Final da BlogNovela – Triste fim Político e romântico como em Casablanca: DantasAir: Divina Comédia

BlogNovela – parte 10 TRAGÉDIA!

Alguém entra no quarto. O autor não presta atenção, mas a porta abre lentamente. Uma sombra de figura aparece e pára na Franca Rame da porta. O que foi que eu disse? Franca Rame? Moldura, óbvio. Que bobagem. Moldura da porta. A porta não passa de uma pintura híper realista.

Nesse momento acontece algo inédito. Não, inédito não. Autor e narrador se confundem, ou melhor se fundem e viram uma só pessoa. Assim como no parágrafo acima, o narrador se “entrega” e diz “O que foi que EU disse?”

Pronto. A BlogNovela chega a um ponto crucial. Narrador e personagem jamais podem ser vistos juntos assim como Clarke Kent e Superman ou Lula e o autista, digo, artista da esquina. Assim, ao abrir da porta, o autor se dá conta de que, além do enorme clarão de luz, um ser muitíssimo estranho estava lá de pé. Digo estranho e de pé. Plantado lá, e ainda assim, e de pé. O autor no chão, como numa câmara de tortura, dias sem luz e água, num chão de cimento, incomunicado e incomunicável no pior estilo Guantanamo, e já sendo procurado pelos seus blogueiros e pela Amnesty International, Human Rights Watch e Red Cross International, a figura de pé finalmente diz alguma coisa.

F – Era que…

Autor – Como?

F – Era que….

Autor – Desculpa, mas…..está escuro, molhado, digo….úmido, digo, húmido, quente, essa fumaça e eu não esperava…

F – Eu queria te dizer que vim aqui assinar…

Autor – Assassinar?

F- Assinar. Papel. Soltura. Habeas Corpus. Estou aqui para…

Autor – Vem, deita aqui do meu lado. Tô carente, nu, molhado….vem.

F- Sou Juiz dos Céus!. Pára com isso! Os papéis estão aqui (faz sinal de comando pros guardas)

O autor é carregado pra fora da cela. Dão um rápido banho nele. Devolvem-lhe o terno, gravatas de Sobel, e ainda ganha um sapato da Prada.

Autor – Foi a Franca Rame? Foi O Dario Fo?

F- Não, foi o Supremo. Foi o Reino Supremo de Deus. Aqui não queremos prender ninguém. Você é poderoso. Têm as costas e os membros duros e quentes. Sabe muita coisa. Sabe quem é Franca Rame e Dario Fo, Pirandello e outros italianos que escrevem ou escreviam. Pronto, aqui estão os teus papéis querido: pega o primeiro avião. Estás solto. Não tem mais problema. Ninguém mais te põe a mão.

Autor – Mas e essa investigação, esse sofrimento, há quatro anos? Eu morria de medo, entende? Por isso me meti na tal. Não, Natal não, na tal da BlogNovela…pra tentar desaparecer..

F – Não se preocupe. Aqui é assim. Preferimos Hamlet ou melhor, Fortimbras, o braço forte de Shakespeare, seu contraregra, seu ítalo/brasileiro, BRAS, isso lá em 1500 e caquerada…e o resto é silencio! Se, por acaso alguém te ameaçar de novo, tem problema não (tosse!)

Autor – Saúde!

F- Sei lá, preciso cuidar da saúde. Mantive uma curiosa relação com um transex….Esquece. Demos um jeito naquilo, naquela também. Introduzi os bombons de licor!

Autor – Aquela traveca com o bafômetro foi o Senhor?

F – Temos as nossas Listerines, não é?. Vá. Vá pra casa e defenda os seus opportunities meu filho.

Autor e F se despedem. Assim, como no pior estilo de um filme pulp, o autor atravessa uma longa pista de aerporto coberta de fog. Ainda olha pra trás pra ver se Ingrid Bergman o está seguindo para chamá-lo de volta. Mas percebe que a cena está invertida. O jatinho hoje é moderno e não estão em Casablanca. O triste tema “A Dream is just is just a dream” não lhe sai da cabeça enquanto pensa “eu sou livre” e “He’s looking at you kid”. Mas livre do quê? E todos os meus amigos? Todos aqueles amigos do Blog com quem eu queria montar M.O.R.T.E. versão 3?

Ainda do alto da escada no jatinho, o autor acena para o juiz e percebe que terá o restos de seus dias SOZINHO, mesmo que em liberdade.

O avião decola. Algumas pessoas assistem e notam um logo estranho, novo na cauda do avião: “DantasAir/ Devine Comedy”

Minutos apos a decolagem, ouve-se uma enorme explosão. FLASH and CRASH!!!!

No rádio e na TV os rumores são de que o autor, finalmente, conseguiu montar seu M.O.R.T.E. finalmente na mais santa impunidade e seguindo a regra sagrada do país que ama, onde roubar ainda é uma arte sagrada quando se faz parte de uma elite intocável.

Ensaio de FIM

90 Comments

Filed under BlogNovela

90 responses to “Final da BlogNovela – Triste fim Político e romântico como em Casablanca: DantasAir: Divina Comédia

  1. G, my love, isto não foi uma blognovel.Foi um blogseriado, uma vez que só teve10 capítulos.Vou ser curta e grossa eu não quero
    que v…. o autor morra nem na ficção.Eu naum quero esse final.Põe outra persona- gem no avião, please.Voce pode deixar la belle estar no airport ela está chorando v..o autor por conta disto perde o avião que flash and …kwl

  2. O Vampiro de Curitiba

    “Autor – Vem, deita aqui do meu lado. To carente, nu, molhado….vem.” E o juiz dos céus resistiu????

  3. O Vampiro de Curitiba

    “DantasAir: Divina Comedia”. GENIAL!!!!

  4. O Vampiro de Curitiba

    “Tem as costas e os membros duros e quentes.” e O JUIZ RESISTIU????

  5. Guilherme Novas

    Não sou muito ‘apreciador’ de G. Thomas, mas diante de outros ‘peças raras’ do IG ele(digo, você Gerald) é uma boa opção.
    Obs: o fato de estar mais fora do Brasil doque aqui o faz esquecer do acentos gráficos?

  6. Eudes Jose Furtunato

    Cara, você é um espetáculo. Achei fantástico o sincretismo clássico para falar sobre a nossa crise da ética!

