O mais belo Juiz da Suprema Corte dos USA

Thurgood Marshall foi "O" juiz da Suprema Corte dos Estados Unidos, um "amante da Constituicao dos Estados Unidos da America". Seu nome vem a tona o tempo todo. Isso quer dizer que Ele teria sido o mais importante? Cabe esse tipo de "julgamento" (sem trocadilhos) quando esta em jogo a vida e obra de um jurista, mesmo sendo ele um dos mais notorios. Sim, no caso dele, sim. E porque? Por ter sido o primeiro negro a ocupar o cargo. Marshall nasceu em 1933 (pensem que doideira: ele nascia enquanto Hitler fazia seus discursos nazi-fascistas em Marienplatz em Munique) mas ralou pra chegar onde chegou e nao havia nenhuma 'affirmative action' a apoia-lo na epoca em que estudava: ao contrario! So pedras em seu caminho.

Ele foi barrado pela University of Maryland por causa da segregacao. Foi entao pra Pennsylvania, onde acabou sendo aceito e, em contrapartida, processou a Universidade de Maryland, tornando-se uma figura notoria e combativa nos meios juridicos americanos. Sua historia eh linda e muitissima inspiradora.
Trago o caso de Thrugood Marshall a tona por causa do manifesto entregue com as 113 assinaturas (minha inclusive). A questao da cor, da raca, da etnia, de onde se vem, o pigmento, que tipo de labio se tem ou qual credo religioso pode te mandar pro paredao ou te impulsionar pros mais altos ranks dos "Gentlemen's Clubs"

E justamente nesse momento o ator Lawrence Fishbourne esta com um espetaculo solo na Broadway, no Booth Theater, sobre a obra e vida de Marshall (nome dado na certidao de nascimento era Throughgood Marshall, se fossemos traduzir literalmente, seria algo como…..totalmentebom ou intensivamentebom! Ele era lirico, poetico e um juiz. E atravessou a barreira da cor e era uma das pessoas mais sofisticadas que a America ja conheceu.
O que eh legal sao fraternidades. Associacoes. E elas nao sao legilsdas, nao sao regidas por governos: quanto MENOS governo melhor!
Marshall se associou a o "Alpha Phi Alpha", o primeiro inter-colegiado negro estabelecido em 1906. As liberdades civis estao anos luz a frente aqui nos USA. Nao eh um governozinho de merda com um projeto racista que vai agora tentar implementar um apartheit no Brasil, sera?
Ah, sim, Contrera, voce comenta sobre John Rawls e a Theory of Justice ou o Social Contract. Prefiro nao fazer um estudo academico do assunto. Mesmo porque nao sou academico e muito menos jurista. So queria mesmo era highlight o Marshall nessa epoca de cotas e porque o Fishbourne esta com um solo em cartaz na Broadway.
Isso aqui eh assunto pra preencher tres quarteiroes: From the Bombing of Hiroshima aos campos de concentracao dos proprios japoneses dentro dos EUA durante a 2 Guerra. Mas nao eh sobre isso!

Gerald Thomas


do Vamp
Ahh, para quem quiser se juntar aos 113 anti-racistas e assinar também o manifesto, o endereço é: http://www.petitiononline.com/antiraca/petition.html.
O Vampiro de Curitiba


Fabio Fabio!
Sabe, o Gilda e Sandraquãntica..!! Vocês tem cabelo…"PICHAIN"..???…?Vocês quando vence o "DESOSORANTE" fica um PUTA CHEIRO RUIM…???Vocês tem um NARIGÃO AMASSADO NO MEIO, com umas PUTA VENTA, ENÓRMES.?????Vocês tem OBTURAÇÃO NOS dentes que já foram cariados?????Vocês, JÁ TRABALHARAM FAZENDO FAXINA,LIMPANDO PRIVADA dos outros e sendo MANDADAS entrar e sair pelas PÓRTAS dos FUNDOS?? jÁ TRABALHARAM com "PINTURA DE PAREDE" sem nenhum "contrato" e NA HÓRA DE RECEBER O DINHEIRO COMBINADO, o "dono" te PAGA A METADE E AINDA TIRA SARRO DA TUA CARA?????!!!Já tabalharam num LUGAR onde, quando SÓME ALGUMA COISA, TOOODO MUNDO ÓLHA PRÁ VOCÊ TE ACUSANDO SEEEEEM PRÓVAS! E VOCÊ TEM QUE FICAR DE BOCA FECHADA!!!!!!!….acho que a respósta que você VÃO DAR É…!! NÃÃÃÃÃO, né!
fabio

