levar bolachas, e sem estar em estado de necessidade. Tem que prender mesmo. Eu realmente gostaria que esses preconceitos de coitadismo se recolhessem na imaginação de quem os têm. Carolina praticou um crime e teve seu castigo.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  266. Garganta

    Errata ( meu último comentário):

    de quem os tem, ou dos que os têm.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta

  267. Bom dia povo!!!!!!

    Olhem o que vai acontecer na Favorita, exatamente minha teoria, não existe mulher lesbica, existe mulher mal amada ou maltratada pela vida.

    Depois vcs ainda tem a petulancia de discordar do Collorido.

    Beijos

  268. gthomas

    DO BLOG DO CAETANO VILELA (linkado a esse aqui)

    Sempre tenho um embrulho no estômago quando vejo este tipo de ação. Embora não exista muros físicos (Palestina ou EUA os têm por exemplo sem obter muito sucesso) que barrem suas fronteiras aos estrangeiros a Espanha é extremamente rigorosa e antipática com os imigrantes, a clara noção de que o país é um ‘oásis latino’ de oportunidades está se desfazendo mês a mês com os altos índices de desemprego e inchaço no sistema previdenciário espanhol.

    O quê fazer? Ora, agilizar os processos de deportação e ao mesmo tempo com uma campanha politicamente correta pedir para que os ‘sangue-suga’ se mudem.
    Anúncios de ‘precisa-se’ cobriram os jornais espanhóis logo após o terrível atentado terrorista a um metrô em Madri, mais uma vez gente qualificada de outras plagas misturada a mão-de-obra barata dos peões do leste europeu se juntaram para fazer o ‘serviço sujo’.

    Com um ‘outdoor’ deste espalhado pelas imediações da Casa Branca (EUA) talvez seria menos constrangedor para qualquer presidente americano montar sua equipe, sempre haveria a sombra do “nós avisamos e estamos fazendo o possível” pelas cercanias.
    Gente importante dos governos Clinton (Zoe Bird, Procuradora Geral) e Bush (Linda Chavez, candidata a Pasta do Trabalho) tiveram uns ‘probleminhas’ quando veio a tona os ‘domésticos ilegais’ que prestavam serviços em vossas casas. Coisa pequena perto das babás dominicanas dos astros pops, encanadores cubanos de toda Miami, garçons brasileiros de meia NY, etc, etc, etc…

    Leia no “Viralata Reloaded” o post: “A Dissimulação Socialista (ou: O Pecado Capital):
    – Aquele eterno ‘problema’ getulista que amarrou todo o sistema trabalhista como um relógio atado numa bomba prestes a explodir em alguma década. E vamos combinar que com a soma de toda crise mundial este ‘tic-tac’ está cada vez mais ‘alto e presente’…
    POSTADO POR VIRALATA ÀS 21:28 1 COMENTÁRIOS SHARETHIS
    MARCADORES: IMIGRANTES ILEGAIS, IMPRENSA

  269. gthomas

    SOBRE O POST ACIMA

    DEIXEI VCS CURIOSOS DE PROPOSITO: DEEM UM PULO NO BLOG DELE, EH SO IR NA LISTA DE BLOGS DEBAIXO DA MINHA FOTO E CLICAR O NOME DELE.

  270. Ronald.

    Glorinha, é pior, é jogo de cena, teatro da pior qualidade.
    Não conseguem resolver o problema em uma favela, o que dizer de um continente.

  271. Sandra

    Pacheco, gelei.

  272. Sandra

    Targino, em minha cidade, muitas pessoas tinham a seguinte opinião: pega esses bandidões (ah, todo mundo sabia quem eram), tortura, espanca, faz eles confessarem e prende, pois os caras são malandros, e se deixar para a justiça, eles se safam.
    Você concorda com isso?
    Pois, se vale passar por cima da lei com Dantas, vale para todo mundo, não?

  273. Sandra

    Ronald, puxa… A história desse senhor que devolveu o dinheiro foi um presente de Natal para mim.

  274. Júlia

    Sobre teatro infantil:
    Aos 11 vi Caca Rosset e me encantei
    Aos 14 vi Antunes e quase dormi
    Aos 15 vi Zé Celso e me choquei com o sexo explicito
    Aos 16 vi Gerald Thomas e tive uma insônia que dura até hoje.

    Não me lembro de ser levada pra assistir teatro infantil muitas vezes. Mas é muito chato pra uma criança ser tratada como idiota. Agradeço aos meus pais por terem me levado a bons teatros.

