O Brasil nao Gosta do Brasil: o dia mais quente do ano/suinos/macrobioticos/batalha final

NY- Está ficando insuportável. Mas não tem nada a ver com Global Warming, não. Tem a ver com o peido coletivo dos porcos que se acumulam aqui no FDR Drive (direção SUL). E dos arrotos coletivos dos macrobióticos que fazem passeata aos berros (aprenderam vendo tv latina), também no FDR direção norte. A confusão do tempo-espaço está uma loucura. Ar condicionados pifados porque os porcos jogaram seus focinhos dentro do sistema de ventilação, assim, impedindo a cidade inteira de funcionar direito. Midtown inteira está em colapso. Até os guindastes que estavam conseguindo não cair, estão derretendo como se fossem uma pintura (horrível) de Salvador Dali. Já o Salvador daqui olha pros macrobióticos e vê esse bando de doidos mastigando 100 vezes seu arroz integral e bebericando kukicha, (chá verde torrado, dos galhos) e comendo wakame (cheio de toxinas; mercúrio, principalmente).

O confronto entre os porcos e os macros esta marcado pra frente do Metropolitan Museum as 14h. Deus que me livre. Vai ser uma loucura!

Pra vcs que me lêem: fiquem fora dessa: não assistam tv. Não acreditem em estatísticas e não tune in na NYOne porque os canais estão censurados. Ninguém vai dar. Mas…. os suínos irão ganhar. Não sobrará um único macro depois da enorme batalha de Water-looooo ali na Fifth nos 70 e 80s.

Seja o que deus quiser. Nem os taxistas haitianos estão aceitando fares pra lá. Nem mesmo grande parte dos pakistaneses. Têm motoristas do Dial 7 fazendo "deals" especiais e cobrando uma fortuna. Vai ser um deus nos acuda!

Tem um UPDATE: Suínos e Macrobióticos empatados! Quem apareceu na ÚLTIMA HORA foi o pessoal do Tropicana (sucos) pra lançar a sua última novidade: RASPBERRY com Açaí!

Até aqui – o que vem a ser o caso com o mais conhecido suco de frutas do País – o TROPICANA – ele já tem a sua versão com AÇAÍ!

Prova oficial de que o Brasil não gosta do Brasil.

O Brasil gosta de comer Raviolini, salmão, carpaccio, ou seja, tudo aquilo que NÃO É BRASILEIRO!

RESTAURANTE BRASILEIRO NÃO SERVE FEIJÃO COM ARROZ (com excessão aos sábados da feijoada: alguns): o resto é a pasta italiana e confit de canard e salade de crevettes e cretinice de compottes!
Achar um pato no tucupi em Sampa é um inferno de difícil. O Arataca no Rio (fechou). Tinha um na Dias Ferreira, outro na Figueiredo Magalhães!

Pois o AÇAÍ agora bate o record aqui de Coast to Coast, nos USA é um sucesso ÚNICO, e no Brasil só nas lojas de suco do Rio, mas mesmo assim, POUCOS são aqueles que não MALHAM com banana!!!!! E: já que o Café Amazon (o melhor Açaí de SP (na Jesuíno Arruda) FECHOU!!!! Pasmem! Agora tem que ser aquele batido (impuramente) com água da bica e gelo e….. calem a boca! Não, o Brasil não gosta do Brasil: VAI TER QUE SE COMER COBRA. VOU ESCREVER PRO LULA. VAI TER QUE CRIAR O MINISTÉRIO DA DITADURA DA COMIDA.

1- COMER pele de jacaré
2- unha de Urubu
3- cabelo do Garotinho
4- Passar no Mercado, Ver o Peso e comprar aquelas urucubacas lá, como aqueles sabonetes de COPAÍBA, porquê, se deixar, BRASILEIRO SÓ COMPRA LA PRAIRIE. OU sabonete DOVE MESMO!!!!

O Brasil quer mesmo, com urgência, o iPhone!!! Por favor Steve Jobs! Don't leave Brazil unattended!