Caramba!
[Carlos] [US]

ERRADO VAMPIRO, tuas mensagens foram muito ruins, lamentáveis, como de costume. Mas também como de costume você aproveita o formato dos blogs pra se safar colocando 500 mensagens depois tentando tapar os buracos da tua retórica manca. Você mencionando OBJETIVIDADE??? Oras, mas não foi você quem disse que não se deve olhar pra trás????Então porque você não é HOMEM suficiente pra dizer isso para um negro????Vai lá cara. Fala que você é o Vampirão do blog, olha pro negro que só apanhou a vida toda e diz pra ele que a escravidão é passado, e que EM BREVE ELE VAI SER TRATADO COMO OS BRANCOS (outro absurdo que você despejou aqui que só a Ana pegou no teu pé). E que papo é esse dos 113 ANTI-RACISTAS?? Que acusação é essa? Quer dizer que quem não assinar é RACISTA?? E você está acusando o governo de ser racista?? E o que teu governo do coração fez sobre isso???DEPENDENDO DE GENTE COMO VOCÊ, SABE quando alguém da classe baixa chegaria ao poder?? Isso mesmo: JAMAIS.

Vamp X Carlos
Eu havia dito, num comentário abaixo, que "tirando um ou outro (que são contra tudo)"…Pois é, agora vocês sabem de quem eu estava falando, né? Eu estou errado, apenas isso! Em quê? Onde? Por quê? Argumentos? Não, nada disso, o Vamp está errado e pronto! O Carlos teve a oportunidade de demonstar todo o seu brilhantismo respondendo a pergunta que eu fiz em outro comentário mais abaixo. Fez isso? Deu sua opinião? Não, se limitou a relinchar que meus comentários são "muito ruins, lamentáveis". Por que esses comentários lamentáveis ferem tanto sua vaidade, Carlos? O que está em jogo, afinal? Eu não consigo entender! Eu estou lhe tirando algum espaço? É isso? Ou você está apaixonado por mim? Não estou sendo irônico, não! Você está? Apaixonado por mim? Se estiver, fique sabendo que eu gosto é de carinho, não de má educação.Já estávamos em outo post, outro assunto, mas o Carlão não ficou satisfeito. Agora eu entendo por que ele é tão apegado ao passado, se é que vocês me entendem… Vamos lá! Espero não ser preciso desenhar: Éramos iguais perante Deus. Como Deus morreu, somos, sim!, diferentes. Uns superiores, outros, portanto, inferiorres. Até aqui, tudo bem? Prossigamos: Julgar se alguém é superior ou inferior pela cor da pele, pelo tipo de cabelo, em pleno século XXl, não é nem mais preconceito, é burrice pura e simples. Se existir um negro superior a um branco (e existem milhões de negros superiores a milhões de brancos) toda tese racista vai a baixo. No mais, a ciência já prova que não exstem raças, somos todos de uma única espécie, a humana. Mais claro que isso, Carlos, é impossível!
O Vampiro de Curitiba

Fabio X Gilda
Bom, vãmo lá..né(.ai geôvá…dai-me fôrça!)!..Cara, GILDA-RIO!..Pósso perguntar uma COISA?..Você trabalha com que?..Você já trabalhou em RESTAURANTE por QUILO..?..SABE POR QUE??!..Tem uma função, nos restaurantes por quilo, aqui de sp que se CHAMA…: SALADEIRA!..o que é uma SALADEIRA??? ..é a mocinha que faz AS SALADAS que vão PARA O BIFÊ!!..DIGO ISSO, por que seu "TEXTO" PARECE UMA SALADA de restaurante por QUILO.!!!Você coméça o texto dizendo que os EXEMPLOS que DEI, são problemas de "CLASSE SOCIAL" e "nãão DA COR DA PÉLE"…e TERMINA dizendo que "ORIENTAL TEM CABELO PRETO E PINTA DE LOIRO"…e ainda, me questiona se isso "É RACISMO"?! E ainda fala que EU ESCREVO SEM "NÉXO"…?!….sê tem certeza que VOCÊ não acabou de chegá de uma fésta REIVE aí por pérto da sua casa???!!!!das DUAS UMA..!OU VOCÊ fumô um DU BOM..!ou você frequenta as fésta daquela soçialaite que fez RECEPÇÃO pro PRÓPRIO CACHORRO e saiu na CARAS!(lembra, aquéla que tem umas padarias aí no RIO.)ESQUECI O NÓME DÉLA.
fabio

