O Círculo se Fecha!

Voltar para casa é sempre um alívio. Digo isso a cada 3 semanas e chamo Nova York de “casa” (e sempre foi),  assim como chamo Londres de “casa”, assim como chamarei, logo,  logo,  um assento numa canoa, fugindo de um furacão, de “casa” (Aliás, obrigado, supervisor de vôo da “JAL”, pela troca de assentos na última hora). Para vocês que voam de “TAM” e não sabem o que é cortesia, experimentem voar pela “JAL” (não, isso não é jabá, pago full fare em business, mas agradeço gentileza e ataco os rudes, os brutamontes do ar quando merecem ser atacados.)

Olhando fotos dos retirantes de Louisianna, esses seres que escaparam do Gustav e que escaparão de vários outros desastres naturais e artificiais, como guerras, insurgências, minha mente atravessa vários emails não respondidos aqui no computer e a geladeira sobrecarregada de produtos orgânicos da WholeFoods… mas por que digo isso? Ah sim, ainda me fixo no artigo dos Caretas! Cidades caretas, cidades JOVENS, dominadas por jovens e com JOVENS saindo pelos poros da imaginação!

Esqueçam os autores MORTOS!

ESTAMOS VIVOS.

Não custa esquecer um pouco, por um tempo (digo, um respiro) os “CRÁSSICOS”! Estão nos levando a Ground Zero! Se formos investigar ou querer investigar o CÍRCULO das coisas semi-vivas, saibam que existe em MUNIQUE um dos mais belos ambientes do mundo, digo isso porque VIVO LÁ: a GLYPTOTHEK (entrem no Google e descubram, que não aguento mais descrever essa maravilha semi-morta, greco-romana)

Esquece! Esquece!  Passei minha vida inteira  tentando comparar culturas, tentando explicar uma cultura para outra, tentando explicar para os meus tios que no Rio não tem elefante andando na rua. E riem. Tento, até hoje, dizer que em NY se anda tranqüilamente às 4 da madrugada sem olhar para trás de MEDO e… riem!

O círculo se fecha!

Guerras entre críticos e músicos e artistas de palco ou de telas penduradas em museus.

Tudo muito triste, mas a verdade é que o círculo se fecha e o mundo responde via Blogs.

Saudades imensas de pessoas como João Candido de Galvão. Meio pé-na-merda, meio pé-na-imprensa. Mas sabia das coisas. Era relacionado a Oswald de Andrade, não sei bem como.

A última vez em que nos vimos foi no aeroporto “Charles De Gaulle” (acho). Me contou que havia sido assaltado na Ipiranga com São João. Já estava bem fraco do coração. Nós nos amávamos. Era um amante da obra de Robert (Bob) Wilson e falava dele com paixão. Paixão que poucos possuem quando falam de arte hoje.

Por que a arte hoje não é discutida com paixão mesmo quando se discute o iluminismo ou, digamos, os impressionistas? Estranho! Não sinto paixão por Jackson Pollock. Tenho um amor frio por ele. Tá certo! Mas tenho uma paixão FORTÍSSIMA pela obra de Duchamp e pela obra de Steinberg e a de Francis Bacon e Vik Muniz (que encontrei ontem vindo pra cá).

Digo, morro de paixão por Pina Bausch, e João Candido sabia corresponder essa paixão quando fez a crítica de “Quatro vezes Beckett” – em 1985 – no “teatro dos 4”, no Rio. Também soube meter o pau em “Carmem Com Filtro”, obra ruim, que construí pro Fagundes em Sampa, em 86. Mas fiquei quieto.

Tem artista que esperneia até hoje: sim, mandei a Bárbara Heliodora morrer. Mas isso é um capítulo à parte: ela queria que eu morresse, que meu teatro morresse e atacaou a Nanda. Eu simplesmente fechei o ciclo. Anos depois, digo, hoje, outro círculo se abriu. Dona Bárbara e eu nos damos bem. Ela gosta ou desgosta de alguma obra minha, mas ela dá de DEZ a ZERO em Ben Brantley ou no Christopher Isherwood, ambos do New York Times (nova velha geração), os pré-pretensiosios que chegaram há alguns anos quando Frank Rich e Mel Gussow saíram.

Ah, a crítica! Não vivemos com ela. Não vivemos sem ela.

O que dizer de tantos novos atores e atrizes de hoje? Não se pode mais MASTIGAR em público, digo, mastigar mesmo (boca entreaberta ou não), como num desses “FREVINHOS” da vida (restaurante na Oscar Freire que deveria ensinar aos russos e polononeses como se fazer um bom strogonoff). “Ai, que nojo, Gerald!”  Zé Celso está de parabéns por ter RESISTIDO à caretice dos tempos. (Te admiro Zé, e você nem sabe o quanto!)

“NOJO”?

Artista de teatro sente “nojo”?

Caramba! Eu não sabia disso, com 30 anos ou mais de teatro, se levando em conta “Verbenas de Seda”.

Um pé na merda e outro outro na lama” – dizia Grotowski. Frase inesquecível para uma cultura inesquecível. Sim, cheguei em casa.  E, ao ler o Times, leio as páginas de cultura que há anos não saem do mesmo tema: parecem até terem entrado no próprio labirinto metalingüístico da mesmice e da loucura: ELSINOR!

Palavras, palavras, palavras!

Fecharam o círculo.

Só dá peça de Shakespeare ou peça de Beckett!

Parece até que Hamlet fará o “Krapp’s Last Tape”. Haja “Quantum Leap” pra tantum, digo, pra tanto!

Não podemos ficar falando ou repetindo e repetindo momentos da cultura do passado! Não podemos. TEMOS que FALAR pra FRENTE, custe o que custar.

Aqui na parede, enquanto eu escrevo, de vez em quando eu levanto os olhos e dou de cara com fotos num painel avacalhado: Beckett e eu; Julian Beck e eu; eu espremido entre Haroldo e Augusto de Campos. Deus do Céu! Quase toquei nas mãos de Joyce. Eu disse “quase”.

Estou fechando o meu círculo.

Custe o que custar!

Gerald Thomas

NY, 2 September 2008

PS: a “CLARO” boicotou meus recados e minhas ligações durante minha estada no BR. Três delas foram pro Alberto GUZIK, ex-crítico , futuro “UM CRÍTICO”, sempre um tremendo apaixonado.

EXTRA EXTRA

BUSH NÃO FALA DIRETAMENTE À CONVENÇÃO REPUBLICANA!