Update URGENTE: Os antroposóficos (não confundir com o modernismo brasileiro, please: esse pessoal é do Rudoph Steiner, Weleda, aqueles ângulos não retos: epa! não confundir com William Reich, o cara da Biomecânica, digo, da Bioenergética, o da mecãnica era o Meierhold! Ufa! que confusão! Esses suínos e macros…. isso parece narração de jockey club!) chegaram lá e começaram a metralhar os vegans! Putz, foi horrível. De dentro do Metropolitan saíram alguns teóricos (abstrato-expressionistas, netos de Clement Greenberg, vindos daqui de baixo, da Cedar's Tavern) e se confundiram. Tudo muito confuso. A NYPD chegou e pediu reforço . Cheiro insuportável. Chegou uma van cheia de Beano (que acalma o intestino pra quem come feijão e brocólis: acalma a fermentação de beans, portanto "bean-no"……). Depois vieram os carnívoros do Peter Luger e… mais não posso contar.

Este é o dia mais quente de NY e ainda estamos em junho. Claro que não estou no meu estado normal. Quem estaria? Dra. Paloma me abandonou, não me responde mais aos emails, então vou morrer de overdose de NEXIUM mesmo! depois vou tomar SAW Palmetto e ela vai se sentir super duper culpada. Mas tudo bem, porque no skype está documentando tudo tudo tudo.

Tem suíno batendo na minha porta. Até gorila tem: www.gorillatracking.net …. Caramba! Juro que vi o Gustavo de Gainsville lá! Como assim, Gustavo? McAble quer banir a cerveja, mas é casado com ela? A mulher dele é dona de cervejaria! Vai rolar divórcio?

Peraí que a briga está ficando feia!!!!! Chegou a turma do minimalismo….ih…ih…… agora são os minimaislstas contra os pedófilos! PRONTO. Isso está ficando NOJENTO. Vou ligar pro meu amigo Patrick Grant pra dar porrada nesse pessoal já que o pai dele eh policial em Detroit. Não, assim não dá! Posso jurar que no meio dos abstrato-expressionistas, eu vi o Carlos, enorme, usando um disfarce de Che Guevara, braços dados com o curador de culinária do Seventh Day Adventist Culinary Institute for Salmonella Enemies. Caramba. Aqui na frente do Metropolitan está uma loucura. Parece um quadro do Rosenquist, melhor, um quadro de Vincent Minelli (nao, esse só bordava, não pintava), um quadro de…… um cubista qualquer (nada a ver com Fidel) um bric a Braque.

Gore Vidal acabou de entrar…pra….(deus do céu ,o que eu vejo? Uma espécie de Millôr Fernandes? Não. Não é. É Gore Vidal……. acompanhado de uma mulher (estranho isso)…….. indo em direção a um vegetariano e PLAFT! (isso foi um tabefe na cara do vegetariano!)

Não. Isso não terá fim. Volto pra casa. Decepcionado mas volto. Já são 9 da noite, horário novayorkino, e a Andrea N. nem veio pra ver essa brigalhada toda. Todos os vegans aqui, o pessoal do Madras Café, todos estraçalhados na calçada (em frente ao Guggenheim, na 88 e Quinta Ave……). E a rosebud nada. Que vergonha. Paloma, minha doc ortomolecular de Sampa não me ligou, então terei que resort pro Fonville mesmo, e é Protonix mesmo, e que o Rivotril que me acalme depois que Nelson olhou pro Napoleão nos olhos e rasgou toda a obra de Rauschenberg, e Jasper Johns, bem na cara dele e, se a Lina Bo Bardi ainda estivesse viva, ah, ele iria ver, ah, ele iria ver, tando o Vidal Sassoon quanto o Nelson e o Napoleão.

Isso não ficaria assim, não. Mas não ficaria MESMO!