Carlos X Vampiro
VAMPIRO: em primeiro lugar, eu me referia sobre o que você disse que não se deve olhar para o passado. Eu sugeri então que você dissesse isso para um negro, sabendo-se que, há poucas gerações, o sujeito teve a família retirada na porrada de seu país e transformada em animal de carga. Muitos ainda são vistos dessa forma. É nesse sentido que me refiro ao passado e como NÃO se pode ignorá-lo. Foi esse UM dos meus agora INÚMEROS protestos contra suas colocações feitas aqui recentemente, mas que você acaba de dizer que reitera tudo. Você sempre pede racionalidade, mas infelizmente o que você oferece é na maior parte das vezes historicamente errôneo e distorcido. Você parece incapaz de entender que as coisas tem várias camadas. Você revela a superfície de algumas coisas como se não houvesse mais nada por detrás. Sua visão dos EUA é exatamente assim, por exemplo! Mas a mesma superficialidade vai sendo revelada em praticamente TODOS os assuntos.(cont) Mas daí você diz que é necessário "racionalidade". Meu caro, racionalidade não é simplificação das coisas, não dá pra criar uma linha reta se a problemática é um emaranhado de curvas. Tua racionalidade, nesse caso, é mais uma vez uma distorção, você força um "resultado" baseado no teu microcosmo. Desde sua defesa de George Bush, McCain, passando pelo seu ataque à geração de 68, a sua ultra simplificação do Banco dos Pobres chegando até a discussão das cotas, as coisas que você escreve são carregadas de um maniqueísmo estéril. Mas claro, eu é que sou o ressentido. Pois bem, vou tentar ignorar, mas tem hora que a aberração chega a ser violenta, cara. E não adianta vir com frases prontas sobre diálogo e depois despejar um festival de superficializações. Não entendeu o veneno da tua frase dos "anti-racistas"?????Oras meu caro, eu já te disse, se você está afim de ironias, de sarcasmo, então não discuta problemas reais, entre num blog de humor e divirta-se aos montes!! É ótimo!!
Carlos

GILDA X Fabio
FABIO,pelo visto não gosta de ler.Respondi como salada pois seu texto foi uma salada e me detive a tocar nos pontos q vc tocou.E com pessoas obturadas e radicais, procuro responder no mesmo nivel, p/ ver se entende. Mas se quiser partir para a ignorancia e agressão,tb topo. O q vc faz na vida além de alugar filmes em locadoras p/ reforçar ainda mais seu radicalismo? Pelo visto depois de ver um filme vem p/o micro escrever..!Minha salada foi mista como a sua,apenas a sua foi de merda:de galinha,de cavalo,de porco de cachorro, etc, mas não sou saladeira,nem gari,lixeira,ou agricultora. Se escrevi sobre COTAS é pq meu dia a dia é com alunos cotistas e não cotistas na Universidade pública aonde leciono há 25 anos.Até o momento não senti diferença no nivel dos alunos e nem sem quem é cotista e quem não é.Se vc não conhece os meandros do sistema de cotas,vá conhecer antes de escrever algo,ou cairá no ridículo.Deve ser um Mauricinho revoltado com o mundo.Já fui assim tb,mas tinha educação
Gilda

Como poderia saber? Esse post eh sobre o Marshall!
do Krioullo (RS)
Só esqueceu de falar que depois do show do racionais os negros voltam de ônibus, se não for parado pela polícia claro. E por falar em racionais, me parece que você nunca os ouviu ou não falaria tanta asneira com relação às condições dos negros. Essa visão pollyana pode ser muito bonita e fazer sucesso em alguns contextos mas não trazem bons empregos nem colocam negros em boas faculdades. Repetir que a questão é estética ou de ordem financeira não faz com que a tal questão magicamente se transforme em estética e financeira. Você não é absolutamente dona da verdade e existem outras hipóteses tão ou mais consistentes que as suas que fornecem boas explicações para o problema do negro na sociedade brasileira. E novamente insisto que a análise é histórica e não contextual como você novamente faz. E Ana, ser agressiva e escrever como crítico de música "muderno" não faz de suas observações mais verdadeiras do que a de outros.
krioullo