FALA RAPIDAMENTE VIA SATÉLITE: razão indireta = hurricane Gustav (que já passou, hoje, terça).

Razão real: a BAIXÍSSIMA popularidade de Bush!

 

(Vamp na edição)

Comentário belíssimo de:

Enviado por: Tene ChebaCiclos, uma possante palavra, ciclos existenciais, das estações, ciclo sexual, das chuvas, da neve, do amor, da dor.O ciclo é foda, quando não está em pi, está em e, ou o número Euler, dá no mesmo, só para esclarecer. A vida, a morte, a desesperança, o futum, o bode que não sai da sala, teima em ficar.O Artista é dono de um ego compelxo, anormal, ele não entende o seu público, odeia esta dependência, seu maior pavor é saber que sua arte será impiedosamente julgada, por anônimos, esta ansiedade danifica sua existência, o gozo nunca vem.Ser Crítico, o perfeito embasamento para não se acreditar em Deus, ninguém merece, nem eles, coitados, o destino furioso não lhe concedeu o talento, apenas o poder platônico de amar os filhos dos outros, uma paulada que dói.Mas tem o povo, incapaz de captar uma Tela, de entender um texto, de abstrair o feio, o belo e o trágico, não existe competência na fome, não existe arte na fissura, nas dívidas, no ônibus, nas quatro horas de viagem, entretanto amam seus escolhidos, seus eleitos. O meu círculo está em pi sobre quatro, faltam ainda três pi sobre quatro para ele se fechar.Um gênio não deveria perder o seu sentido, não deveria acumular, apenas fluir, chorar, ri, mas nunca se ausentar.Nova York-São Paulo, ou, excessivos contrastes perturbam.Melhor comer uma maçã.

e de…

Enviado por: ManuEles pairam sobre nós, vivos ou mortos, sempre nos acompanham e permanecem vivos no mais profundo mistério de nossas mentes, não blasfeme, não chore, ilumine-se com a palavra que está em tua boca, que está em nós, que está em tua morada, que está na tua mãe, no teu pai, no teu filho , na tua amada, no teu céu , no teu quarto escuro, na tua janela aberta, no ar que você respira, não pare nunca de dizer a palavra que nos redimirá de nossos erros, de nossos fantasmas, de nossos desejos, de tudo que não é, de tudo que é e será, de tudo que não faz sentido, de tudo que deve morrer, de tudo que deve viver, de tudo que deve florecer nesta estação.

do Mau Fonseca

Enviado por: MauBEETHOVEN quando terminou a NONA teve de escutar os criticos alemães falarem que sua Nona era uma BOSTA.

Ainda bem que ele ja estava totalmente surdo.

114 Comments

Filed under artigos

114 responses to “O Círculo se Fecha!

  1. Adilson

    Palavras…palavra…palavr…palav…pala..pal…pa…p…concordo…o círculo vai fechar…e nem me fale em “depende de nós”…

  2. ana

    NY te faz bem.

  3. gthomas

    Vamp: obrigadissimo e sorry pelo sufoco (de nao avisar a tempo, etc etc etc…no meio da tua emocao ai) (eu tenho que morder a lingua pra nao falar mas os olhos enchem de lagrimas.

    Vamp: thanks
    LOVE
    G

  4. gthomas

    Ana Peluso: incrivel que mais uma vez nos nao tenhamos conseguido……

  5. Qual obra de Francis bacon você aprecia? É verdade que ele é considerado o pai da ciência moderna?
    Eu gosto mesmo é de “Crássicos” como Ésquilo e Sófocles… viva a tragédia Grega…
    As vezes sinto que nossa tragédia não é tragédia, é falta de assunto!!!
    Um abraço!

    Musfil

  6. Manu

    No momento estou lendo algo sobre M.Duchamp………….

  7. Manu

    M.Duchamp quebrou o encanto……………..ou nos colocou diante de um abismo eterno , onde temos que mergulhar e nos perder diante de tudo o que se fez e o que se fará ; ou então virarmos estátuas , amendrontados diante do que talvez não terá fim.

  8. gthomas

    Duchamp nos deixou orfaos da era da INOCENCIA (descam um pouco aqui no blog e leiam o artigo sobre a retrospectiva que saiu na Folha dia 3 do mes passado)

    Francis Bacon, o pintor, trouxe a figura humana distorcida de volta de forma palpavel, assim como Moises – no alto do monte Sinai nao imaginava o inimaginavel
    LOVE
    G

  9. Tene Cheba

    Ciclos, uma possante palavra, ciclos existenciais, das estações, ciclo sexual, das chuvas, da neve, do amor, da dor.O ciclo é foda, quando não está em pi, está em e, ou o número Euler, dá no mesmo, só para esclarecer. A vida, a morte, a desesperança, o futum, o bode que não sai da sala, teima em ficar.O Artista é dono de um ego compelxo, anormal, ele não entende o seu público, odeia esta dependência, seu maior pavor é saber que sua arte será impiedosamente julgada, por anônimos, esta ansiedade danifica sua existência, o gozo nunca vem.Ser Crítico, o perfeito embasamento para não se acreditar em Deus, ninguém merece, nem eles, coitados, o destino furioso não lhe concedeu o talento, apenas o poder platônico de amar os filhos dos outros, uma paulada que dói.Mas tem o povo, incapaz de captar uma Tela, de entender um texto, de abstrair o feio, o belo e o trágico, não existe competência na fome, não existe arte na fissura, nas dívidas, no ônibus, nas quatro horas de viagem, entretanto amam seus escolhidos, seus eleitos. O meu círculo está em pi sobre quatro, faltam ainda três pi sobre quatro para ele se fechar.Um gênio não deveria perder o seu sentido, não deveria acumular, apenas fluir, chorar, ri, mas nunca se ausentar.Nova York-São Paulo, ou, excessivos contrastes perturbam.Melhor comer uma maçã.

  10. Manu

    Estamos hipnotizados

  11. O Vampiro de Curitiba

    Tá bom, Gerald, vou contar meu segredo: O mundo ganhou mais uma Vampirinha! Não, não é minha filha, não. É minha neta. Sim, isso mesmo! Ainda vou completar 40 anos e já sou avô. Pessoal precoce, né?
    Ainda estou assimilando a idéia. Mas se tem a ver com VIDA, acho ótimo.
    Não vou dizer que a Helena tem a cara do vô, ninguém acreditaria, mas é incrível a semelhança!! Claro, só poderia ser LINDA!!!