AHA!!!! AHA! está confirmado então! ERA O CARLOS SIM! o que te CONFIRMA????? Justamente o tal livro roubado! EU TE VI LÁ !!! com o livro roubado da tal velhinha! (não se faz isso num dia tão quente, nem mesmo numa década de 70, quando tudo era somente POPostra! E. Mau: Nexium é anti-ácido. Antigamente as pessoas tomavam ácido: hoje tomam anti-ácido! (frase que tornei famosa através da peça "Ventriloquist:").

Carlos: te vi correndo dos Suínos e dos Macrobióticos nesse dia quente até o momento dos raios caírem sobre Manhattney, e a chuva dispersar o Gore Vidal , Admiral Nelson e Napoleão! Te vi. I spotted YOU!
Gerald
The END of a terribly tragic day in Man hatt Ney
[O Vampiro de Curitiba]
Convenhamos: A criatividade das esquerdas é surpreendente. Enquanto alguns de nós se contentam em roubar livros de velhinhas (Que coisa feia, Carlos!), a companheirada tá passando a mão grande em bilhões. Isso que era "Socialismo" ? Sinceramente? Prefiro o bom e velho Capitalismo!

25 Comments

Filed under Sem categoria

25 responses to “O Brasil nao Gosta do Brasil: o dia mais quente do ano/suinos/macrobioticos/batalha final

  1. Contrera

    gostei dessa historinha do carlos. hoje tudo é relíquia antes mesmo de aparecer. e o que já deveria ter se ido, então? são tiranossauros rex em forma de petróleo! sim, pois são muito valiosas essas coisas (imaginem só quanto está se lucrando com aqueles programinha da tv dos 60 e 70, hoje)! quanto a essa história de POPozudismo, nunca me deixei engambelar. pop é o barulho das piPOCas. só isso. mau: tks, man! o título é: aqueles dias em que morríamos sem perigo.

  2. Sandra] [SP

    “não se faz isso num dia tão quente, nem mesmo numa década de 70, quando tudo era somente POPostra!” Puxa, Carlos! Que invejinha! Quando eu crescer também quero ganhar um aluguel maravilhoso desses.

  3. Sandra] [SP

    “Antigamente as pessoas tomavam ácido: hoje tomam anti-ácido!” DEMAIS!!!

  4. Sandra] [SP

    Carlos… subiu no meu conceito. Afinal, é QUASE a tradição. Meu pai costumava dizer: Trouxa é quem empresta um livro, e mais trouxa é quem devolve.

  5. Sandra] [SP

    “Eh Gore Vidal…….acompanhado de uma mulher (estranho isso)…….. indo em direção a um vegetariano e PLAFT! (isso foi um tabefe na cara do vegetariano!)”
    QUERO MORRER SUA AMIGA!

  6. Ana

    Ah, sei lá. Numa dessas, fico com Amy Winehouse: “They tried to make me go to rehab // but I said ‘no, no, no’!”

  7. fábio] [são paulo

    ..CArlos…?..Que mais tinha nas caixas da vélhinha..?!..Cara, eu adóro COISA antiga.., enfeite de NATAL, ENTÃO….PUTZ,..EU ADÓRO!.vOCÊ jogou TUUDO no LIXO?!!
    ..por que você não pediu prá éla te DAR, MEU?!..aí eu te mandava uma graninha e vc me mandava pelo FEDEX…esses enfeites devem ser dos ANOS 60..! e são super LEGAIS…e se você pedisse o livro prá éla, acho que éla te daria, né ,não!..não precisa roubar, né amigo…isso não combina com você, CARLÃO!(..mas conta aí…que que tinha lá..?)

  8. Mau

    Bahhh – o ultimo passo da Arte conceitual – da Land Art foi o 11 de Set – 2 avioes enfiados em duas torres – dois penis cortados – é o fim do absurdo – se alguem ver a Leila Lopes por aí diga que tenho um roteiro porno pra ela filmar – sem titulo – ainda.Ja sei, deixarei o titulo pro Contrera.