krioullo] [RS]
Olá Ana…compreendo o lance do Gerald e concordo com ele e você, mas agora virou história. Fiquei meio destemperado, o que não foi algo saudável and I apologise myself. Continuo discordando sobre a questão cotas x inclusão/exclusão. É justamente por ser professor e observar a anos como esse detalhe da cor da pele e de alguns traços característicos afetam a construção da identidade do "ser negro" que milito a favor das cotas. São 400 anos de políticas excludentes com relação aos negros, oficiais e não-oficiais. Só com o tempo poderemos ter certeza do acerto ou erro dessa política. Falar que não dará certo agora sem dados objetivos é exercício de futurologia. Mas muito do que se colocava antes não tem se cumprido. Afirmações tais como o cotista não conseguirá acompanhar os outros alunos, o curso vai enfraquecer com alunos cotistss, o aluno cotista vai ser vítima de preconceito entre outras não tem fundamento nos dados recentes das universidades que adotaram cotas. Paulão krioullo

44 Comments

Filed under Sem categoria

44 responses to “O mais belo Juiz da Suprema Corte dos USA

  1. krioullo] [RS

    Só esqueceu de falar que depois do show do racionais os negros voltam de ônibus, se não for parado pela polícia claro. E por falar em racionais, me parece que você nunca os ouviu ou não falaria tanta asneira com relação às condições dos negros. Essa visão pollyana pode ser muito bonita e fazer sucesso em alguns contextos mas não trazem bons empregos nem colocam negros em boas faculdades. Repetir que a questão é estética ou de ordem financeira não faz com que a tal questão magicamente se transforme em estética e financeira. Você não é absolutamente dona da verdade e existem outras hipóteses tão ou mais consistentes que as suas que fornecem boas explicações para o problema do negro na sociedade brasileira. E novamente insisto que a análise é histórica e não contextual como você novamente faz. E Ana, ser agressiva e escrever como crítico de música “muderno” não faz de suas observações mais verdadeiras do que a de outros.

  2. krioullo] [RS

    continuando Ana, você se engana novamente ao analisar minhas opiniões como contextuais. Essa é uma das principais críticas que EU faço aos partidários dos críticos das cotas ao fazerem análises rasas e esquecerem os fatores históricos, como você fez ao citar o tal enfermeiro: analisou apenas o contexto e não entedeu as forças históricas que o levou a ter aquele comportamento. Eu poderia dizer que foi uma análise estúpida mas prefiro dizer que você analisou dentro de suas limitações. Quanto a minha interpretação das cotas ser “fria e egoista” nem preciso dizer que “fria e egoísta” é sua percepção da minha interpretação e isso tem a ver com o seu filtro e não com minha análise. O fato de existirem pessoas inteligentes entre os signatários do tal manifesto não significa que faz dele uma verdade. Prefiro como sempre, um pouco de empirismo e ver os resultados práticos (como os que a UFRJ já apresenta)e que mostram dados bem positivos. Chega de papo furado e façamos algo. Cotas já.

  3. krioullo] [RS

    Ana, ou sua interpretação do que eu afirmei (democracia é tratar de forma diferente o que é diferente) se mostra um tanto quanto frágil. Faltou reflexão para entender o fato de que a diferença tem que ser tratada como diferente e não como igual (ou você acha por exemplo, que devemos tratar exatamente da mesma forma um ladrão de galinha que rouba para comer e um ladrão de colarinho branco ou um político corrupto?). Sobre a questão de negros que você viu como enfermeiro tratarem de forma desigual as pessoas de cor, sugiro que leia alguns bons autores sócio-históricos e entenda como acontece a construção do sujeito dentro de uma sociedade em que uma determinada classe é dominante assim como os valores dessa classe (o que explica por exemplo, porque jogadores negros rapidamente passem a namorar loiras e comprar BMW’s e mercedes, os carros e mulheres símbolos da classe dominante). Ana, minha leitura é justamente o contrário do que voce diz, ela é histórica e não contextual…continua

  4. fabio] [s

    Cara, FILÓLÔGA, ana..! Já estamos no “RINGUE” de cima..!É melhór você subir, prá soltar suas “PÉLORAS”…!..Gérald, já vai tocar o SINAL….pro décimo RAUND.