    Bom dia todos e um beijo

    Júlia

    ps. Papai-checo obrigada por me aceitar novamente entre os seus! Boa viagem.

  275. Glorinha

    …ouvi no rádio ontem um estudo onde foi verificado que apenas 10% do que é terra nessa terra nossa…é ocupado pelo homem….
    se for verdade mesmo estamos trafegando nos 10% de terra de um globo e não fazemos isso de uma forma mais decente e humana!
    será que a palavra é: “vem” se é útil – “some” se não é mais necessário – “vou” por que não consigo viver nesse lugar…. ou “morre” ai mesmo onde está….,
    mas tá faltando uma palavra nesse vocabulário …”vida”…..qualidade de vida para as vidas todas….
    []

  276. Sandra

    Garganta, de fato, eu fiz uma generalização estatística, mas estou rindo até agora do seu comentário sobre o Gerald lendo a lista telefônica!!!

    Gerald, não fica bravo não…E se você espirrar, saúde!

  277. Sandra

    Júlia, é verdade. Isso faz muito bem à alma! Como disse à minha filha: no Natal, todo mundo é um pouco Papai Noel de todo mundo.

  278. Sandra

    Antonio M, se as crianças não assistirem a peças de boa qualidade, vão é ODIAR teatro.
    E a opinião de alguém de 30 anos de brilhante carreira deve ouvida, ou, pelo menos, contestada respeitosamente

  279. Sandra

    Volto mais tarde!

  280. 50 anos de terrorismo cubano
    No dia 01 de janeiro de 2009, a revolução cubana comemora seus 50 anos e entronização do ditador comunista Fidel Castro, o boçal comandante absoluto do poder sobre todos e tudo em Cuba, agora, utilizando-se do fantoche de seu irmão Raul Castro. O economista Armando M. Lago, presidente da Câmara Ibero-Americana de Comércio e consultor do Stanford Research Institute, fez um recenseamento das vítimas da ditadura castrista, desde 1959, e chegou a “extraordinários” números: opositores políticos fuzilados: 5.621; assassinados extrajudicialmente:1.163; presos políticos mortos nas prisões:1.081; guerrilheiros anticastristas mortos em combate:1.258; mortos ou desaparecidos em tentativas de fuga da ilha-prisão: 77.824. A “ditadura militar” brasileira, segundo fontes esquerdistas inconfiáveis, matou 300 pessoas. Caracterizando-se como uma insofismável “ditamole militar”, mesmo se comparada apenas com o número de opositores políticos fuzilados na perene ditadura militar cubana. Apesar da estarrecedora comprovação dessa brutal e permanente violência política em Cuba, esquerdopatas brasileiros liderados pelo mamulengo Lulla, e tipos como o ex-terrorista Paulo Vannuchi – Secretário de “Direitos Humanos?”, o aloprado Tarso Genro, a periculosa ex-guerrilheira Dilma Roussef, os ex-guerrilheiros treinados em Cuba José Genuíno e José Dirceu, o ex-seqüestrador Franklin Martins, dentre outros, ainda defendem hipocritamente e de público um ditador-assassino como Fidel Castro, exaltam seu terrorista regime político e comemoram o aniversário dessa terrível, desumana e criminosa ditadura comunista.

    Alaguem viu nos jornais de circulação nacional alguma materia sobre os 23 jornalistas presos em masmorras do carniceiro Raul Castro??

    ISTO É UMA VERGONHA!!!!!

  281. O MORDOMO FIEL:

    – Sr. Santana Filômeno Rodrigues … “serviu” rainhas, príncipes,
    ministros, etc… por 33 anos …

    Vi, muito ràpidamente, essa matéria e, nem sei bem explicar porque, mas fiquei com uma leve e desconfortável sensação
    de melancolia …

    Beijos!
    Susan judia

  282. Ronald.

    Um em cada três municípios brasileiros tinha mais da metade de sua população vivendo na pobreza absoluta em 2003. Na região Nordeste, que concentrava o maior número de cidades nessa situação, o índice era de 77%, mais do que o dobro da média nacional (32,6%). Os índices fazem parte do Mapa de Pobreza e Desigualdade, divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/12/18/nordeste+tem+771+dos+municipios+com+mais+de+50+de+pobres+3214892.html

  283. Ronald.

    Pra que servem as fábricas de armas?
    Quem disse que não estamos em guerra?
    Em 2007 foram 13.500 assassinatos.
    Paz????