  9. Lilian] [ipatinga : MG

    Ai meu Deus… mais absurdo naoooooooooooooo… ja chega!!!
    ja chega. ABSURDO HIPOCONDRIACO… medo de ser absurdo Gerald CORAGEM VC TB EH BRASILEIRO… soh que fazer ABSURDO em NY ja chega a ser estranho depois do 11 de setembro… a catedral do absurdo caiu…e as pessoas voltaram a se enxergar na rua… que coisa nao Gerald….um absurdo mesmo.

  10. Carlos_em caráter extraordinário e derretendo] [NY

    Estou por fora de tudo isso, afinal estou bem acima da 45st. “Aca no hablamos inglish!Aca no hablamos de nada”. Vejo no site no NYTimes um monte de ovo estrelado com cebola e a palavra minimalismo!?Deve ser isso que o GT está falando. Eu ainda estou no capítulo da pop art aqui no blog. Já disse que não consigo acompanhar. Fui ajudar uma velhinha a tirar caixas do alto do armário outro dia. As caixas estavam lá, intocadas, por 35 anos. Havia um livro sobre a pop arte (que roubei). Era de quando pop arte ainda era pop. Quando o minimalismo não era pop, mas era uma proPOPsta…e não ovos estrelados com cebola. Havia enfeites de Natal de exatos 35 anos atrás também. Que melancolia naquelas caixas, aquele era o Natal de 1973. Provavelmente achavam que o mundo iria acabar a qualquer momento e salvaram as caixas pra quem as encontrasse no futuro. Pois o futuro chegou e com um atraso de 35 anos os enfeites tomaram o rumo certo: lixo. O que mais foi pro lixo??Não sei. Aca no hablamos de nada.

  11. Mau

    KKkk, rivoltril com açaí é PHODA heim – o meu rivoltril é de safra diferente. Gerald do ceu, vc é a reencarnação do Spider jerusalem, que ja é a reencarnação do hunter thompson, direto das paginas dos quadrinhos (so lendo pra saber) – Nesse outono ventoso de SP – eu comi feijoada caseira, mas apenas coloquei o pé de porco pra dar um gosto – na hora H eu rejeitei o pé e a orelha de porco e fiquei só no feijão – hj parece que estou metade vivo (ja disse isso) mas é assim q tô – metade outra sei la. Esse Nexiun nao conheço – é de qual safra?

  12. fábio] [são paulo

    ..Nóssa, Gérald…!? Que DOIDERA é éssa..???!!..não entendi patavina..!!tá rolando manifestação aí nas ruas MESMO??!
    ..”grupos” distintos tão se atracando..??!..os suinos são a FAVOR de comer CARNE..?..ou são os REPUBLICANOS..?!…ou é OS DOIS, AO MESMO TEMPO..!?..afff, maria…!

  13. Helen] [hoje eu sei

    ah!….

  14. Contrera

    parte do brasil realmente não gosta do brasil. creio que seja a mesma parte que sempre preferiu viver sustentada, na prática ou em mentalidade, pelos poderes vindos de fora. essa parte sempre prefere espetáculos estrangeiros, referências estrangeiras – mesmo que não as compreenda -, comidas estrangeiras – que prefere mesmo sem conhecer as próprias, por medo do desconhecido (vixe!) -, mulheres ou fisionomias estrangeiras – as polacas, por exemplo, que deram origem à nossa ditadura das loiras (burras? de onde viria isso, pergunta-se o antropólogo aqui). mas o mesmo aplica-se também à tecnologia. quem decide ficar por aqui prefere optar pelos métodos antiquados. quem gosta de variar adota qualquer badulaque, especialmente se for realmente inútil. c’est la vie. (ih, me traí!!!!) carinhos contrera

  15. O Vampiro de Curitiba

    Gerald, não tente entender o ser humano, não perca o seu tempo com ingratidão ou traições. Você sabe quem você é e muita gente também sabe. Muita! Enquanto isso, vamos nos empaturrar com pato ao tucupí e encher a cara com suco de açaí. Depois a gente fala mal deles.