  5. Ana

    Cota não é um racismo ao contrário. Cota é a institucionalização do racismo. E aí repito: NÓS NÃO QUEREMOS ISSO AQUI, NO BRASIL, UM PAÍS MESTIÇO, COM MUITO ORGULHO. Os racistas que se virem. Que resolvam suas questões estéticas num divã. Racismo escancarado aqui, nem pensar. Aqui, negros e brancos assistem shows do Racionais MCs, juntos, brigam por seus times em arquibancadas, choram juntos nas Copas, e querem todos um Brasil melhor. Um pega na pá, outro na enxada. E quando se vê um negro ocupar um posto de alto escalão, se sente orgulho. Se isso incomoda alguns brancos, ou mesmo alguns negros, que não galgaram o mesmo posto, problema deles. A questão, repito, não é racial, é estética e de ordem financeira. Enquanto a gente mascarar o problema, a diagnose fica imprecisa e abre espaço para comentários estapafúrdios, como os seus e os do Fabio (muito bem decifrado pela Gilda).

  6. Ana

    “Democracia é tratar de forma desigual aqueles que são desiguais e não o contrário. ” foi a coisa mais estúpida que eu já li. Por aí se vê porque somos um bando de escravos de um sistema que beira à falência (apesar da subida vertiginosa da Bolsa, ontem). Todo mundo leva o contexto da idéia às raias da elucidação teórica. Ah, me poupe. É demais. Se democracia é isso, fechemos o bico para tudo de ruim que acontece. Por que reclamamos, então, quando a água bate em nossa bunda? O correto seria não EXISTIREM DESIGUALDADES, e não alguém como vc, “Krioullo”, se aproveitar de uma leitura contextual para defender o seu ponto de vista, bastante frio e egoísta, por sinal. A questão dos 113 signatários tem representantes bastante inteligente para saber que as coisas não podem ficar como estão, e que as cotas só diminuem as chances de TODOS os negros terem acesso ao ensino superior. Peloamodedeus, que raciocínio é esse seu? Vc não leu sobre o caso dos gêmeos mulatos? Em que país vc está?

  7. Ana

    Então, “Krioullo”, justamente pq. os modelos de profissão para negros não são os acadêmicos, é que eles merecem entrar nas universidades em sua totalidade, e não através de cotas racistas, que deixam para eles apenas uma fatia fina das cadeira acadêmicas. Já se donos de lojas não empregam negros como balconistas, enfim, se pra eles só resta o trabalho forçado, foi pq. alguém, em dado momento histórico aboliu a escravidão mais por pressão da época do que por entendimento de igualdade racial. É muito fácil usar um povo como escravo, e depois soltá-los no mundo sem eira nem beira. (Ct.)

  8. Ana

    Ninguém pensou nas consequências porque é típico do ser humano comum pensar no aqui-agora. A questão “posição social” é tão forte que já vi negros como atendentes de enfermagem em hospitais públicos tratarem bem brancos, e tratarem mal negros, iguais a ele. Quer dizer, o que conta, não é a raça, nessas horas, mas o posto. E quem atende um doente está acima do doente. Sabe dessa superioridade, mas não faz jus à ela no momento em que discrimina gente da sua própria cor.

  9. fabio] [são paulo

    BOOm,…como a mulherada do blóg,digo,..”Sandraquãntica”, “AnaKHAREN´T” e agóra a mais nóva integrante, “GILDAsaladaRIOS” estão no FRÓNT, em defesa da maioria “BRANCA”, sugiro subirmos pro RINGUE DE CIMA, OK!..Pelo menos apareceu esse KRIOULLO AÍ, ÚFA!
    Até que enfim alguém do meu LADO!(Carlão…não esperava você ficar em cima do MURO, NÃO, VIU!)