  7. Rosto devoto e gestos beatos de Gilmar Mendes

    “Chega sempre a hora em que não basta protestar; após a filosofia, a ação é indispensável”.
    Victor Hugo, Os miseráveis.

    É clássica a frase dita por Polônio, se referindo a Ofélia, antes do encontro vigiado com Hamlet: “Com um rosto devoto e alguns gestos beatos, açucaramos até o demônio”. Essa idéia polôniana ronda a mente, do nosso ministro presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. Ah, dirão alguns, isso é coisa para eruditos. Contudo há no Brasil, uma certa “miserabilidade” que não tem a ver apenas com a condição financeira. Essa pobreza advém da redução de práticas profissionais da gestão do Supremo Tribunal Federal.

    O ministro Gilmar Mendes se impõe publicamente e condena a “espetacularização” e “excesso de algemas” nas detenções? Soltou o banqueiro Daniel Dantas? Depois mandou soltar o mega-investidor Naji Nahas? O ex-prefeito de São Paulo Celso Pita? O Gilmar Mendes desvela idéias que edificam e que traduzem ambiências que procuram ser mais “autoritárias” e menos “democráticas”.

    A ingerência com a Polícia Federal coloca-a em risco de banalização e de digestão irrefletida. A ação do ministro do Supremo Tribunal Federal não contribui para que a ação da Polícia Federal adquira clareza de princípios, coerência de objetivos e excelência de resultados que deveriam marcar as grandes decisões da nossa vida Republicana.

    O Supremo Tribunal Federal, representado pelo seu presidente Gilmar Mendes, não encontra novos princípios de raciocínio que abram caminhos inovadores e revelem soluções eficazes para o futuro do Brasil. Os problemas que existem de corrupção não podem ser resolvidos a partir dos modos de raciocínio que deram origem aos mesmos. Nesse contexto a sua gestão mostra-se incapaz de contribuir com a riqueza do pensamento humano sintetizado pelos grandes juristas que compõe a história do nosso país.

    Carecemos de mais fundamentos que inspirem nossa vida judiciária e nos distanciem do amargo sabor da monotonia repetitiva do Supremo Tribunal Federal. Por isso, cabe bem, romper com o conforto dessa miserabilização. A Justiça, tratada de forma honesta e atraente, pode nos encantar e, desse modo, fazer com que as nossas reflexões sejam robustecidas, o nosso repertório engrandecido e a nossa sensibilidade mais afiada.
    Alexandre Vargas, ator.

  8. gthomas

    Nao se assuste Guiherme Novas: em primeiro lugar eu tenho alguem pra fazer a revisao de acentos, bancos (ate do Opportunity), til, cedilha, mas ela nao apareceu aqui por hoje ainda
    Mas o futuro da internet eh o de acabar com essas besteiras,
    Tente (se eh que posso fazer tal sugestao) prestar mais atencao no conteudo mesmo
    com carinho
    LOVE
    Gerald

  9. gthomas

    Tai Vamp O pessoal reclama e reclama e reclama que tanto queria a volta da BlogNovela. Ela esta ai. E…….
    patavinas!
    Blogueiros traidores.
    Sairei daqui pra sempre
    passo o blog pro Vamp
    d’agora em diant
    (rima boba)

  10. Tene Cheba

    Gilmar Mendes, um cara que não me encuca, jamais. O que me deixa transtornado, aliás, completamente, são as asoociações, sindicatos, UNE, e o escambal. Caramba, essas instituições, que quase pararam o país, quando do escândalo do mensalão, devido a uma inércia jupiteriana, em uma completa imobilidade, não moveu um passo, para protestar e derrubar o protagonista e líder, da maior crise institucional que este país atravessou. Nada, nem mesmo quando a cúpula dos corruptos, foi inocentada no plenário. Nem mesmo, o incentivo ao protestador moderno, dado pela violação dos dados bancários do caseiro Francenildo, conseguiu mover os tetaleiros. Ora, Gilmar, quem mandou não ter barba?Diga que ama a Revolução Cubana, que talvez escapará, não sei, se não der, reforce dizendo e afirmando, que Che Guevara foi maior que Cristo~. Como último conselho, não seja tão independente, não seja bobo, enxergue.

  11. VEIO SAKUDO

    Neste voo sera servida pizza ao inves de barrinhas de cereais?

    Realmente neste romance,os detalhes são para depois da novela ,pois assim o povão foi dormir e assim não tem (pobrema)
    no dia seguite so algum comentario sem maldade.

  12. mario reis

    dr gilmar mendes:
    decepção e uma infinidade de decepçao e descredito.teceria um rosario de infindáveis decepções……………………………………………

  13. Tene Cheba

    O atoleiro é grande, mas, pergunto: Greenhalgh, não merece uma passeata também? São os burgueses travestidos de guaverinhas, desafiando a lógica de Marx, descanse em paz, Gilmar, quem mandou ser atrevido?
    Eu vou é pintar minha cara de preto, largar a faculdade, protestar contra o Gilmar, e ser prefeito de Nova Iguaçu, a vou sim, quero ser comunista também, isto, paradoxalmente, dá muito dinheiro e, melhor, não precisa trabalhar.

  14. Contrera

    tudo bem, mas “a dream is just a dream” somente na versão do zztop…

  15. Ana

    vai tudo acabar em pizza. pq. não temos voz. quer dizer temos, mas parece que não temos…

  16. Ana

    ainda bem que a blogNovela voltou…

    mas não será uma elite intocável que dará fim à ela.

    humph.

  17. carlos fortes rodrigues

    Desde a surpreendente simpatia das elites (e sua mídia) por Lula lá na primeira eleição, estávamos a aguardar a compreensão inteira dos fatos. Hoje parece explicado que tipo de gente sempre esteve atrás do pano, ou melhor, acima do palco, manuseando os cordéis. E a maioria tínhamos alguma esperança.