  284. Ivo Veiga

    Caro Collorido, as pessoas que você cita, não são guerrilheiros, mas sim terroristas, os guerrilheiros utilizam táticas de combate que fogem dos padrões estabelecidos desde Klaunsenwitz e outros.Como por exemplo Ho Chi Min e Nguyen van Dyap que as utilizavam na libertação do Vietnam, tanto da França como dos USA, a esses as forças armadas do mundo todo respeitam, agora terrorismo é outra coisa, essas pessoas que tu citas LUTAVAM CONTRA QUAL PAÍS INVASOR?
    Abraço
    Ivo

  285. Ivo Veiga

    Caro Collorido, como exemplo o próprio Exército Brasileiro, pratica principalmente na região Amazônica táticas de guerrilha, pois o combate em selva difere muito dos demais, assim o exercito se prepara para uma eventual luta de guerrilha(conheça teu inimigo), mas terrorismo práticado por essas pessoas, é comparável ao 11 de Setembro, Madri e Londres e isso é intolerável.
    Abraço
    Ivo

  286. Garganta

    Cara Sandra,

    Fiquei feliz que tive a prova de que alguém se divertiu com o meu comentário. Obrigado.

    Eu vou fazer uma breve análise do psicológico do Gerald ( análise séria), apesar de eu não ser psicólogo ( apesar também de que eu sou melhor do que muitos por ai): o Gerald — no meu entender– é muito emotivo ( não me recriminem: pessoa que sente as coisas e se emociona) e em razão disso apresenta sintomas de desilusão com o mundo( pessoas infelizes, incompletas e etc. que ele percebe). Para combater essa desilusão, o senhor Gerald — por vezes ( nem sempre)– inclina-se para vestir as desgraças humanas com um manto de felicidade e esperança. Este manto fantasioso, Gerald faz questão de acreditar que é real ( pelo menos no caso Obama, eu pude perceber). Eu, se fosse conselheiro, diria assim para o Gerald: “Amigo, o mundo não é completamente horrível. Não critique seriamente ele, impondo esperanças e felicidades imaginárias. Aceite o mundo como ele é: injusto, caótico, desarmônico, sem finalidade; mas cheio de vida. “. A panacéia para o Gerald seria–exatamente– o que ele faz: observa, produz, escreve,vive intensamente( que palavrinha clichê e malcriada). Em suma, um homem criativo e ativo ( que cacofonia, Jesus!). Porém isso tudo tão-somente no meu entender.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  287. Ronald.

    Certo dia um tal índio pentelho ficou falando besteira.

    Dito por quem vive lá.

  288. Garganta

    Caro Lúcio Jr (9:28),

    Eu li só a última blognovela ( ou só teve uma mesmo) em que eu participo. Confesso: estava engraçada. Eu, no seu texto, sou um sujeito rigorosamente de direita e conservador ( reacionário, na verdade). Vá lá: eu não sou revolucionário; mas dependendo do critério, se for um de extrema esquerda, eu fico que nem um cristão ultraconservador.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  289. Taí, pesssoal, boa ideia, infantilizar a blognovela.

    Quando o Cão Kepler estivesse cagando, o discurso ia ser assim:

    Eu tõ fazendo cocô mas tá errado, né criançada? Vcs tem que fazer cocô na fraldinha. Se o cachorrinho de vcs cagar na rua, levem uma pazinha. Se cagarem na fraldinha, avisem a mamae ou tirem embrulhem e mandem pro papai noel,né? Sejam educadinhos, crianças, o cocô não é para comer!

  290. Garganta

    Cara ( pela delicadeza do texto)mantrini,

    Certamente um gari( sem o vestido a caráter), na entrega do Oscar, é mais candente. Assim como a Gisele num mundo desarmônico que nem o nosso, é deveras chamativa.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  291. Outra: a pergunta que o Renato fez é uma pergunta que deveríamos NUNCA PERGUNTAR AO GT. Façamos a lista de outras:

    1– vc montaria (no bom sentido) Suassuna?

    2–escreveria uma novela das 8?

    3–vc é um grande diretor. E ator? Vc dá para ator?

    4–Vc acha o teatro do Beckett um absurdo?

    5–dirigiria uma peça a quatro mãos com Barbara Heliodora e estrelada por Felipe Hirsch?

    6–Luiz Damasceno é o Vamp do seu blog?

  292. Ronald

    Estamos em 70, obaaaaaaa.