  12. O Vampiro de Curitiba

    E esse lance de ciclos e de círculos tem tudo a ver com o momento que estou vivendo! Tudo a ver!

  13. O Vampiro de Curitiba

    Grande Tene!
    O Tene tá inspiradíssimo hoje!
    Dá-lhe, Tene!!!!

  14. O Vampiro de Curitiba

    Até a Ana apareceu!
    Ana, estou com saudades de você, viu?

  15. O Vampiro de Curitiba

    Gerald, não sei se é impressão minha, mas quando você sai do Brasil você fica outra pessoa. O Brasil não te faz bem, definitivamente.

  16. gthomas

    Vamp: Caramba! To chocado que voce usou TODAS as palavras e nao usou metaforas> que orgulho!!!! EMOCIONANTE cara!

    P A R A B E N S !!!!!!

    Agora, modestamente, na Blogosfera, eu fui o primeiro a ficar sabendo!!!!!

    Mais uma vez: parabens meu queridissimo!

    Enche ela de beijos por mim
    LOVE
    G

  17. gthomas

    Tene: tao belo comentario que nao consigo te responder na hora!
    melhor mesmo eh levar teu comentario e cola-lo no corpo do blog
    LOVE
    G

  18. O Vampiro de Curitiba

    Obrigado, Gerald!
    É neta, se fosse filha, você seria o padrinho!
    Só isso que tenho a lhe dizer.

  19. gthomas

    Vamp: mesmo a distancia e mesmo nao sendo filha direta, considero-me padrinho!
    A Godfather
    lendo teu comentario pra Ana me senti mal.
    queria ter dito o mesmo
    Ana, estou com SAUDADES mulher!
    me escreve
    vamos voltar ao Normal!
    LOVE
    G

  20. O Vampiro de Curitiba

    Sobre o assunto do post, ainda estou pensando.
    Mas uma frase do Gerald, para mim, foi essencial:
    “Não podemos ficar falando ou repetindo e repetindo momentos da cultura do passado! Não podemos. TEMOS que FALAR pra FRENTE, custe o que custar.”

  21. Tene Cheba

    Parabéns Meu Camarada, você, que é sangue bom, tem mesmo é que proliferar. Muita curtição para vocês, a Gatinha merece. Helena, um lindo nome.

  22. O Vampiro de Curitiba

    Outra:

    “Esqueçam os autores MORTOS!

    ESTAMOS VIVOS.”

    Mais direto e objetivo, impossível!

  23. Tene Cheba

    Gerald Thomas, você é um Cara Bom, gosto de você degraça, pode crer que eu desejo toda a sorte do mundo para você, de coração, você é um Notável Ser Humano. Você, apenas você.

  24. O Vampiro de Curitiba

    Obrigado, Tene Cheba!
    Pode deixar que proliferar é com a gente mesmo!

  25. Gerald, o Brasil não faz bem nem pra vc nem pra qualquer artista mais rápido que insiste em voar alto e não te dão asas, ainda na asa norte e em breve na costa do cacau, que importa para um diretor que de asa nas costas não sobe… nem desce.

  26. Não existe cultura do presente. A cultura é sempre de passado.
    Para existir ela tem que acontecer. O que é passado? Um minuto, duas horas, cem anos? Não é como televisão onde todo mundo morre e ninguem morreu.

  27. Marina S.

    Que delícia, Vamp.
    não podia ser mais bonito o nome.
    parabéns!

  28. Mau

    Ah, Zé Celso, conheci ele uma única vez. Tem uma BAITA ENERGIA … é um porralouca no bom sentido. Tbm conheci o Antunes, o Abujamra … depois tenho que escutar essa bando de pós adolescentes por aí dizendo “a gente causa na balada” – uma merda… Abs

  29. O CORVO

    Bush pai – Bush filho, que cíclo!!! será que vai fechar – sou mais o
    Bob pai e o Bob filho.

  30. Sinto muito. Não posso esquecer os autores mortos. Que seria de mim sem eles? Tudo que sei, foram eles que me ensinaram. A minha vida seria muito vazia. Não posso viver de Paulo Coelho. Às vezes penso que todo mundo deveria usar uma única mascara. Assim não saberíamos que é jovem, quem velho, quem tem rugas, quem tem cor ou cabelos brancos. Só conseguiríamos ver o espírito, a essência e não a forma. Seria como o teatro japonês, com todas as faces pintadas de branco.
    O amor seria platônico.

  31. não adianta mas eu vou mandar, vc é o cara mais chato que eu conheço, quer dizer não conheço, talvez perca pro paulo coelho, qta conversa fiada, não dá pra ser mais prático? vc é gay?

  32. Robin

    O dificil è achar alguma coisa inteligente, no meio deste texto todo. Voce sempre foi assim ou é uma fase ruim?

  33. peixe ensaboado

    Lemniscata…

  34. Sandra

    Vamp, queridíssimo!!!!!!
    PARABÉNS!!!!!
    Zilhões de beijinhos na fofinha!!

  35. Sandra

    Alex, por que não procura um blog que lhe agrade?

  36. Sandra

    Gerald, acho que não é Sampa, NY, Londres ou Munique. Acho que é você que está muito bem. Em qualquer lugar!

  37. gthomas

    Desculpem o atraso.
    Estou exausto.
    Meia noite aqui, 1 da manha ai no BR.
    Nao me aguento em pe.
    Te manha.
    LOVE
    G

  38. Sandra

    Robin, mas o texto foi suficientemente forte para que você se motivasse a escrever um comentário.

  39. O Vampiro de Curitiba

    Sandra e Marina S., muitíssimo obrigado!

  40. Glorinha

    vida, mais uma vida, e mais….continuidade sem renuncia, apenas prosseguir
    é um amor desconhecido que só pode ser sentido, eterno e mágico desprovido de interesse próprio…
    felicidades Vampiro, seja vovô mais que tudo!
    [[]]amigo,

  41. Glorinha

    Vampiro, fiz um versinho para Helena
    Helena
    Ela chegou
    Lentamente se instalou,
    E sem pedir, enfeitiçou
    Na luz do dia e na luz de noites que virão
    Amar, como o mar, ir e vir sem parar, como e sempre, Helena
    []

  42. Figura estranha aquela louca diante da porta (aberta), com suas garras no meu deserto.
    Os cabelos que o vento empurra para dentro da sala, soltos, morenos, (castanho escuro talvez…) e o sorriso daqueles olhos vítreos de azul entreabertos.
    O corpo de em roupa branca, com silhueta de regência em volumes de contraste, transformou este maestro, e transtornou seus atos, como se olhar fosse sentir no tato.
    Não deu sequer para reagir, sequer minha boca falou, nem o pensamento, naquele súbito um instante em que o tempo não contou de susto.
    Poderia ter qualquer nome aquele torso curto em estatura, porém, tão amplamente vistosa que virou paisagem penetrante.
    Não coube mais nada alem de entrega.
    Alem de um delírio na porta trancafiada.
    Um deslocamento,
    Para entender Duchamp.