  16. Gustavo] [Gainesville, FL

    Gerald, PIOR É O MCCAIN/ MCABEL que quer vetar a cerveja! Eu vou beber o que? Sangue?! Isso o Vamp já faz. TROPICANA?! Odeio a Tropicana, usam 10 vezes a quantitade de agrotóxico que usam no Brasil. Água nem pensar, tá cheio de treco dissolvido. Suco de Tomate com salmonella?! O jeito é torcer pro Obama, esse pelo menos não vetaria a cerva nossa de todo dia.

  17. Sandra] [SP

    Eu me contentava com aquela sua prancheta. Tudo bem que eu não sei desenhar, mas que é linda, é!

  18. Marina S.

    ha! adorei a defesa brasilianista da culinária nacional! mas vc tem razão. a gente entra num restaurante e tem que saber falar e ler ou francês ou italiano. eles poderiam pelo menos fazer um cardápio bilingüe.
    é difícil mesmo comer feijão com arroz. mas as vezes rola um “prato de criança”. a maioria dos restaurantes tem. e aí come-se bife, com feijão arroz e batata frita. pronto. alegria geral da nação.
    O Bar da Graça no horto (RJ) tem umas comidas ótimas – tapioca, carne seca com abóbora, etc. O Aprazível em Santa Tereza, também tem ótimos pratos que defendem as pratas nacionais.
    melhor parar antes que isso aqui vire um guia gastronômico…
    Gerald, trabalha em SP mas vem comer no Rio mêu. tem açaí em cada esquina.

    ah, sorry, mas eu também quero um Iphone!

  19. Marina S.

    ha! adorei a defesa brasilianista da culinária nacional! mas vc tem razão. a gente entra num restaurante e tem que saber falar e ler ou francês ou italiano. eles poderiam pelo menos fazer um cardápio bilingüe.
    é difícil mesmo comer feijão com arroz. mas as vezes rola um “prato de criança”. a maioria dos restaurantes tem. e aí come-se bife, com feijão arroz e batata frita. pronto. alegria geral da nação.
    O Bar da Graça no horto (RJ) tem umas comidas ótimas – tapioca, carne seca com abóbora, etc. O Aprazível em Santa Tereza, também tem ótimos pratos que defendem as pratas nacionais.
    melhor parar antes que isso aqui vire um guia gastronômico…
    Gerald, trabalha em SP mas vem comer no Rio mêu. tem açaí em cada esquina.

    ah, sorry, mas eu também quero um Iphone!

  20. Sandra] [SP

    E Sampa é uma das maiores cidades italianas, não sabia? Meu marido e família já descobriram. Se eu perguntar a eles o que preferem: A, B, C, D ou macarronada, a macarronada ganha com unanimidade. Estou começando a ter ódio de macarronada.

  21. Sandra] [SP

    Tenha dó, Gerald! Arroz e feijão a gente come em casa, né? Vou dizer o que a gente acha em Sampa: segunda: virado à paulista; terça: dobradinha; quarta: feijoada; quinta: macarronada; sexta: peixe; sábado: feijoada de novo; domingo: jejum pela paz mundial. Ou vai no kilão, né? Ali você mistura de tudo e faz aquela gororoba. Pior que o seu açaí. No Fasano não tem essas coisas mesmo!

  22. Lu

    Esqueceu do alerta de tornado!

  23. Mau

    Indigestão – essa NY deve ser a mesma retratada em Transmetropolitan de Warren Ellis (dos quadrinhos) tão bem descrita por Spider Jerusalem do futuro – ate NY tem seu dia de SP – ao menos aqui brilha um Sol de Outono (o do verão eu odeio) e venta muito. Coisa do ciclone que vem do oceano. Estou parciamente vivo (metade de mim acordou) que coisa horrorosa.

  24. Sandra] [SP

    a) ( ) Está mesmo acontecendo algo. b) ( ) Açai me deixa tão criativo!… Que farei para passar o tempo nesse calorão? Ah! “Tirar” meus leitores!

  25. Sandra] [SP

    Gerald, mastigar 100 vezes arroz integral é necessidade, não mania.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s