  18. Antonio Marcos

    Gê o autor papou o juiz? ou o juiz papou o autor? blz deixa…
    não estou preocupado, lá no superior no superior eu resolvo fácil
    co incidência

  19. Rio Maynart

    Eu sabia q quem tinha entrado no quarto era ele, a suprema divindade do tribunal da impunidade…

    Mas o avião, além do “DantasAir/ Devine Comedy” , tb trazia sob este em letra quase que invisível as iniciais G.M. [dizem que pertencem a um certo Ministro de um Supremo Tribunal das esferas (SideFe)derais… Alta divindade!!! ],mas prefiro acreditar que na verdade pertencem à General Motors, que além de abraçar o setor automobilístico terrestre enveredou tb no ramo de transporte aéreo…

    E ele, o Fake G.M. entra no quarto c/ o Gerald nu, molhado e, consequentemente, com frio… o veste e dá-lhe a liberdade… e td o q o Autor queria era um pouco de calor e carinho p/ reanimar-lhe a alma e o ânimo e poder compor a sua M.O.R.T.E nos palcos dos grandes teatros interbloguísticos…

    Dentro do avião da DantasAir/ Devine Comedy. g.m., o Autor pensa, pensa, pensa…

    Pensamento do Autor: Primeiro esboço da próxima blognovela… A lista dos blogatores e seu respectivos blogpersonagens, já se encontra com o Gerald.

    Parabéns,Gerald , fechou c/ chave de ouro esta blognovela!!! Parabéns a tds!

  20. Ben Hur Mateus

    Olá, Gerald Thomas. Vim aqui pra te indicar meu blog com poemas, contos e textos. Se tiver interesse leia, senão perca a oportunidade.

    http://www.benhurmateus.blogspot.com

    Até mais ver.

  21. Cá vim, em crises alergicas e renites e o diabo. Fui ler outros capitulos…Imaginei essa blognovela num palco, em dado momento juro que imaginei que Gerald faria uma releitura de Da Vinci – em a Ultima ceia – e colocaria todo elenco como os Apostolos e Gerald como o Cristo – judeu – sem patria

    (essa renite me afoga) nao consigo dormir com a cabeça cheia

  22. Contrera

    vomite, mau, vomite!

  23. Mas estou tentando entender essa sua M.O.R.T.E Gerald…

    É uma coisa muito pessoal – I try… I try

    Parece um poema da Ana Cristina Cesar (eu acho essa mulher tão estranhamente intensa)

  24. Contrera

    vomite a própria cabeça! pense em raul! coma-a e vomite-a!

  25. Contrera

    seja realmente antropofágico! coma a si mesmo! e vomite-se!

  26. Contrera – o homem da Harley

    Vamos morrer afogados em nosso CO2

  27. hommel

    Sensacional esta BlogNovela.
    Caros e inteligêntes comentaristas, vocês não informaram para o
    Gerald, que um pouquinho antes das eleições que reelegeu o lula, que o palocci e josé dirceu em uma reunião e recreação e , porque não dizer lazer, levaram um ótimo filme protagonizado por Henri Fonda e Charles Bronson, gente, um clássico, foi publicado naquela revista famosa que sempre sabe tudo.
    ah! o filme, quase ia esquecendo, êles falaram que é o filme preferido do Presidente: que sempre que êle quer dar uma relaxada, dá uma biscoitada nêle.
    Ah! o filme: ERA UMA VEZ NO OESTE,tá falei. E dizem, será relançado em uma nova versão, moderna e tal, “ERA UMA VEZ NO BRASIL” parece que aquela revista vai publicar também, eila…

  28. hommel

    meus amigos do ig, meu comentário está aguardando moderação, não entendi, caso meu comentário é sensurável não o publiquem, só comentei o que estava na revista veja.

  29. Lu

    Nossa, que foi essa investigação de 4 anos?
    Tendando (des)aparecer na tal blognovela… hum…
    Aviões, aeroporto… Preciso dizer que foi um caos voltar pra casa? I hate JFK and all those fuckin airlines on US!!!
    Por conta dessas pequenas catástrofes que eu que desapareci…
    Quanta coisa!!! Quantas outras pessoas! Vou tentar dar um update pra entender o que está acontecendo por aqui…

  30. Pato de Borracha

    O sentimento de quem pensa neste país, no que tange aos últimos acontecimentos, retorna a períodos negros de nossa humana existência…
    Nosso sentimento é de que existe uma inclinação do eixo de rotação, semelhante ao descrito pela libração lunar…
    As vezes estamos, com relação á Justiça, em fase de perigeu e noutras, como agora no ápice do apogeu…

  31. Lu

    Ih, voltou com a moderação?

  32. gthomas

    Tem muita gente reclamando de moderacao. Juro que eu nao tenho nada a ver com isso. So nao tolero insultos, grosserias, etc. O resto, criticas negativas, vaias e o resto passa e vem direto pra ca.
    Vou avisar ao pessoal de tecnologia do IG e pra Ana Peluso.
    LOVE
    Perdao se esperaram muito tempo.
    Gerald

  33. gthomas

    Sandra, Valeria, Lucio Jr, Gustavo, Carlos, Ana Carolina, Caca, cade vcs?
    Lu, it’s nice to have you in tropical waters again: I bet you’ll be regretting being back in about one week
    LOVE
    G

  34. Lu

    G, I hope you’re wrong! I really DO!
    Let’s see…

  35. Detesto acentos graficos – em frances um saco.

    Bizarre

  36. Ognei Santos Vieira

    Gerald,como sempre fantástico,tu me fazes lembrar John Lennon.sarcástico e in teligente,parabéns.

  37. gthomas

    Obviamente estamos com problemas tecnicos
    ja resolveremos
    LOVE
    G

  38. Ataíde Gouveia

    Não vimos esse senhor defender com tanta veemência o pobre que foi preso por cortar um pedaço de casca de árvore para fazer um chá para a esposa doente, nem a pobre mão que furtou, no supermercado, um pode de margarina. É que eles não tinham tanto dinheiro. Sintomaticamente, o sujeito que tentou comprar o juiz, teria dito que no supremo, a coisa seria mais fácil e, no mesmo dia da prisão, o ministro saiu em defesa dos bandidos. Será que nesse pais não tem gente ou recurso para mandar esse ministro para as grades junto com seus corruptores ?

  39. Ataíde Gouveia

    Eu e o pais temos todo o direito de imaginar que esse ministro levou uma grana preta do dantas. Não há como puní-lo ? Seria ele o verdadeiro Deus para ser intocavel ?