  43. Alexandre

    O circulo não fecha porque vc descreveu uma espiral, larga na base e vai se estreitando com a evolução.
    Mark Twain dizia “um clássico é algo que todo mundo gostaria de ter lido e ninguém deseja ler”, então vamos ao teatro ver.

  44. Aninomyous

    Nojo? de Strogonoff? quero ver então ir à China ou Japão e comer aqueles insetos todos, entre aranhas, escorpiões e baratas fritos…crocantes por fora e melecas por dentro ahahahahahahahaaaaaaaaa….
    A adaptabilidade que vc tem de se sentir em ‘casa’ nestes lugares todos é uma grande vantagem…exceto se for num barquinho, realmente inho, já se for num Iate ou algo assim também não fica difícil não…hahaha…esses avião da Jal, sei…tenho colegas que fizeram baldiação voltando do japão e usaram eles, o video game é divertido mesmo não é? e o pessoal incrivelmente educado, afinal veja à volta a classe do pessoal que faz uso, libera eles então na linha Rio-Sampa e quero ver se não descem do salto alto…;hahahahahahaaaaaaaaa…
    Mas não querendo ser chato, eu ia falar mesmo é sobre essa coisa de adorarem sempre os mesmos personagens mitológicos do passado…realmente parece que o mundo se estagnou e não consegue sair disso,… vivem adorando os caras lá do milênio passado, uns 3 ou 4 e não valorizam o vasto tesouro do mundo atual…logico que o clássico terá seu lugar na eternidade, mas não podemos mesmo abrir mão do nosso tempo para viver da nostalgia de tempos passados…bola pra FRENTE!

  45. O CORVO

    Vampiro, parabéns pela neta -apesar de ser mais velho acho que ainda vai demorar a chegar o meu dia de avô.

  46. Sandra

    Targino, acho que não é exatamente esquecer. Acho que depois de lê-los, absorvê-los, deles fermentarem em nossa alma, para quem consegue, para quem tem esse dom, é tempo de ser uma grande explosão. Como a primavera explode do inverno.

  47. Sandra

    Como é linda a explosão da vida!

  48. Sandra

    Gerald, foi uma piada, não é? Você não está na rota do furacão, está?

  49. O Vampiro de Curitiba

    Glorinha, amei!

    Corvo, obrigado!
    Está sendo uma sensação formidável.

  50. gthomas

    Alguem escreve “Vc se repete demais. Seus dilemas nao convencem mais”. Mas nao assina. Nao publico quem nao assina. Sorry,
    Dilema, infelizmente eh justamente uma coisa que se repete, imbecil.
    A arte – o minimalismo ou sua assinatura, eh justamente como se conhece ou reconhece um artista, sua BESTA!

  51. Marina S.

    ha, gerald, agora vc tocou num ponto nevrálgico.

    por aqui é difícil um artista ter ‘assinatura’ if you what I mean.
    a gente tem que inventar a pólvora em cada trabalho, em cada ensaio, todo dia. assinatura é confundida com falta de criatividade.
    seria como ter uma assinatura diferente a cada dia. um nome diferente a cada dia. bom, a internet propicia isso, não é mesmo?
    mas quem assina, mesmo com outro nome, continua sendo basicamente a mesma pessoa com seus contrastes, direrenças, afinidades e repetições.

    o q seria de F. Bacon, já que vc citou ele, Cèzanne, Pollock, e tantos outros, antunes, vc, pina bausch, wim vandekeybus, ana cristina cesar, gerchman,milhões deles se não se repetissem ad infinitum. o q seria de nós.

    ainda acredito em repetições espiraladas, que são o mesmo diferente. certo, sr. Deleuze?

  52. Sandra

    Gerald, se BECKETT gostava de seu trabalho, por que você vai esquentar sua cabeça com gente que:
    -usa argumentos fortíssimos como: “você é gay?”
    -não assina uma crítica;
    -diz que seu texto é vazio mas se dá ao trabalho de fazer uma crítica ainda mais vazia;

    Além, claro, de brindar-nos com sua ira?

  53. Herbert Bastos

    Quando você passar pelo Rio de novo, me avise. Quero ter uma foto sua comigo para colocar na parede do meu quarto, local onde escrevo compulsivamente.

  54. gthomas

    Sandra: me diga o que fazer. Ou eu tenho um blog e deixo entrar imbecilidades como as que entram….. ou eu FECHO o circulo ainda mais e termino o blog. O problema eh justamente esse: Blog, suas democracias e suas burrices. Foi por isso que Caetano explodiu por causa das criticas. E te pergunto: Uma pessoa como Caetano, depois de tantos anos de carreira ja nao era pra estar acima da critica?

    LOVE
    G

  55. Sandra

    Ah, não termina o Blog não… sou viciada nele!!!!!!!

    Agora, quanto a você, Caetano, Fernando Pessoa,… uma coisa é crítica, outra é INVEJA. E essa cresce com o sucesso, ao invés de diminuir.

    Ainda mais que você está muito bem! Cheio de boa energia! VISIVELMENTE!

  56. gthomas

    GNT; 11 de setembro:Pam Hughes do GNT: nao publiquei teu comentario porque tem todos os teus telefones: se vc eh pra valer, sabe me contactar!

    O menino do Acai: publiquei teu comentario e fiquei sabendo do seu produto mas nao tenho loja
    LOVE
    G

  57. Sandra

    Tene, amei de paixão seu comentário!!!!!!