    Brasil cai para 70º lugar no ranking do IDH; veja lista de países

    PUBLICIDADE

    da Folha Online
    O Brasil entrou pela primeira vez no grupo de países considerados de alto desenvolvimento humano. O Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) divulgou nesta terça-feira relatório que mostra que o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) brasileiro alcançou 0,800 –em uma escala de 0 a 1–, o que é considerado alto.

    Apesar disso, o país caiu uma posição no ranking do IDH, passando de 69º para 70º. O índice divulgado hoje leva em consideração dados de 2005. No relatório do ano passado, de 2004, o IDH do Brasil foi de 0,792.

    Em 2005, a Albânia e a Arábia Saudita ultrapassaram o Brasil no ranking do IDH, ocupando agora a 68ª e a 61ª posição respectivamente. O Brasil, em compensação, ficou à frente da Dominica (71ª posição).

    Países vizinhos do Brasil, porém, estão em melhor posição, como a Argentina (38ª), Chile (40ª) e Uruguai (46ª). A Islândia ocupa a primeira posição, com IDH de 0,968, seguida por Noruega, Austrália, Canadá e Irlanda. Em último lugar (177ª posição), com IDH de 0,336, está Serra Leoa. Veja abaixo o ranking do IDH:

    leia mais:

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u348899.shtml

  293. O Vampiro de Curitiba

    Pessoal, tem texto novo lá em cima. E uma fotografia inacreditável!!!

  294. Garg; tudo bem, mas quem aqui faz política partidária? (GT, já vi o post, logo comentarei)

    O Renato não estava com tesão nessa entrevista. Estava com medo do antropófago Gerald Thomas: pode-se perder um braço ou perna ou partes delicadas entrevistando-os.

  295. Rosana Wolfl

    Para o Papai Noel:

    Concordo plenamente Papai Noel e obrigada pelos seus mais sinceros desejos. So podia vir de um bom velhinho. rsrs

  296. Contrera

    um exagero, laconicamente digo que é um exagero. mas como nada prova nada…

  297. gereba

    everaldo 8:06

    faltou dizer:

    Pesquisa recente descobriu que a grande maioria das mulheres americanas, preferem a internet ao sexo.

    …com aquelas prostitutas branquelas, desbundadas, ruins de coma, e ainda na quela hora consultando os e-meils,…tão SIFÚ.

  298. Garganta

    Caro Lúcio Jr.,

    Não entendi se você insinuou que eu faço política partidária. Mas de todo o modo, digo que o meu partido sou eu. Portanto, os partidos, principalmente o PT e outros, que flertam com ilusões revolucionárias eu costumo desprezar.

    PS: A bem da verdade só o jornalista na hora da entrevista é que pode saber de seu tesão ou não.

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  299. Sandra..
    A pichação é um problema social.
    Indivíduos com desvios de conduta tentam agredir a sociedade
    de alguma forma se rebela contra ela..
    Ele é potencialmente menos perigoso que um motorista bêbado
    que atropela e mata, menos danoso a sociedade que um
    banqueiro que corrompe e desmoraliza a autoridade publica.
    Não se trata de defesa, trata-se de atenuar a pena, adequar a
    pena ao delito.
    Garganta. Quem rouba para comer tem um tratamento diferenciado.

  300. Oi, GT e pessoal. Por falar em Varginha, esse repórter da GNT, o Renato, é mineiro?

    Eis um sonho que Adorno teve já no exílio em Los Angeles, no dia 14 de julho de 1945:

    Cena de execução. Não ficou claro se as vítimas eram fascistas ou antifascistas. De qualquer modo, era uma multidão de jovens nus e atléticos. Mas tinham a aparência de suas próprias estátuas de bronze: verde-metálicos. A execução transcorria como uma operação “self-service”. Todos subiam na guilhotina automática, sem nenhuma ordem visível, e saíam de lá sem a cabeça, cambaleando por alguns passos, e em seguida caíam mortos. Lembro de uma pessoa mais jovem, um menino, que como por brincadeira empurrou os outros para adiantar-se à entrada da guilhotina, furando a fila e tomando o lugar de um homem mais velho, como se estivesse desejoso de ser guilhotinado primeiro. Observei os movimentos dos homens sem cabeça e pensei que eu deveria descobrir se eles ainda estavam conscientes e se, como parecia ser o caso, eles tomavam cuidado para não cair uns em cima dos outros. Olhei atentamente um jovem. Depois de alguns passos ele ficou plantando bananeira várias vezes, como se estivesse praticando saltos, e então caiu em cima de outro cadáver. Tudo sem uma única palavra ou som. Assisti à cena sem nenhuma emoção, mas acordei com ereção. (Eles iam para a guilhotina um depois do outro, como se estivessem num treino. De fato, minha impressão era a de um exercício de ginástica).