  40. gthomas

    SIM, seus imbecis SPAMS que nada tem melhor a fazer (e querem me ensinar a ter algo melhor a fazer: va catar milho na praia de Santos seu IMBECIL)

    1- um tal de Carlos – email – chamfilho@hotmail.com (chamfilhodaputa)

    2- um tal de MeRdia (SAI logo desse Blog seu idiota) email ricolopes@ig.com.br

    Vcs sao SPAMS se eh que vcs EXITEM. ANONIMOS de merda
    eu, desculpem, olhem meu perfil…sou representante de DEUS!
    G.

  41. READIMITAM O “PROTÓGENES” E OS OUTROS HERÓIS… DA OPERAÇÃO “SATIAGRAHA” , ALGEMEM TODOS ENVOLVIDOS, SIM, NA PRESENÇA DE TODOS OS HONESTOS (179.9 MILHÕES DE BRASILEIROS) , ENCABEÇADO PELO “PRINCIPAL (o da parede falsa – COM MUITA FALCATRUA GUARDADA – na cobertura da Av. Vieira Souto, 86 )”,, OS COMPARSAS DELE E… APOSENTEM O DE “BECA MAIOR”… MAS COLOLQUEM ESSA “BECA MAIOR” – ENTÃO DISPONÍVEL – NOS OMBROS DO GRANDE JUIZ FAUSTO DE SANCTIS” DA 6ª VARA FEDERAL DE SP.

    (..ASSIM, A HISTÓRIA SERIA MAIS BEM ESCRITA ….

    – BLOGNOVELA “PARTE 11” : VITÓRIA !!!

    BRASIL …IL…ILL. ILLL. ILLLLLLLLLL !!!

    FONTE: Final da BlogNovela – Triste fim Político e romântico como em Casablanca: DantasAir: Divina Comédia
    BlogNovela – parte 10 TRAGÉDIA!

  42. Paulo Lima

    Cuidado ao passar ao lado do simbolo da justiça (aquela dos olhos vendados), pois ela podera vomitar em cima de ti já que ela não enxerga onde é o vaso sanitário. Ela deve estar morrendo de vergonha.

  43. READIMITAM O “PROTÓGENES” E OS OUTROS HERÓIS… DA OPERAÇÃO “SATIAGRAHA” , ALGEMEM TODOS ENVOLVIDOS, SIM, NA PRESENÇA DE TODOS OS HONESTOS (179.9 MILHÕES DE BRASILEIROS) , ENCABEÇADO PELO “PRINCIPAL (o da parede falsa – COM MUITA FALCATRUA GUARDADA – na cobertura da Av. Vieira Souto, 86 )”,, OS COMPARSAS DELE E… APOSENTEM O DE “BECA MAIOR”… MAS COLOLQUEM ESSA “BECA MAIOR” – ENTÃO DISPONÍVEL – NOS OMBROS DO GRANDE JUIZ FAUSTO DE SANCTIS” DA 6ª VARA FEDERAL DE SP.

    (..ASSIM, A HISTÓRIA SERIA MAIS BEM ESCRITA ….

    – BLOGNOVELA “PARTE 11” : VITÓRIA !!!

    BRASIL …IL…ILL. ILLL. ILLLLLLLLLL !!!

    FONTE: Final da BlogNovela – Triste fim Político e romântico como em Casablanca: DantasAir: Divina Comédia
    BlogNovela – parte 10 TRAGÉDIA!

  44. ana maria balbueno

    MARAVILHOSO!

  45. ERRATA:

    É.T.I.C.A. !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    É tudo. !

  46. Na “Trilogia Kafka”, que Gerald Thomas criou nos anos 80, consigo localizar, de memória e muito à distância, algo do humor que Polanski aponta como perdido para a recepção ocidental. Tendo sabido apreender o elemento caricatural da criação kafkiana, Thomas povoou de cinzentas personagens de pantomima a imensa biblioteca que concebeu como cenário. Aos pares ou em trio, elas passavam o tempo a tricotar ou a repetir, mecanica e sincronizadamente, os mesmos gestos grotescos.

  47. O post de cima é de Zé Pedro Antunes, esse outro também:

    “A primeira guerra do século XXI” é um curioso produto lançado pela Revista CARAS nas bancas. Naquele esquema em que você paga por um impresso (não dá para chamar de revista) com seis páginas: belas fotos (se é que, no caso, se pode falar em beleza) e um texto escrito pelo narrador da fita de vídeo que o comprador recebe “gratuitamente”.

    O narrador é ninguém menos do que o polêmico diretor de teatro GERALD THOMAS, com um trabalho reconhecido internacionalmente. Morador de Nova Iorque e homem do mundo, ele se apresenta como testemunha ocular dos acontecimentos fatídicos de 11 de setembro.

    Muitas das imagens já foram mostradas à exaustão mesmo pelos nossos canais abertos de TV. Mas há seqüências inéditas, inclusive com imagens de um Afeganistão que normalmente não nos é dado ver.

    Em tempo: ainda não chegou aos nossos jornais, quatro dias depois, aquela notícia sobre a usina atômica de Three Mile Islands, que traduzi no mesmo dia em que foi publicada pelo DIE WELT onlina, de Berlim (19/10/2001). Começo a pensar que a censura, por aqui, tende a ser mais rigorosa do que nos países do primeiro mundo.

    GERALD THOMAS defende a aniquilação do Taleban, do terrorismo internacional, como única forma de garantir o planeta. Em alguns momentos, fica a impressão de que dá voz ao discurso oficial do governo americano. A seqüência que nos mostra o discurso de Bush perante o Congresso Americano, com a declaração de guerra, se vista sem o áudio, fica bastante interessante. É um ator da cena política num dos papéis mais exigentes de sua carreira. Vale conferir. Em outros momentos, fica a quase certeza de que o texto do narrador foi escrito e gravado nos instantes seguintes aos atentados, no calor da hora (e põe calor nisso, e poeira também!), quando ainda não se havia formado, na opinião pública internacional, a certeza de que os atos terroristas não são acontecimentos isolados, e que o terror que se apoderou dos americanos é o mesmo que vem compondo o dia a dia de milhões de pessoas não só no mundo árabe. Há uma retrospectiva da carreira de Osama Bin Laden, com relevações interessantes. Como não fico muito tempo diante da TV, pode ser que algumas dessas revelações, pode ser que muitas das imagens só sejam novas para mim. Pode ser.