  58. Glorinha

    Gerald, sobre o Blog…
    O espaço de cada um
    é pequeno se não participamos
    é grande se partilhamos
    assim também são palavras
    dirigidas a revelia ou colocadas com cuidado suavemente sobre a lente do leitor
    importa o conteúdo, importa como ali foi depositado
    para que atenção maior com o que desordenadamente nunca terá sentido?
    sem sentido por estar desordenado?
    não, não é isso
    é quando simplesmente não tem sentido nenhum de emoção, nem ao menos aquele pingo pequeno de verdade, mesmo que a verdade só de quem o fez.
    prosseguir, mesmo quando parece estar um horror!
    afinal, se houver 1 que valha, vale à pena esse um!
    []amigo,

  59. Oi, parabéns ao Vamp. Gerald e pessoal:

    Não custa nada sonhar: não paga imposto. Lula, que tal criar o imposto do sonho (e não o do cheque) e depositar generosamente nas contas bancárias dos participantes dessa comunidade? É bom Acreditar nos amanhãs cantantes, em Obama de cabelo Black Power com guitarras Jimmi Hendrix bringing the boys back home! Valem todos os estilos: desde o Gôngora & Coelho Neto barroconcreto myneyro até o jornalístico cool jazz do Capitão Gancho Gay Hemingway & o Mar. Vale a barata psicodélica de Kafka. Barato bom é da barata. E é bom pichar a Piauí. Grafite é arte. Picha! Picha! Picha! Pichem aqui. Num dia hegeliano todos entrarão na seção Ficção da Piauí, girarão nas mesas da FLIP (mas com cachê, porque sem uisquinho, cineminha e revista Playboy nenhum Padilha nelsonrodriguiano sobrevive!).

  60. Ah, pessoal. Ocorreu algo chocante aqui em BH: ninguém está contra o Lula, nem o Aécio e o PSDB. Um candidato que lembra uma senhora dos anos 50 com laquê no cabelo, um tal Márcio Lacerda, foi incensado por Aécio e Pimentel na TV e saltou de 9 para 40% e nem falou nada na propaganda! Ouvi dizer que o Reinaldo Azevedo já cantou a bola e disse que Márcio é o primeiro candidato biônico da democracia (alguém confirma?)
    Abaixo vai uma carta de um amigo explicando como se gerou essa bizarra aliança PT/PSDB/PSB que provavelmente vencerá em BH:

    Querido Lúcio,

    Como vai? Tem visto os comentários que a
    sua postagem no meu Blog gerou? Dê uma olhada e aproveite pra opinar…
    Bem, a aliança que estão costurando,
    conforme eu havia te explicado, formalmente não é uma aliança com o PSDB,
    pois isso seria impossível, já que o III Congresso vetou terminantemente
    essa possibilidade.
    Por isso mesmo eles “engendraram”, “matutaram” essa costura com o PSB.
    No dia 05 de outubro do ano passado, vários tucanos de extirpe, como a Ana Lúcia Gazzolla, filiaram-se no PSB pra poder disputar essa eleição, pois sabiam que se continuassem lá no PSDB eles não
    poderiam fechar o acordo, pelo menos não como candidatos.
    Ainda existe esperança de que o Diretório Estadual e o Nacional vetem essa aliança, mas honestamente não sei o
    que vai acontecer. O Diretório Nacional chegou a aprovar numa reunião
    recente um parecer dizendo que a aliança em Belo Horizonte na verdade é uma aliança com o PSDB, e o PSB é só um laranja, o que pode embasar uma futura decisão de proibir essa palhaçada. Vamos ver o que virá.
    De concreto, só o fato de que vários grupos
    se ausentaram do processo, e os delegados que estiveram no encontro
    municipal no domingo se resumem basicamente aos apadrinhados do Roberto de Carvalho.
    Bem…Fico na dúvida quando te vejo “preocupado”
    com uma aliança como esta… você que há tanto tempo “riscou” o PT da sua
    agenda, e que há mais tempo ainda já reclamava das posturas do Partido…
    Feliz em perceber que no fundo você ainda reconhece algo no PT que deva ser preservado, já que existe o espanto. eu da
    minha parte fico cada dia menos espantado e mais desiludido…Quanto à campanha, se esses caras aprovarem
    essa lambança, muita gente boa com certeza não vai fazer campanha pra esse
    Márcio Laranja Lacerda. Eu não respondo pelos outros, mas da minha
    parte, tudo parece que vou fazer campanha pra Jô Morais, e tenho visto
    dentro do PT outros grupos e pessoas dos movimentos sociais também
    defendendo abertamente essa idéia.
    Deus sabe a resposta que dará pra tudo
    isso. Um grande abraço pra você.

  61. Sandra

    Glorinha e Lúcio, ARRASARAM!

  62. Paulo

    Gerald, que tal nomear os inbecils para que ele se toquem? Eu por exemplo posso ateh estar na lista com 5 estrelas, mas claro
    a intencao de estar aqui eh apenas contribuir tentar entender o que outras pessoas pensam. Agora, como eu sou apenas um visitor, nao tenho nenhum investimento de ego no que rola aqui,
    portanto nao levo nada muito a serio. Se as minhas piadinhas enchem o saco, por favor me diga. Quanto a minha ultima piadinha, sobre as Filipinas, eh que estive la em 2004 com o objetivo de mergulhar naquele paraiso submarino, mas o que encontrei above the water me fascinou muito, pois eles tem um comportamento latino, sobrenome latino e ESTAO NA ASIA!!
    Mas acho mesmo que tentar ser engracadinho na internet pode levar a serios mal entendidos. Abraco

  63. gthomas

    Vou pedir desculpas (temporariamente). Estamos tendo problemas com alguns comentarios.
    Daqui a pouco tudo volta a (a)normalidade
    LOVE
    G

  64. gthomas

    Paulo: se eu comecar a nomear os imbecis entao terei que transformar a minha vida em Blog – o que nao eh o caso (ainda)

    Nao, nada tem a ver com vc
    LOVE
    G

  65. Manu

    “O meu ser, a minha decomposição, referido a valores estáveis , mais cedo ou mais tarde deve estender a minha força aos seres mais fortes, ou constituídos de uma forma mais forte, como uma religião de aspecto piedoso.Os mais afastados observar-me-ão, e os que estão ainda mais afastados, olhar-me-ão e os meus negativos viverão por causa da minha hipnose!…”Schiele

  66. Sandra

    Gerald, já trabalhei num lugar, onde o clima pesava tanto, que se eu dissesse – Hoje estou feliz – todo o mundo caia em cima de mim. Era horrível!

    Isso porque sou prá lá de comum, até meio cartesiana. Imagine se eu tivesse uma bio igual a que está aqui à direita do blog.

  67. Manu

    Onde tudo não depende de nós, onde tudo está além de nós e por isto por que lutar contra tudo e todos.Os caminhos não se unirão com as palavras ditas pelo ser que quer usar a navalha no próximo corpo que aparecer em nosso caminho.Eles sempre aparecerão, e por isso porque esbravejar……Por quê

  68. Manu

    A palavra amordaçada não morrerá jamais, tudo viverá mesmo que seja no mais profundo gens que aflorará no próximo ser que nos iluminará na próxima geração.