  10. krioullo] [RS

    continuando… o médico e a enfermeira tratam diferentemente os bebês e a mãe negra comparada com os brancos. Durante a sua vida inteira o negro será tratado diferentemente, para o lada negativo é claro. Mas chega na unviersidade e surpresa: todos querem a tal democracia e que sejam tratados igualmente. Democracia é tratar de forma desigual aqueles que são desiguais e não o contrário. A universidade pública sempre foi 100% de cotas para brancos em seus melhores cursos e passamos décadas sem ouvir uma palavra dos Gerald Thomas de plantão com relação a isso. Quando os privilégios são questionados, rapidamente aparecem os discursos contra, travestidos de uma pseudo-preocupação com a “educação como um todo” mas que em sua essência quer o de sempre: manter as coisas como estão. Existe um estudo da FGV que mostra que se o ensino tivesse uma melhora incrível agora, levaríamos uns 400 anos para ter uma situação igualitária. Cotas é um “racismo ao contrário”? Que seja. O pior é não fazer nada.

  11. krioullo] [RS

    Se voce é uma criança negra quais são os seus modelos? Médicos? Dentistas? Psicólogos? Arquitetos? Engenheiros? não…com certeza não porque é difícil contar nos dedos de uma mão profissionais negros nesses ramos. Sobra o de sempre: pagodeiros e jogadores de futebol. Saia por aí e de uma olhadinha em quem dirige os bons carros nas ruas. Negros só vãs, ônibus e taxi. Vá ao shopping e olhe as melhores lojas. Será que negros não gostam de trabalhar nas melhores lojas? Porque não se vê nenhum atendendo por lá. Vá comer em um bom restaurante. Quanto melhor, menos garçons negros atendendo. Eu poderia continuar indefinidamente assim. Dou aulas em universidade privada e faço doutorado em públicas. Nos cursos que dou aulas psicologia, nutrição, fisioterapia, comunicação e educação física, só encontro negros no último. No doutorado sou o único negro em todas as turmas que tenho aula. negros e brancos são tratados diferentementes desde o nascimento (ver pesquisa da medicina USP que mostra que…

  12. GILDA] [RIO

    F raco
    A nacrônico
    B obinho
    I maturo
    O MANÉ do blog!
    ____________________________

  13. Ana

    Gerald, acho bom a gente colocar no rodapé do blog, ou na barra lateral (junto aos direitos autorais; coisa que eu já vinha estudando para o blog) uma nota mais ou menos assim “as opniões emitidas pelos leitores não refletem de forma alguma o pensamento do proprietário do blog”, pq. numa dessas, como a do Sr. Fabio Chatólogo, quem pode acabar pagando o pato é você. Isso não é coisa que se diga, nem de brincadeira, e não é por medo da justiça não, mas por respeito humano.

  14. Ana

    Caro chatólogo Fabio: eu sei muito bem como os negros são tratados nesse país, mas lembro novamente: não são apenas os negros a serem tratados dessa forma. Acorda. Que coisa mais chata essa sua retórica (coisa muito pior do que (hipó)tese). Também já ajudei pedreiro: você não é o único a ter passado por uma reforma, e ter algum sentimento no coração. Ou vergonha na cara. Ou não gostar de ócio. Ou seja lá o motivo que foi que te levou a ajudar o seu pedreiro. Eu também já ajudei pedreiro. Já levantei até parede. E o pedreiro que mais me emocionou com sua história era negro, veio do interior pq. não podia ser pequeno agricultor. (Ct.)

  15. Ana

    Os atravessadores acabam com a vida do pequeno agricultor. Vê se pára de pixar (você sim, um baita pixador de blog) essa sua posição em favor das cotas, como se ninguém soubesse o que os negros sofrem. Aliás, ninguém sabe o que cada um sofre, pq. a dor é de cada um é a dor de cada um. Mas solidariedade não é isso que você fez ainda agora, ao colocar o Joaquim Barbosa nesse patamar de vocabulário, que pode te render um processo, inclusive. (Ct.)

  16. Ana

    Lembre-se do neto do Chico Buarque e dos 90 mil que ele e Marieta Severo embolsaram (cada um) só pq. disseram que o neto deles era negro. Aliás, um erro, o embolso. Afinal, a criança é mesmo negra. Mas parece que houve discriminação. Que houve achincalhação, exatamente como você demonstrou agora. Se vc respeita tanto os negros quanto diz que sim, e se levanta tanto a bandeira a favor das cotas, não deveria ter escrito isso de forma alguma; nem pensar sobre um semelhante como você pensa, pq. quem diz, pensa antes de dizer. Ele não é pouca coisa. Sinceramente? Você nem sabe o que fala. À cada dia surta mais. E só.