    Falar como testemunha ocular dos fatos tem sempre um páthos carregado. É andar no fio da navalha. Mas não deixa de ser um produto interessante, se o leitor tiver mais sorte do que eu com a fita que lhe couber. O controle de qualidade do que sai nas bancas não costuma ser grande coisa. Alguém poderá dizer “bem feito”. Ou me perguntar: “mas o que você podia esperar mais da revista CARAS?”

    A fala final do narrador, enquanto as imagens da guerra se sucedem, é apocalíptica. Pergunta-se se poderia ser outra coisa. Gerald Thomas não teve receio de assumir esse tom entre o apocalíptico e o grandiloqüente (alguém pode pensar que seja mais um jogo de alguém extremamente hábil em lidar com o teatro do mundo, ou mesmo oportunismo), deixando no ar perguntas sobre um mundo que deixou de ser o que era e ainda não sabe o que vai ser. No mínimo, um produto interessante. No mínimo, um gesto corajoso. Interessante também como produto híbrido que é, com um artista fazendo o papel de repórter, conferindo à narrativa, o que não é a regra no jornalismo político, um tom artístico-literário.

    A renda total da venda do produto foi doada por Thomas aos bombeiros de Nova Iorque. Numa das fotos, o diretor, testemunha ocular da história, se apresenta vestido com um desses uniformes usados pelos envolvidos no resgate das vítimas.

    Nos instantes seguintes ao atentado contra o Pentágono, o repórter pergunta a uma militar se estava chocada ou algo assim. Sem olhar diretamente para a câmera, apenas seguindo adiante, fugindo, em pânico, ela responde que está muito preocupada e rezando “por todos nós”. E repete: “estou mesmo”. Soa como se, vinda de alguém que conhece muito melhor do que nós tudo o que ali foi posto em jogo, não nos restasse mais nada senão isso: Oremus.

  48. gthomas

    Lucio Jr – eu preciso te conhecer pombas! assim nao da, this is unfair ou vc esta usando um nickname?????
    who are you?
    LOVE
    G

  49. ” A SOCIEDADE EM DEBATE ! ”

    PELO BRASIL !

  50. Esse outro é de um tal MÁRCIO sCHEEL:

    Gerald Thomas peladão no UOL. Não vale a pena conferir, acreditem. A Cultura, além do mais, acaba nos precipitando nesse tipo de armadilha. Se não tomarmos cuidado, acabamos dando crédito pro Gerald Thomas. Ou pro José Celso Martinez Corrêa, que é a mesma coisa. Um pouco mais velha, talvez. O nu frontal de Gerald, no UOL, me parece, é um protesto motivado por uma questão no mínimo polêmica. Na estréia de seu último espetáculo, parte da platéia presente, quando fechadas as cortinas, vaiou e se manifestou ferrenhamente contra o diretor inglês. Acusaram-no de nazista, fascista, racista e alguns outros istas que me escapam agora. Não deu outra: o diretor subiu ao palco, abaixou as calças e mostrou o bundão branco para quem quisesse ver. Eu não vi… E não queria! Não deve haver nada mais constrangedor que o bundão magro e branco do Gerald Thomas mirando a gente, agressivamente.

    _______________________________________

    O diretor inglês, graças a resposta ensaiada contra a platéia que o vaiou, está sendo processado pela justiça carioca. Atentado violento ao pudor. Mon Dieu! O bundão branco de Gerald Thomas pode não ser a coisa mais agradável desse mundo para se ver. Particularmente, eu continuo preferindo uma pintura de Caravaggio, Velásquez, Monet, Vincent Van Gogh ou Renoir. Continuo, sobretudo, acreditando em Egon Schiele, um pintor austríaco, que morreu sifilítico na virada do século XIX, e que pintava prostituas nuas, porque não tinha dinheiro para pagar por outros modelos. O fato é que a pintura de Schiele é um desafio à imaginação: mulheres nuas, em posições sensuais, traços que vão se perdendo lentamente, que não retratam, mas sugerem um mundo de erotismo nos limites extremos da fantasia, sugerindo sexos impossíveis, fetiches loucos, uma certa tara lírica, porque carregada de sentido, força, intensidade.
    Já o bundão do Gerald Thomas só pode mesmo é inibir qualquer imaginação mais desavisada, que ainda acredita em teatro revolucionário, ruptura com as três leis aristotélicas, inovação e originalidade. Gerald Thomas e José Celso Martinez Corrêa são amigos. Influenciam-se mutuamente, eu acho – caso clássico de troca-troca estético. O Zé Celso é mais velho. Vale que já pode reivindicar para si a justificativa da senilidade. A senilidade é um troço que já vem com mal de Parkinson, incontinência urinária e o pau que não levanta. O Zé Celso ainda acha que teatro é trancar os espectadores no salão e fazer com que assistam até o fim as loucuras sem sentido que ele leva ao palco. Universo cênico, baby. Em conluio com as forças cósmicas do Bem e do Mal, e com o espírito do Oswald de Andrade chamado com urgência numa mesa branca ou no terreiro do Pai Mané. Quando não atira alguma coisa na platéia. Quando não exibe alguém pelado. Quando não faz aqueles malditos workshops. Algum dia o Zé Celso Martinez Corrêa já penteou os cabelos?
    Algumas questões são eternas.

    _______________________________________

    Atentado violento ao pudor. Francamente! É só entrar em qualquer banca de revista repleta até o teto, para infelicidade de criatura abandonadas e desprotegidas feito eu, de revistas, para ver uma série de modelos, atrizes, loucas performáticas, ex-big brothers, marias chuteiras, aventureiras, pistoleiras e todas essas vagabas da última moda, mostrando o bundão, ora branco ora bronzeado por um sol impossível de Ipanema – cada vez mais eu estou certo, Ipanema não existe -, ou os peitões, a barriguinha modelo anoréxica, o começo do púbis – que dá um tesão do caralho, reconheço, sem que as editoras ou os donos da revista sejam processados pela justiça carioca. Ou por qualquer outra justiça togada e idiota do país.
    De minha parte, proponho que a justiça carioca processe a Rosinha Matheus e seu marido Anthony Garotinho. Indecência por indecência, fico com o bundão branco do Gerald Thomas. Que é muito menos constrangedor, no fim das contas. O que me espanta é a total gratuidade da coisa. Bem feito pra essa classe-média retardada que paga uma fortuna para assistir uma opereta do Gerald, aqui me permito uma certa intimidade, que tem muito a ver com impostura e descrença, com tédio, cansaço e indiferença de fim de noite de domingo, e, no final, vaiar um troço que, duvido, sequer entenderam. É preciso ter colhões para ser imbecil assim.
    Burrice, mon cher, é a única doença incurável.