  69. Manu

    Uma lágrima cai quando um santo esbraveja palavras cortantes, elas são como navalhas que cravam na carne dos mais puros.

  70. Manu

    Minhas lágrimas estão sangrando , meu corpo está com feridas abertas, meu ser está cravado nas palavras que me apunhalaram sem saber do que se tratava.

  71. Manu

    O vinho me faz retornar , o vinho me faz chorar , o vinho me faz abrir o coração, o vinho me faz seguir em frente, o vinho me faz morrer, o vinho me faz gritar, o vinho me faz dizer tudo que tenho que dizer, o vinho, o vinho,o vinho, meu salvador.

  72. Manu

    Eles pairam sobre nós, vivos ou mortos, sempre nos acompanham e permanecem vivos no mais profundo mistério de nossas mentes, não blasfeme, não chore, ilumine-se com a palavra que está em tua boca, que está em nós, que está em tua morada, que está na tua mãe, no teu pai, no teu filho , na tua amada, no teu céu , no teu quarto escuro, na tua janela aberta, no ar que você respira, não pare nunca de dizer a palavra que nos redimirá de nossos erros, de nossos fantasmas, de nossos desejos, de tudo que não é, de tudo que é e será, de tudo que não faz sentido, de tudo que deve morrer, de tudo que deve viver, de tudo que deve florecer nesta estação.

  73. gthomas

    Manu: de tao lindo vou colar no corpo do email debaixo do meu texto e obrigado
    LOVE
    G

  74. O CORVO

    Sobre as eleções para a prefeitura de BH, esse tipo de aliança já ocorreu netre o PT e PSDB foi na eleção do Dr Célio de Castro filiado ao PCB – o diretório regional tem autonomia para fazer alianças nos estados. O Marcio já foi da equipe do Lula e o problema é com Patrus Ananias que ficou de fora – entre o Marcio e a Jô eu sou mais o Marcio é minha opião.

    O Pimentel e o Aécio Neves estão em uma dobradinha antiga, pois o Pimentel quer o apoi do Aecio para ser governador e o Aecio pretende candidatar à presidênmcia da república.

    O Aecio apopiou a candidatura do Lula aqui em Minas – essa aliança é antiga e incomoda muito os paulistas – principalmente o grupo do Serra.

    Aqui em Minas política é diferente tem de morar aqui para entender.
    Um abraço para todos.

  75. Manu

    G. Thomas, prefiro que não, deve ter pessoas bem melhores que eu.Estou somente tentando balbuciar , engatinhar diante de tantas coisas bonitas que leio e aprendo muito.Mas mesmo assim obrigada pelas palavras carinhosas.Todos nós te adoramos.Love.Manu.

  76. Mau

    BEETHOVEN quando terminou a NONA teve de escutar os criticos alemães falarem que sua Nona era uma BOSTA.

    Ainda bem que ele ja estava totalmente surdo.

  77. Sou pra valer… rs
    Tens um email e/ou um telefone que eu possa falar com você?

  78. gthomas

    Pam: pelo jeito vc nao eh nao: pois te mandei email pra esse que vc me deu e nada. Vc nem acusa recebimento> liguei daqui de NY pros dois numeros no Brasil . Caem em caixas postais.
    Na GNT tem o meu contato. A Leticia Muhana conhece o Lucas Mendes que sabe entrar em contato comigo
    LOVE
    G

  79. Sandra

    Gerald, que maravilha ler seu blog hoje.
    Eu precisava dessa explosão de vida.

  80. Oi, GT e pessoal, Sandra, obrigado. Agora, acabo de ver no blog do Reinaldo que o ig está batalhando, mas de fato o TSE proibiu até esse tipo de comentário que eu e o Corvo fizemos! Por mim a moderação pode tirar o meu, se achar que pode dar galho, mas fica aqui o protesto, o que pode meu comentário contra a máquina das prefeituras que os que querem se reeleger movimentam?

    Corvo: eu morei em BH, fui do DCE UFMG e agora moro numa cidade próxima. PCB? Célio de Castro era marxista-leninista-prestista? Aqui é muito conciliador, não é? Falta o Caetano falar: “Aécio é lindo!”
    Lula nem tem oposição aqui, isso é saudável numa democracia?
    Vai na valsa, vai.

  81. Glorinha

    depois de muitas horas, passado o dia, cá estamos sob o signo dos círculos
    circunspectos círculos beirando a nossa idéia?!
    tem um barulhino aqui, de novo!
    que bom….

  82. Manu

    G.Thomas, obrigada mais uma vez .Mas o que escrevi é só para ficar aqui nos comentários.(risos)Tem até erros.Que vergonha!!!!!Escrevi florescer sem o s.Tudo muito no improviso.Manu G.

  83. gthomas

    Manu: meu texto tambem contem erros, Esse nao eh o problema. A beleza esta nas imperfeicoes.
    LOVE
    G

  84. Tene Cheba

    Sandra, você me faz muito bem.Amo seu cartesianismo poético, sincero, cheio de paixões. Um privilégio que eu não perco.

  85. gthomas

    Lucio Jr.
    Como?
    O que?
    Retirar o que?
    LOVE
    G

  86. Oi, Gerald e pessoal, a notícia é essa:

    TSE mantém restrição a campanha on-line
    Na Folha:
    O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) manteve restrições ao uso da internet para divulgação de informações sobre candidatos ao negar a concessão de uma liminar em um mandado de segurança do portal iG.
    A empresa alegou que as proibições são ilegais por ferirem os direitos à expressão, opinião e informação previstos na Constituição. O ministro do TSE Joaquim Barbosa, porém, negou o pedido de anulação imediata das restrições.
    A ação judicial do portal busca anular os artigos 18 e 19 da resolução nº 22.718 do TSE, que define que a propaganda eleitoral na internet só será permitida na página do candidato destinada à campanha.
    O texto legal proíbe que as demais ferramentas virtuais -como sites de relacionamento, salas de bate-papo e blogs- divulguem informação que configure propaganda favorável ou contrária a candidato.
    O TSE se baseou na lei 9.504, de 1997, que equiparou legalmente as empresas de internet às de rádio e TV -que só podem funcionar após a obtenção de concessões públicas. A equiparação faz com que as companhias de internet não possam emitir opinião nem dar tratamento diferenciado aos candidatos. Por meio da ação o iG busca ser enquadrado na situação legal dos jornais e revistas, que, por funcionarem independentemente de concessões, não sofrem restrições. A lei também proíbe que as empresas vendam espaço publicitário na internet a partidos políticos.
    Na decisão, Barbosa afirmou que as razões apresentadas pelo iG não “traduzem violação a direito líquido e certo, suficiente para afastar a aplicação da resolução do TSE”. “Assim, não vislumbro, no momento, a alegada inconstitucionalidade” afirmou, sucintamente.
    O mérito do mandado de segurança ainda será julgado pelo plenário do TSE.
    Assinante lê mais aqui

  87. Edward

    Orra, meu só tem avô aqui! taum to bem. com 27 anos de idade ja to discutindo de igual para igual com os vovôs!

