nO Globo



32 Comments

Filed under Sem categoria

32 responses to “nO Globo

  1. Lúcio Jr] [Bom Despacho MG Brasil

    Oi, Gerald, sou totalmente solidário com você: precisamos criticar Israel. Sou contra o sionismo se ele for esse nacionalismo de direita, nacionalista e colonialista que construiu o muro lá (muro é coisa tosca em tempo de internet!)
    Gerald, todo mundo fala o que você falou, mas um gênio não pode falar, esse é o negócio.
    Tenho um amigo que é jornalista em Juiz de Fora e se chama, Laerte Braga, cujos artigos reproduzo em meu blog. Ele compara a política de Israel a Shoah e o nazismo há muito e não dá galho algum para ele.
    Precisamos assumir nossos holocaustos pessoais, nosso Hitler na escola de samba, botar para fora, mesmo!
    Contrera, por exemplo, gosta ou não de Pinochet? Me parece que já ouvi falar que existe um governador do tempo de Pinochet com sobrenome “Contreras”, isso é verdade?
    Bjs, Lúcio Jr.

  2. Contrera

    entendo mas não consigo lidar com grosserias. o arrabal age como um imbecil, realmente. e responder a ele é inútil. lamento se em minha reação magoei o gerald. mas repito: não consigo lidar com grosserias. e sem cultura realmente eu já teria me matado. por isso me exaspero com esse tipo de bobagens. carinhos contrera

  3. Sandra] [SP

    Puxa, Ana… Seja qual for o motivo, dá arrepios quando vejo aquele símbolo.

  4. Ana

    Sandra, eu acho que ninguém precisa de um templo por consistir um. Se for isso os judeus acabaram dando sorte. Sobre o local especificamente: parece que existem lugares muito propícios em Israel para a prática do ritual judaico. O motivo só eles sabem. Sobre o Falun (suástica no sentido anti-horário) ou a “Grande Roda do Sol”, é o termo que designa a evolução universal. Tem a ver com fertilidade, criação, remanejamento, movimento criador. Ao contrário, inverte-se tudo. Que loucura! Hipótese 1: Alguém “pregou” a suástica invertida dentro do partido como símbolo de grandeza (mas Hitler não era medíocre; ele saberia). A suástica no sentido horário é a representação lunar, enquanto a budista é a solar. Hitler mexeu com espelhos e não com a essência do que ele pretendia. É tudo um jogo, tudo um jogo. Só que eu não consigo entender pq., para se organizar uma sociedade, é preciso matar mais da metade dela.

  5. Ana

    Eu não entendo a guerra. Nunca vou entender. Guerra já devia ser um termo de museu. Junto com todos os instrumentos de tortura, para, no mínimo, crianças rirem da imbecilidade humana de épocas passadas.

  6. Sandra] [SP

    Ana, sempre ouvi falar que o que diferenciou a religião judaica das demais, tanto que ela serviu de base para as demais religiões monoteístas, foi justamento o fato de os judeus não precisarem de um templo, e dessa forma, poderem rezar e manter um contato com Deus onde quer que estivessem.

  7. Sandra] [SP

    Ana, estou boiando totalmente, mas amei, amei, amei o assunto. Indique-me alguma referência, please! E, abusando de seu conhecimento, você sabe por que a suástica é o símbolo do budismo invertido? Tive um choque quando o vi pela primeira vez.

  8. Ana

    Aproveitando: alguém já ouviu falar nas “crianças Índigo”? E nos “Índigos adultos”?

  9. Ana

    Sandra, o conjunto de escrituras sagradas judaicas chama-se do Tanakh, e é o mesmo conteúdo do antigo testamento sendo que as divisões dos livros são diferentes. Os cinco primeiros livros bíblicos, e principais são chamados de Pentateuco, que é mais conhecido por Torá (=instrução), que designa o aprendizado mais amplo das escrituras sagradas judaicas,e que foram escritos por Moisés. Para não existir uma briga entre romanos e judeus, fez-se a Bíblia católica com o antigo testamento, e os romanos, muito espertos se aproveitaram das palavras de Jesus para contradizerem o primeiro. O que era “olho por olho” passou a ser “dar a face mais uma vez”. Eu, particularmente, acho que o Torá ensinava o homem a viver sobre a terra, com leis terrenas, e o segundo testamento ensina os homens a plantarem sementes para uma vida espiritual, pq. fica claro que se se mantiver o “olho por olho”, nunca sairemos do ciclo cármico.

  10. Ana

    Putz, fui rasa. Israel tem mais história do que decisão, para ser a “Terra Prometida”. Já havia menção à Israel por parte dos egípcios como a “Estrela de Israel”. Bom, se a gente for pelo livros, como eu fui, tudo não passa de dados históricos. Já, se a gente fuçar na Doutrina Secreta de Blavatsky, a gente cai na questão das raças (enquanto períodos), que, parecia, era o que Hitler supostamente procurava alcançar, fazendo prevalecer a raça ariana, de forma autoritária. Mas a questão da raças proposta pela Doutrina Secreta de Blavatsky nada tem a ver com mitigar uma em função de outra. Apenas fala em sete raças matrizes. A quinta raça estaria “chegando” agora. Ou seja, a questão racial não tem muito a ver com o prisma que enfocamos. Pelos estudos ocultistas, os judeus são considerados os seres da raça mais inteligente a habitarem o planeta. (Ct.)