    _______________________________________

    Com o tempo, a Cultura vai ficando cada vez mais parecida com o bundão branco do Gerald Thomas e com a loucura senil do Zé Celso, estou certo disso.

  51. Gerald: meu nome é esse mesmo. Sou professor de Filosofia no interior de Minas. O Contrera me conhece.

    Abraços do Lúcio Jr.

  52. Tou fazendo doutorado em Campinas, vai mandando sua agenda e uma hora dá certo.

    Abraços do Lúcio Jr

  53. BRALEILEIRO DESDENTADO !

    ” acessorium sequitur principale ”

    Iura novit curia.

    Ius puniendi !
    ———————————————————————-
    Brasil é um pais sagrado e de todos os Patriotas !

  54. gthomas

    Lucio Jr – Eh simplesmente incrivel tudo isso. Tudo bem que o contrera te conheca mas….
    nao tenho o visto
    tudo bem
    escrevo pra ele
    LOVE
    G

  55. everton pereira

    Caros brasileiros desiludidos. Um dia a casa cai. Porque não temos eleição para os deuses do STF, STJ, etc…
    Preste bem atenção… o próximo será o Cacciola, basta pisar no paraiso do brasil(paraiso apenas para os ricos)

  56. G. Novas

    Eh, eh, eh! G.T., você é figuraça. Não tenho esperança de ganhar no blá, blá, blá de ninguém. Só espero não ter, por causa da internet ou qualquer outra coisa, que abrir mão da gramática de nossa ou qualquer outra língua.

  57. Após vasculhar meus alfarrábios, ao longo esquecidos em um arquivo “morto”, descobri o significado da palavra M.O.R.T.E, tal como escrito ao findo do Blog novela: M “mais”, O “otários”, no R “regio”, T “Tribunal”, E “Especial”. Por favor corrija-me se caso esteja errado, e a propósito, não vi nenhuma explicação ao “cuidado se diriges não THOMAS e se Thomas não dirijas”. Alusão feita à Lei seca que ora impera no 5º Mundão

  58. caca

    Estou enlouqueciendo enlouqueciendo ahora no meu avesso toca a sonata ao luar de beeeeethoven… estamos completamente surdos ou cegos, como ele e ela.. e de certa forma desesperados, nós ? e será que isso não faz sentido? a humanidade carece de declarações de amor ou dignidade? pode ser triste, mas sim, somos, até certo ponto, todos iguais e teremos o mesmo final nem sempre feliz e inevitável.
    bj
    caca

  59. A impunidade impera em nosso País já em distantes datas. Observemos algo que é trágico se não fosse cômico. No ano de 1971, ou seja há 37 anos atras, as forças nacionais se viam desnorteadas por uma atuação, digamos terrorista, subversiva, incluindo um caso de deserção do exercito Brasileiro. Ato este cometido pelo então Capitão do Exercito Brasileiro CARLOS LAMARCA. Recordo-me que na época, tal infame, era caçado como nota de mil doláres hoje. As ordens emanadas por nossa, então, autoridades, era de capturá-lo à qualquer preço, inclusive, se possível ‘MORTO”. Descobriu-se então, que tal fascínora estaria no sul do estado do Pará, juntamente com outros tais, apenas para citar JOSÉ GENOÍNO, JOSÉ DIRCEU, que na época utilizava outro nome. Hoje, vemos essa figuras impolutas, no nosso campo político, envolvidos, como era de se esperar, em escandalos e mais escandalos, e o estoico CARLOS LAMARCA, virou herói. A família foi contemplada por uma milionária indenização, o mesmo foi condecorado Post Mortem, e promovido. Com isso squero dizer que: Fernandinho beira-mar, o bandido de hoje, poderá tambem virar herói, Cacciolla, Dantas, Pitta, e outros tantos que hoje são considerados fascinoras, bandidos, ladrões, e outros adjetivos qualificativos mais, amanhã, por ironia do destino serão consideradas pessoas incompreendidas, injustiçados, heróis da Nação Brasileira, merescendentes por tanto, de vultuosas quantias à título e indenização, pelas perseguições sofridas. Enquanto isso, o resto da população, continuará vivendo com seu MISERÊ de sempre. Haja dinheiro pra eles, e FUMO ni nóis.

  60. Alucycrazy

    Adorei isso, voce escreve muito! Lembrei de quando percorremos , clandestinos, os corredores da sinagoga.

  61. Gerald: dê um pulo lá no meu blog, tem uma peça chamada O Show dos Beatles nas Filipinas (já postei um trecho aqui). Já fiz uma matéria chamada Texto Teatral com o Eric Mitchel na UNICAMP, mas não aprendi a escrever texto teatral, se vc puder me ajudar…
    Há um vídeo (Big Brother Literatura Brasilis) onde apareço recitando “Marilyn Mártir”, dedicado a Marilyn Monroe…
    Olha: envie informações sobre os workshops e o endereço da cia de ópera seca.
    Abraços do Lúcio Jr.

  62. DantasAir. É genial.

    Só um cidadão do mundo como Gerald, poderia ter essa
    ampla-visão dos desafinos e desatinos da orquestra brasil,
    (com letra minúscula,ate motivo em contrário).