  17. Ana

    SANDRA: também assinei o manifesto. E pretendo repassar. E ainda, FABIO: eu passei três anos com meu filho em hospital público. Sei muito bem qual é o tratamento dado a quem não tem RENDA nesse país. Vê se pára de confundir as coisas. Se os negros fossem ricos, haveria cotas para brancos. Se os negros – em sua maioria – são pobres, a culpa é dos brancos que os escravizaram, e quando os libertaram, não houve preocupação alguma com seus destinos. Tudo feito nas coxas, desde daquela época.

  18. Sandra

    “Ele era lírico, poético e um juiz. E atravessou a barreira da cor e era uma das pessoas mais sofisticadas que a América já conheceu.” Que demais! Ele e essa sua belíssima descrição!

  19. GILDA] [RIO

    SANDRA,
    dei uma lida na diagonal de algumas postagens e vi que postamos e pensamos bem parecido. Apenas vc consegue ser sintética, enxuta e eu sou prolixa pacas, escrevo muito para dizer pouca coisa. Parabéns!

  20. Carlos] [US

    (cont) Mas daí você diz que é necessário “racionalidade”. Meu caro, racionalidade não é simplificação das coisas, não dá pra criar uma linha reta se a problemática é um emaranhado de curvas. Tua racionalidade, nesse caso, é mais uma vez uma distorção, você força um “resultado” baseado no teu microcosmo. Desde sua defesa de George Bush, McCain, passando pelo seu ataque à geração de 68, a sua ultra simplificação do Banco dos Pobres chegando até a discussão das cotas, as coisas que você escreve são carregadas de um maniqueísmo estéril. Mas claro, eu é que sou o ressentido. Pois bem, vou tentar ignorar, mas tem hora que a aberração chega a ser violenta, cara. E não adianta vir com frases prontas sobre diálogo e depois despejar um festival de superficializações. Não entendeu o veneno da tua frase dos “anti-racistas”?????Oras meu caro, eu já te disse, se você está afim de ironias, de sarcasmo, então não discuta problemas reais, entre num blog de humor e divirta-se aos montes!! É ótimo!!

  21. Sandra

    Também assinei o manifesto online, Gerald. Espero que, em breve, não tenhamos mais que classificar-nos, e nem os nossos filhos, em raça nenhuma.

  22. Sandra

    Se alguém dá um diploma de médico para alguém que não é muito bom, suja suas mãos com o sangue do paciente. Se o aluno é suficientemente autodidata para recuperar sua defasagem durante o curso, deveria sê-lo para estudar sozinho para o vestibular, e para entrar sem cotas.

  23. Sandra

    Fábio, já namorei um rapaz negro, e considero-os muito bonitos. O preconceito é seu, que acha que deve premiá-los com cotas por serem feios (na sua cabeça). Eu acho que eles podem, por seu próprio esforço, vencer os preconceitos.

  24. Carlos] [US

    VAMPIRO: em primeiro lugar, eu me referia sobre o que você disse que não se deve olhar para o passado. Eu sugeri então que você dissesse isso para um negro, sabendo-se que, há poucas gerações, o sujeito teve a família retirada na porrada de seu país e transformada em animal de carga. Muitos ainda são vistos dessa forma. É nesse sentido que me refiro ao passado e como NÃO se pode ignorá-lo. Foi esse UM dos meus agora INÚMEROS protestos contra suas colocações feitas aqui recentemente, mas que você acaba de dizer que reitera tudo. Você sempre pede racionalidade, mas infelizmente o que você oferece é na maior parte das vezes historicamente errôneo e distorcido. Você parece incapaz de entender que as coisas tem várias camadas. Você revela a superfície de algumas coisas como se não houvesse mais nada por detrás. Sua visão dos EUA é exatamente assim, por exemplo! Mas a mesma superficialidade vai sendo revelada em praticamente TODOS os assuntos. (cont).