  11. Ana

    Para Blavatsky estaríamos vivendo o PERÍODO da Quinta Raça-raiz, a Raça Ariana. Hiller pegou ensinamentos “sagrados”(porém apócrifos), e forçou uma baita barra. Tanto que deu errado, apesar do estrago. Ao menos dá para entender a necessidade de Israel ser judia totalmente, e um estado à parte. Israel guarda locais sagrados específicos para a prática do judaísmo, e muito provavelmente ali estão ancoradas energias fora do comum. Sob o domínio constante por outros povos, e a expulsão em massa dos judeus, daquele espaço, tiraram desse povo o direito ao seu “altar”, digamos assim. Puxa, me interessei pelo assunto! Vou atrás de mais!

  12. Sandra] [SP

    O que são as escrituras sagradas?

  13. Sandra] [SP

    Não era mais fácil você dizer o que lhe incomodou, Diana?

  14. Sandra] [SP

    Por que os judeus precisam de Israel? Precisam saber que, em algum lugar, têm uma casa? Não se sentem em casa aqui?

  15. Mau

    É muito chique ser processado pela ONU … hahaha EU TBM QUERO.

  16. Ana

    GUTA RUIZ, se você ler isso, escreva novamente, plis… Eu perdi seu e-mail. Desculpe, deu crash aqui. Beijos

  17. Ana

    Antes que alguém entenda errado: leia-se “terras desprometidas” como o espaço do debate que não aconteceu. É totalmente simbólica a alusão que eu fiz, ok? Hum. Só pra deixar claro.

  18. Ana

    E, Vamp, puxa, me senti honrada! 🙂

  19. Ana

    Entre terras desprometidas, falar sobre qualquer coisa pode soar mal. Mas isso é sintomático. A tal terra prometida está nas escrituras sagradas. Os judeus decidiram que seria Israel. Assim como o Messias que eles esperavam não era Jesus, Israel também podia ficar fora dessa. Sim, e sem desrespeito algum. Sim, porque digamos que se prometeu algo que se tornou impossível de cumprir seu papel enquanto promessa. E fica uma eterna DOR sendo arrastada como justificativa. A gente vive buscando justificativa para DOER. Acho isso um horror. Assumamo-nos: doemos e, às vezes, nem precisamos de motivos para isso.

  20. Lilian] [Ipatinga / MG

    Vou pensar numa coisa bem
    “Geniallll” Vamp… Deu vontade de ver o Peter Brook. Vai estar em Brasilia Vamp?

  21. Diana Mourão

    Qual o telefone do seu psiquiatra?

  22. Sandra] [SP

    Vamp, adorei a escolha da frase e seu comentário: “Não basta ter talento e gostar de escrever, tem de ter coragem e postar.”

  23. Sandra] [SP

    Você se sente em casa, Gerald?

  24. Sandra

    Nossa… Você tem um olhar MUITO forte.

  25. O Vampiro de Curitiba

    Lilian, paixão linda, eu juro que daria a “Frase da Semana” à você. Mas você some, não fala nada…

  26. O Vampiro de Curitiba

    Tá louco, viu?! Esse assunto me aborreceu profundamente. Como discontrair? Ah, já sei! Sim, e o que mais poderia ser? Claro, a “Frase da Semana”! Na verdade a dessa semana é uma homenagem à poetisa do blog, Ana Peluso: “Estou passando pela longa noite da alma// sob meu poder dançam corpos e vontades// mas não os toco// não os toco // para sentir mais e a mim// e a minha mão// que ali sobre o caminho entorna obediências // ela asquiesce// não há porvir para as Rosas// não há porvir”. É isso aí,Ana! Não basta ter talento e gostar de escrever, tem de ter coragem e postar. Parabéns!

  27. O Vampiro de Curitiba

    Péra aí! Tem alguma coisa errada nessa história: No Rio Grande do Sul existem vários grupos neo-nazistas. E os gaúchos querem fazer esse auê todo por causa de uma brincadeira do Gerald? A ONU o processando? A ONU não teria nada mais importante para fazer? Tanta tortura, tanta fome, tantas ditaduras no mundo e a ONU vai processar Gerald Thomas? Por aquilo? Putz… depois reclamam quando se fala em “indústria do Holocausto”…

  28. Mau

    Elie Wiesel pregou discriminação tanto quanto nazistas. Ah, elites judaicas, coroneis do norte/nordeste, nazistas, fascistas, enfim – dá tudo na mesma.

  29. Alexandre Vargas

    Oi Gerald. Não sei se você leu o que escrevi a respeito do encontro em Porto Alegre…caso eu tenha falado alguma besteira te peço desculpas. Foi uma pena nao ter conhecido você, mas tentarei outras vezes. Penso que de uma maneira muito particular você da seguemento a algo de Beckett. Quando a tua escrita me chega, mesmo tendo dor e tristeza muitas vezes, ela eleva o meu afeto. Obrigado pela oportunidade de escuta.
    Cordial abraço

  30. Sandra] [SP

    A quem está processando o Gerald: Poderiam processar-me se eu dissesse o que ele disse, mas ele não. Ele tem toda uma história de vida que o autoriza a usar um discurso mais agressivo, pois, em sua boca, isso não é sinônimo de ódio. Resumindo: ELE PODE! E eu adoraria que os senhores comprassem essa briga intelectual e mostrassem a ele que Israel é a terra prometida. Seria um lindo debate. Ninguém vai encarar?

  31. Sandra] [SP

    “A arte não tem nenhuma importância hoje em dia. A política tem.” Que é isso? Políticos passarão todos, mas a arte é eterna.

  32. Sandra] [SP

    “Dizem que Israel é a Terra Prometida. Mas prometida por quem? Onde está escrito isso, eu quero ler essa carta” Tradução: Eu não sou só um rostinho bonito, EU LEIO MUITO!!! Terão que rebolar para discutir comigo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s