    E a vc, Vargas, parabéns pela brilhante análise da situação
    em que se encontra
    a justiça neste pais:

    “Carecemos de mais fundamentos que inspirem nossa vida judiciária e nos distanciem do amargo sabor da monotonia repetitiva do Supremo Tribunal Federal. Por isso, cabe bem, romper com o conforto dessa miserabilização. A Justiça, tratada de forma honesta e atraente, pode nos encantar e, desse modo, fazer com que as nossas reflexões sejam robustecidas, o nosso repertório engrandecido e a nossa sensibilidade mais afiada.”
    Alexandre Vargas, ator
    ___________________________________________________

  63. Gerald pq vc quer aprender Martial Arts …

    Eu lutava kung fu e ano passado fiz Bushido Ryu, mas entrei em crise existencial com a filosofia marcial – que me irritava

  64. Só li partes desta finalizada blog novela e confesso que não entendi ainda patavina no geral, gostei da escolha do ambiente final. Muito devido à comparação com o antigo (e atual Cult filme Casablanca) e jamais esquecido enredo, que nos trouxe estória de diversos sentimentos inclusive de solidão. Que me recorde foi um filme daqueles que visto, deixa vontade de reprisar mais vezes. A primeira vez que assisti (Há muitos anos) causou emoções. A despedida de Bogart e Bergmam( com lágrimas e tudo) é emocionante até na atualidade.A musica ficou gravada em minha memória desde então.Quando eu tenho oportunidade de ouvir,é uma alegria.Algo como retorno ao passado.Quem tem este sentimento em relação a Casablanca sabe muito bem do que estou tentando dizer agora.Talvez por esta e outras razões de cada um seja ainda um filme que repetido na televisão tem assistência garantida.Agora mesmo teclando,estou mentalmente ligado em: AS TIMES GOES BY.Prefiro versão musicada embora não despreze as que tem cantor ou cantora.Dos que cantam a interpretação de Willie Nelson é a minha favorita.Uma maravilha e caso vocês não a tenham escutado procurem ouvir.Nelson com voz dita nasal dá um show e ainda dedilha sua velha companheira que mesmo com falta de pedaços mantém os acordes que o acompanham.Quem achar o cd Star Dust com o velho cowboy Willie Nelson não vacile e compre.E quando estiver para estourar e de saco cheio com tanta merda que temos no dia a dia governados por lula.Relaxe(não ao estilo da Marta).Apenas relaxe e ouça o CD mencionado.Se gostar sirva-se de uma generosa dose de um bom uísque com gelo. Não tendo uísque pode ser caipirinha ou até latinhas de cerveja,conforme o gosto de cada um.Bombom de licor demora para chegar no ponto no qual o espírito se abre para as musicas.Tem gente que não precisa de nada disto.No meu caso nunca tentei ouvir nada sem acompanhar com algo a mão para ficar de gole e gole.Vá ouvindo e deixando-se levar. É tiro e queda. Remédio para ninguém botar defeito. Ao menos no meu caso funciona.Bem,paro de divagar com minhas recordações e preferências.Volto a atualidade e continuando desejo dizer que sou de opinião que o personagem deve escapar da explosão do avião .Talvez como faziam nos antigos seriados das domingueiras matinais.Ema cenas parecidas com esta do final da novela um replay de minutos antes da vista explosão nos mostrava o escape do herói supostamente atingido na semana que havia passado.Um simples pulo do avião nos deixava aliviado.E o herói novamente estava em ação.Isto é se não houvesse esquecido de levar um pára-quedas.Portanto minha modesta sugestão é que assim ou de outro modo este herói ou mocinho se salve,e todos teremos a certeza de que o filme vai continuar.E voltaremos a defender ou atacar o Sr Gilmar Mendes que está na onda atual.Deste assunto tratarei em outra hora.Por enquanto vou continuar lendo as manifestações de todos vocês para ir aos poucos conhecendo mais e mais deste blog no qual já estou participando com mais confiança.Que pequenos este mundo é realmente.Ha não muito tempo eu malhei o Gerald.Agora vou conhecendo-o melhor.No andar desta carruagem de repente acabo o admirando também e quem sabe um dia eu o trate de MESTRE.Basta que comece a aprender por aqui.MESTRE para mim é todo aquele que ensina.Então eu vou acompanhar com atenção as opiniões de todos.Até dos que atacam o G.T.Na discordância é mais fácil de procurar informações.è ou não é.Concorde ou discorde quem assim desejar.Assim como estão fazendo com a analise de cada um que julga o Ministro Gilmar Mendes.Obrigado a todos.Ao menos para os que leram até aqui.Fiquem com Deus e um ótimo dia.
    Pacheco.

  65. Valéria

    Puxa, Gerald, é que hoje é um dia que, bem, sou eu hoje que e não sou mais ká ká ká ká

    Cambio, Terra, voltando…

    Bom, depois de abrir o blog, saí, voltei, saí e finalmente me assento sem acento pra dar meu blogtestemunho!

    Vamos à sua (à nossa e à deles) FLASH & CRASH blognovela!

    O personagem-autor e narrador se fundiram, mas quem ficou no comando foi o narrador, e ele não morreu! Matou o autor? Me parece que este foi menos fundido do que suicidado pelo narrador…

    Bom, mas já q Greenhald é advogado q não é advogado que é consulstor que é ex-deputado que é corrupto que é amigo do Brás, do Rei, do gabinete e de quem mais chegar…

    Francadoriamente, o que foi que eu disse? Mas eu não sei realmente quem entrou naquele avião Dantasair!!! O lance agora é dar unidade à versão então?

    Só entrando num avião mesmo! E é muita fumaça pros meus olhos! Ana, apaga aí.

    O pior é que este juiz dos céus sempre entra e sai de pé! Está agora mesmo estranhamente de pé, plantado em verdinhas! Com luz emoldurada em verdinhas?!

    “e percebe que terá o resto de seus dias SOZINHO, mesmo que em liberdade”. AMEI.

    E esta perguntinha danada, liberdade de quê? Pra quê? De desaparecer?…

    Que M.O.R.T.E. nós todos tivemos!…

    Não sei o que dizer mais! Ensaio um fim, saio em fim, enfim!

    Sem FIM?

    bjim

  66. gthomas

    Lucio Jr – o Contrera diz que nao tem teu tel e como entro no teu blog?
    LOVE
    G

  67. Caro GThomas.
    Este estado de coisas em que estamos vivendo, me faz lembrar de uma passagem do livro de A. de Saint-Exupéry.
    – …”Com efeito, no planeta do “principezinho” havia, como em todos os outros planetas, ervas boas e más. Por conseguinte, sementes boas, de ervas boas; sementes más, de ervas más.
    Mas as sementes são invisíveis. Elas dormem no segredo da terra até que uma delas cisme de despertar. Então ela espreguiça e lança timidamente, para o sol, um inofensivo galhinho… …Mas quando se trata de uma planta ruim, é preciso arrancar logo, mal a tenhamos conhecido. Ora, havia sementes terríveis no planeta do “principezinho”: as sementes de
    “oba- oba”…
    O solo do planeta estava infestado. E um “oba-oba”, se a gente custa a descubri-lo, nunca mais se livra dele. Atravanca todo o planeta. Perfura-o com suas raízes. E se o planeta é pequeno e os “oba-obas” numerosos, o planeta acaba rachando.”…

    Moral: este planeta carece de moral

  68. Rio Maynart

    E nós carecemos de mais blognovelas meio Nelson Rodrigues (Este último capítulo me lembrou muito “Vestido de Noiva” – a imagem do Othon Bastos na minha cabeça), meio Oswald de Andrade, meio Carlos Drummond em seu “José”… meio, meio algo mistério… sei lá… “Acorda, amor, chama, chama o ladrão…” berra Chico Buarque… e a elite na arquibancada composta por banqueiros e curriola, grita: Nãoooo!!! Chama o Juiz! Chama o Ministro! Chama o Supremo…”

  69. Sandra

    GE – NI – AL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    AR – RA – SOU !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    MANDOU MUITO BEM!
    MANDOU MUITO BEM!
    MANDOU MUITO BEM!