  88. FRANCINY CHEQUER

    Ola Vampiro meus parabens,espero toda a felicidade do mundo, a todos.
    Manu o mais gostoso da vida e imperfeição, os erros, eu sempre digo uma coisa que uma vezeu li na Cabala, se tivesse que viver a minha vida novamente eu viveria igualmente ao que ela foi, mas só cometeria os erros mais cedo,
    G.T. me desculpe mas vou seguir o seu conselho, e claro que eu não vou sumir, eu com muito respeito o adoro

    beijos de sua fã

    Ps corvo leu meu e-mail

  89. O Vampiro de Curitiba

    Obrigado, Franciny!
    Quero que você seja muito feliz!
    Beijo!

  90. O CORVO

    Lucio desculpe a minha gafe o Dr. Célio de Castro Era filiado ao
    PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO – é troquei o C – pelo S e deu uma merda danada, você tem razão.

    Mas a talelinha continua o Aécio não flor que se cheire mas você sabe que aqui em Minas ele continua imbativel.

    Quanto a JÔ ela ainda defende as velhas idéias do comunismo, aqui para nos ela ate que atua bem como deputada, para chegar a prefeitura falta muito.

    O Pimentel foi vizinho de cela do Márcio nos tempos da ditadura, pelo menos não vai ser um LARANJA POBRE.

    Olha se cachê for bom o Caetano topa falar que o Aécio é lindo.

    Um abraço e obrigado pela correção eu nem tinha notado o meu erro.

  91. Antonio Moraes

    Já tinha deixado comentários antes no ig, mas ficaram perdidos na profusão atual. Esquecer autores mortos ? Não é prudente. Nem traz vantagens. E gosto de Petronius (“Satyricon”), do anônimo autor “Lazarilho de Tormes”, Kafka, para ficar em alguns exemplos.. Não são empoeirados no estilo, muito pelo contrário, eternamente joviais. E sobre os autores da ciência ? O sempre atual Isaac Newton (pelo menos nos escritos de cálculo e física), Darwin.
    E você cria uma tola mítica em torno dos “artistas”. De teatro, principalmente. NÃO EXISTE ARTE. COMO NÃO EXISTEM RAÇAS. São duas arbitrariedades inventadas por imbecis. Qualquer atividade humana que exiga (ou possibilite o uso de) uma técnica apurada é interessante. E em todas é possível o exercício da sensibilidade, inteligência e a utilização de processos cognitivos elaborados. Mestre é quem consegue utilizar tudo isto com qualidade para gerar um produto.

  92. Tene Cheba

    As vezes eu me sinto um merda, sou incapaz de entender essa lógica, ou estou no mundo errado. Sinto ser portador da maior das caretices, a de não entender nada sobre o país que habito, onde nasci.Como milhões de irmãos podem se calar perante ao absurdo personificado em Lula, sucessivos escândalos, atentados contra instituições sagradas em qualquer democracia.Não temos mais o estado de direito em sua plenitude, estamos comprados, anestesiados pelo banquete farto da nutritiva refeição.Temos uma estética neutra, nem feia nem bonita, vinculamos a nossa felicidade com a capacidade inesgotável de tolerar, de fingir, soriimos para quem? Que colapso é este que não desmorona, que não implode?O Brasil perpetua uma maldição, somos pretensiosos, pagamos caro por esta arrogância, e ninguém sonhou, se sonhou não interpretou, os avisos da reedição das Sete pragas do Egito. Lula, PT, Corrupção, Mentiras, Prevaricação, Nepotismo, Guevarismo.

  93. Mau

    GERALD O JEITO É FICAR SURDO MESMO…

  94. Tene Cheba

    Alienação, nosso principal produto.Quando a nossa Arte, nos premiará com um filmaço do porte de Prá Frente Brasil, ou uma Peça escrita e interpretada por Juca De Oliveira, do mesmo tamanho se couber, da do Fernando Henrique. Parecemos hienas, sorrimos felizes, somos seres com devoção, não tem pau e pedra que mude de lugar nesse nosso Brasil, somos prá frentex.

  95. Paulo

    Vai de novo:
    “Vc se repete demais. Seus dilemas nao convencem mais.”
    E ainda é otário:
    pois publica o que escrevo, dizendo que não publica.
    pois não responde: xinga.
    pois impõe-se como artista, xingando.
    isso não é arte.
    é o homem revelando-se como é.
    valeu. Você já era.

  96. O CORVO

    Tene, você mandou muito bem – sete pragas do Egito é pouco.

    Agora esquecer os autores mortos ou tudo o que já passou é impossivel, pois não há presente segundo o filósofo grego heráclito somente existe o passado e o devir.

    “O ser não é mais que o não ser”
    “Tudo flui nada persiste, nem permanece o mesmo”
    “O mesmo homem nunca atravessa o mesmo rio”

    A partir desses conceitos nos ficamos ancorados no passado e aguardando o futuro.

    Há os seguidores Parmêrnides o filósofo do imobilismo, ai temos de ficar também com os mortos.

  97. gthomas

    Franciny: so quero saber se minha resposta por email chegou ate vc.

    Antonio Moraes: falo de um momento pessoal: e de ir pra frente. Como nao sou educador nem professor, eh obvio que nao eh pra ser levado ao pe da letra, Mas um pequeno esforco no sentido de SERMOS CRIATIVOS e esquecermos SIM um pouco o passado que nos escraviza….isso seria sim uma otima e limpa maneira de encararmos o FUTURO

    Alemanha por tres dias SEM Goethe!

    Gra Bretanha TRES dias somente sem o peso sem Shakespeare.

    e assim por diante.