  301. Antonio M

    Ivo Veiga
    “O Exército é a mais antiga instituição da Nação, comemorou este ano 350 anos de vida ininterrupta e jamais perdeu uma guerra.”
    Uau!!!!Que guerra? O massacre do Paraguai? O massacre de Canudos?Como? Onde?
    Há soldados armados
    Amados ou não
    Quase todos perdidos
    De armas na mão
    Nos quartéis lhes ensinam
    Uma antiga lição:
    De morrer pela pátria
    E viver sem razão… G.Vandré

  302. gthomas

    O CIRCO DE RINS E FIGADOS (que escrevi e dirigi pro Nanini) ja se encontra disponivel na INTEGRA aqui no IG

    http://tvig.ig.com.br/Templates/Player.aspx?id=60833&video=gerald-thomas-um-circo-de-rins-e-figados-parte-1-

  303. gthomas

    A partir desse endereco postado acima, o resto das pecas aparecem listadas abaixo…..

    OBRIGADO Caio, Caique e o resto do pessoal

  304. Tive a oportunidade de ver a magnífica atuação de Marco Nanini nesta peça, que assisti em 2005 no Teatro Villa Lobos (RJ) e fiquei muito feliz de revê-la agora novamente.

    Parabéns, Gerald Thomas!

  305. Pude ver esta peça de Gerald Thomas no RJ em 2005 e gostei muito. Foi bom ter revisto alguns momentos agora.

  306. Renata

    Sandra, você tem direito à sua opinião – concordo, às vezes a criança escolhe a dança do créu porque acha legal mesmo. O que eu defendo, e que você não entendeu, é que as crianças precisam ter OPÇÃO. E quem não curte dança do créu não é ALIENADO, apenas tem direito de não curtir. Eu, particularmente, acho o créu ESCROTO. E esse mundo do qual você tanto debocha, o das ‘fadinhas, monstrinhos’ e sei lá o quê, eu SEMPRE achei absolutamente FASCINANTE. O que eu acho é que a criança (ou o adolescente, ou até mesmo o adulto) têm que ter oportunidade de CONHECER uma coisa, de ter contato com ela, pra só DEPOIS decidir se gosta ou não, se é IDIOTA ou não. E tem outra: o teatro infantil ao qual eu me refiro é o teatro infantil de QUALIDADE, porque o que é de qualidade FICA, ao contrário de certas coisas que são só modinhas passageiras. Acho SENSACIONAL que as crianças tenham a chance de escrever, criar e encenar suas próprias peças na escola. Como apaixonada por arte desde muito criança, defendo que a educação no Brasil (uma das piores do mundo) deveria ser melhorada. Não é proibindo o créu que se faz isso, e sim, dando opção para as crianças. ‘Gênio’ ou não, concordo com ele que o que se faz atualmente no Brasil para crianças é forçado e muito ruim. Mas continuo achando que proibir as crianças de pensar e criar, isso sim, é IDIOTA.

  307. Renata

    Ser famoso não significa nada. O que mais tem na mídia é gente medíocre e famosa. Tem muito FAMOSO e pouco ARTISTA.

  308. Renata

    E pra quem mandou a música, obrigada. Ela é linda. Adoro mesmo. Coisa boa é eterna.

  309. Angela

    Esse reporter tambêm fez umas perguntas tao idiotas que eu responderia com grosseria. O Gerald foi até educado com ele. Primeiro que é irritante a bajulação dele para com o Gerald.

    Teatro infantil não existe. Aquilo que chamam de teatro infantil devia receber outra denominação.

    Abraços

  310. Renata

    Quem acha que TODA dramaturgia produzida para crianças é imbecilizante deveria ver os programas infantis da TV Cultura. Quem é ‘realmente do meio teatral’ reconhece a qualidade que os programas infantis da TV Cultura têm, e respeita, mesmo que não goste. Embora eu não concorde com a opinião de algumas pessoas aqui, eu defendo a liberdade de expressão, portanto não vou fazer guerra com ninguém. Não é esse o meu objetivo. Acho legal ter gente que discorde do que eu escrevo, pois se todos pensassem de forma idêntica, o mundo seria um SACO.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s