  70. GT: obrigado pela mensagem no blog!
    Fale sobre a exposição aí em SP do DUCHAMP!
    Gostaria de ir ao SESCX, mas tô aqui no interior!
    Uma para vc citar lá: “Deu na telha” não é a personagem da novela das 8?
    Abraços do Lúcio Jr.

  71. Sandra

    Puxa, mas… ainda bem que é só novela…

  72. Valéria

    Gerald, tava lendo outras mensagens de posts anteriores e achei HILÁRIA a descrição que vc fez do Contrera! Muito boa!

    Mau, vc melhorou???

    Que loucura! De altamente tocáveis e autopsiáveis, chegamos aos intocáveis, não os da Índia ( será q o nome da operação também quis evocar os intocáveis de lá?…) , mas daqui mesmo, onde nada é assumido, onde todo o transnegócio é sumido!

    Olha, Ana, nem pizza… daqui a pouco é cafezinho mesmo…

    O Gustavo sumiu também, ele era o agente secreto… Será que da PF ou… Ou foi porque eu não respondi ao convite do jantar?

    Nossa, e pensar que o seu blog tem 4 anos, Gerald, e a investigação da PF também, que loucura.

    bjim

  73. Sandra

    Arrepiante… Parece-me “1984”… com umas pitadas de humor.
    É um dom!

  74. Rio Maynart

    Francamente, Sr. Jorge Luiz, tua comparação de Carlos Lamarca com o Cacciolla, Dantas, Pitta é, no mínimo, ridícula… E pq comparar c/ os outros traidores de seu próprio ideal?!!! Cada qual tem a sua individualidade…

    Errado ou não, o capitão Lamarca lutou e morreu por um ideal de justiça social que ele acreditava. Isto NÃO o faz bandido e NEM herói… Apenas um homem, um cidadão que, dentre tantos outros que tb se foram, acreditava em uma vida melhor para o Brasil e seu povo, lutou e morreu por isso.

    Por isso, deixo aqui, mui respeitosamente, a minha crítica e repúdio ao seu comentário acima.

    PARA QUE CITAR OS MORTOS? ELES NÃO LEVANTAM MAIS!!!… Nem mesmo para se defenderem.

  75. Contrera

    Valéria!
    pergunte à cris e ela dirá que é isso mesmo!
    eu adorei!
    tanto que ri! algo que não costumo fazer (pessoalmente)!
    bj
    contrera

  76. S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!

  77. Claudia

    Mas…o autor..queria montar M.O.R.T.E versão 3? e agora temos um M.O.R.T.O….????
    De agora em Di Ante?…Di Anta?….passaremos por qual círculo? o segundo? o terceiro?
    Homero???…..Ovídio???…quem pode responder?
    Estamos mesmo …D Ando..voltas em circulos, policiais, marginais, federais, lulais….o resto é silencio mesmo!!

  78. gthomas

    Eh Claudia, acho que em certos circulos o resto SERA um certo silencio sim
    LOVE
    G

  79. Ana

    mesmo completamente dopada de dor (foi um caminhão que passou na minha boca), eu faço um apelo: a blogNovela não pode parar. não faz sentido.

    dopada de dor é algo como… tudo é dor… você é dor… a dor é o mundo, micro e macro, pouco importa se deus existe, se tudo é biológico (que acabe de vez), ou se você não é um personagem escrito por alguém…

    se for, esse alguém é fã da blogNovela!

    vou dormir.

    com a dor.

  80. Ana Carolina

    Já sei! no próximo capitulo o critico amigo do autor , (antes mesmo da estréia) vai estar na capa dizendo que é um sucesso a nova produção dirgida pelo A., escrita pelo A.A., produzida pelo F. estrelada pelo Lano e com patrocinio da tal companhia aérea!!
    E no dia da estréia todos saem pra comer uma pizza!!!!
    Novela bem brasileira, boa! faz um sucesso enorme no mundo!

  81. marcelo pio

    tudo seria cômico se não fosse trágico!!!desculpa o lugar comum. e a roubalheira continua no “éden eterno” sem prisões físicas, mas e os outros tipos de cativeiros, a culpa, leva o homem a uma deterioração silenciosa e lenta até o seu maldito fim , sem ensaio.
    o seu humor crítico Gerald, nos faz pensar de rir, já que as leis nos dão raiva e incompreenssão.
    vamos juntar os pedaços!
    bj.

  82. Lu

    Ana, cuidado pra não se autoanestesiar com tanta dor!

    Gente! E o SESC ontem? Como foi?

  83. Gustavo

    …. e aí tocou Folson Prison Blues do Cash.

  84. Rio Maynart

    NÃO PERCAM!!! A Próxima BlogNovela do GERALD THOMAS.

    Aqui mesmo neste blogspace no horário Nobre…

    A Globo que se cuide!!!… Hahaha…

    Grande Elenco!!! Protagonistas: Os mesmos desta que acabou…
    Atores especialmente convidados: O Povo Brasileiro.
    Antagonista (O Grande Vilão): O Ministro STF.

    Próxima BlogNovela. NÃO PERCAM!!!

  85. franklin albuquerque

    gerald,

    Acho que devemos ler a blognovela ate o final, para mim ficou em aberto, se ela foi finalizada no blog tem que ser finalizada tambem na residencia.

  86. bel

    s e n s a c i o n a l, thomas em todas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  87. luis

    S I M P LI S M E N T E, bom prá caramba…………………………………

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s