    That’s really all I mean. Without trying to be mean.
    LOVE
    G

  98. L. Froes

    Ei querido
    Gerald !
    quanto tempo.! Aninha, te amo.
    do comentario sobre nao se ter medo em NY: Aqui sentimos sim, mas ja é do corpo, está na pele. Talvez o riso venha acompanhado da esperteza. Mas a proteção é certo que atrapalha, perde-se muito inclusive as paixões, pela arte por exemplo. Desconfia-se de tudo que chega muito perto. Afinal não somos bobos.

    love
    love

  99. Sandra

    Gerald, o cara acha que você acabou, que você não convence, mas não sai da sua cola!

  100. Sandra

    Gerald, acho que seus mestres teriam muito orgulho de você nesse momento. Eu, pelo menos, sinto muito orgulho dos meus alunos quando eles dão esse salto quântico, e podem ir além de onde eu os conduzi até então, e sozinhos.

  101. gthomas

    A L Froes que escreve eh a Luciana Froes da minha companhia de teatro.
    Caramba: que saudades Lu

    como gosto de voce. E que saudades. E vc nao tem ideia de como gosto quando vejo um comentario teu aqui no Blog.
    Nao sei como te agradecer. Juro que nao sei.
    Lagrimas
    LOVE
    G

  102. marcya oliveira del vall

    Gerald,só venho aqui para debater o texto e tentar aprender alguma coisa.
    Sei que muitas vezes minha opinião foi contraria a sua,mas tenho que ser sincera quanto ao que penso…
    Sempre que escrevo assino ,e me identifico,,acho que assumir o que diz é um grande passo para moldar sua personalidade e quem sabe faze-la evoluir,cada um é como é ,eu sou asim mesmo .
    Coisas pessoais contra vc não as tenho,acho que vc é uma pessoa de grande sabedoria de muito conhecimento,sempre faço uma pesquiza dos nomes citados e vejo muita coisa que não conhecia pois passei por caminhos diferentes do seu .
    Ontem mesmo me encantei com Vik muniz,para mim foi um grande ganho pois tb trabalho no setor das artes plásticas aqui em Lisboa.
    Não gostaria de ser uma pedra no caminho de ninguém
    nem de tecer comentários que deixasse alguém triste…mas sou assim mesmo sempre digo o que penso.
    Bem gosto de acompanhar o seus textos e os comentários do outros participantes do blog.
    Ontem estive como de custume presente mas não me manisfestei,acho que vou continuar assim e espero de coração que vc não termine seu blog.

  103. Manu

    Franciny,
    Realmente errar também é uma arte.E muitas vezes nos amedrontamos diante do erro e nos petrificamos no acerto.Já tentei me aprofundar na Cabala mas nunca consigo ir muito além das primeiras páginas.Quem sabe um dia tomo coragem.

    Também sou fã do G.Thomas.

  104. MRB

    Franciny,
    Realmente errar também é uma arte.E muitas vezes nos amedrontamos diante do erro e nos petrificamos no acerto.Já tentei me aprofundar na Cabala mas nunca consigo ir muito além das primeiras páginas.Quem sabe um dia tomo coragem.

  105. Tene Cheba

    Caramba,. não existe arte na política americana, suas convenções são o próprio purismo espartano.Ontem a Vice detonou com o Obama, com frases montadas e moldadas, mandou muito bem, Mulheres tornam-se um tormento, quando machucadas, elas são dotadas de um outro tipo de agressividade, arrasam, liquidam.Essas balzaquianas, destroem com vigor aqueles que querem perturbar o sono de seus filhos.Não conheço os EUA, aliás não conheço nada além do Brasil, tô com vergonha, mas, de longe me parece uma nação moldada no Matriarcado.Mulheres por lá falam, por aqui apenas sorriem, exibem e relaxam, não completamente todas, claro.
    Obama é uma pintura, um político dono de uma plástica visual impressionante, tudo nele combina bem, seu grande obstáculo, para mim, lógico, é o seu discurso muito abrangente muito submisso as circustâncias, americano não é nem bonzinho nem bobo, Putin começa a perceber isto.

  106. Tene Cheba

    No país do ” a gente faz”, do “extraordinário”, do “não sabia”, do” crescimento espetacular”, do” companheiros”, do grampo no cabelo, a arte submerge, se afoga na merda, não temos nenhum evento ressonante, nada vibra, estamos resumidos a boates, funk e bobagens. Vou subir o morro, onde os ventos são uivantes, tomar uma cerva, comer uma feijoada, ouvir um Pagode e fingir que sou feliz, antes que seu Bispo não venha.

  107. Glorinha

    Tene Cheba, sorrio algumas vezes, outras muitas vezes choro…
    nenhuma das duas situações adianta para algo no lugar onde moro
    meu pais é minha morada vagante, sonho nele, penso que luto por ele, fico de luto, luto de verdade e enfim descubro
    a única morada que não me larga sou eu mesma
    mesmo as vezes em que quero que “eu mesma suma de mim”, não sumo
    [[]]amigo,

  108. Paulo

    Gerald o cara que postou te xingando nao tem nada a ver comigo.
    Como voce pode ver o endereco de e-mail deve saber disso.
    Acho que ele pegou o nick Paulo para confundir a todos inclusive voce. Acho que vou arrumar um novo Nick.

  109. Mau

    Concordo, o peso do passado especialmente na Literatura acaba com qualquer possibilidade criativa na atualidade. Veja a Literatura contemporanea nao existe.

    O que existe são escritores atuais tentando ser clássicos e ao mesmo tempo modernos. Ninguem consegue ser nenhuma coisa nem outra. E eu me incluo nisso.

    O peso de termos de dividir espaço com um MACHADO e GUIMARÃES, LISPECTOR, MARIO DE ANDRADE é bom e ruim, tudo ao mesmo tempo e espaço.

  110. Sandra

    Sobre errar e o medo de errar… Sempre converso com minha filha sobre isso. Ela ia fazer aulas de xadrez, e estava preocupada, pois, até então, ela ia muito bem. Perguntou-me se eu ficaria chateada se ela perdesse todas as partidas. Respondi que, de um grupo de 10 pessoas igualmente qualificadas, o normal é a gente ganhar uma partida e perder nove. Que era como no videogame: se você está muito bem num nível, é porque ele está ficando fraco para você, e está na hora de dar um passinho a frente, e passar para o próximo nível, onde você vai errar muito.

  111. Sandra

    Post impregnado de sua boa energia, Gerald. Ela inundou os comentários.

  112. Paulo

    Homônimo Paulo
    Diga-me: onde é que eu xingo?
    Vocês só enxergam o que lhes convém.

  113. Whole Food: Uma perdição 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s