  25. GILDA] [RIO

    FABIO,pelo visto não gosta de ler.Respondi como salada pois seu texto foi uma salada e me detive a tocar nos pontos q vc tocou.E com pessoas obturadas e radicais, procuro responder no mesmo nivel, p/ ver se entende. Mas se quiser partir para a ignorancia e agressão,tb topo. O q vc faz na vida além de alugar filmes em locadoras p/ reforçar ainda mais seu radicalismo? Pelo visto depois de ver um filme vem p/o micro escrever..!Minha salada foi mista como a sua,apenas a sua foi de merda:de galinha,de cavalo,de porco de cachorro, etc, mas não sou saladeira,nem gari,lixeira,ou agricultora.
    Se escrevi sobre COTAS é pq meu dia a dia é com alunos cotistas e não cotistas na Universidade pública aonde leciono há 25 anos.Até o momento não senti diferença no nivel dos alunos e nem sem quem é cotista e quem não é.Se vc não conhece os meandros do sistema de cotas,vá conhecer antes de escrever algo,ou cairá no ridículo.Deve ser um Mauricinho revoltado com o mundo.Já fui assim tb,mas tinha educação!

  26. GILDA] [RIO

    SOBRE AS COTAS:
    sou contra o sistema de cotas pelos motivos q já expus ontem. Para quem não sabe,negro c/ grana não entra no sistema de cotas. E MAIS, alunos do Pedro II, CEFET, etc, tb não podem entar nas cotas de “alunos provenientes de escolas públicas” Sabem por que? Porque tanto o Pedro II qto as escolas técnicas tem um ensino EXCELENTE,este motivo não está sendo dado por mim de forma leviana não, FOI EXATAMENTE ESTE O MOTIVO DADO PELO GOVERNO. Querem mais clareza do q isso p/ mostrar q as cotas são p/ quem teve q estudar na rede pública e por isso JAMAIS CONSEGUIRIA ENTRAR NUMA UNIVERSIDADE?? Entrar entram, mas será q SAEM? Depende do curso.da história de vida do aluno e outros fatores intangíveis e/ou imensuráveis. Sou profa Universitária (PÚBLICA)há 25 anos e não senti o nivel cair devido ao sistema cotas,dou aula p/ engenharia,ciência da computação,etc.E não sei quem é cotista e quem não é,mas com a retirada do PII e CEFET´s não sei o q vai acontecer. CONT>

  27. fabio] [são paulo

    Bom, vãmo lá..né(.ai geôvá…dai-me fôrça!)!..Cara, GILDA-RIO!..Pósso perguntar uma COISA?..Você trabalha com que?..Você já trabalhou em RESTAURANTE por QUILO..?..SABE POR QUE??!..Tem uma função, nos restaurantes por quilo, aqui de sp que se CHAMA…: SALADEIRA!..o que é uma SALADEIRA??? ..é a mocinha que faz AS SALADAS que vão PARA O BIFÊ!!..DIGO ISSO, por que seu “TEXTO” PARECE UMA SALADA de restaurante por QUILO.!!!Você coméça o texto dizendo que os EXEMPLOS que DEI, são problemas de “CLASSE SOCIAL” e “nãão DA COR DA PÉLE”…e TERMINA dizendo que “ORIENTAL TEM CABELO PRETO E PINTA DE LOIRO”…e ainda, me questiona se isso “É RACISMO”?!
    E ainda fala que EU ESCREVO SEM “NÉXO”…?!….sê tem certeza que VOCÊ não acabou de chegá de uma fésta REIVE aí por pérto da sua casa???!!!!das DUAS UMA..!OU VOCÊ fumô um DU BOM..!ou você frequenta as fésta daquela soçialaite que fez RECEPÇÃO pro PRÓPRIO CACHORRO e saiu na CARAS!(lembra, aquéla que tem umas padarias aí no RIO.)ESQUECI O NÓME DÉLA.

  28. GILDA] [RIO

    Não nego a existencia de discriminação contra negros, gays,etc, mas que tem muita gente se fazendo de vítima (clientes e advogados) e faturando alto em cima disso: eu te garanto que tem e já presenciei e até postei aki.O q tem de hetero se fazendo de gay e criando tumulto p/ganhar uma grana boa, em nome do preconceito,discriminação e o escambau,não e pouco não. Livros,filmes,ralatos tem de tudo e de ambos os lados. Me dê exempos do dia a dia, da vida real e não de fimes maniqueistas.Esta visão americana de winner or looser, é furada,ninguém é 100% fodão nem 100% merda.Até Bill Gates e Lula, ambos fizeram merda e coisa boa! Não vou bater boca com vc pois nem se se está lendo ou se já foi liberado pelo G, mas digo o seguinte,não estou inspirada e estou cansada pacas,mas teria e terei outros exemplos p/ te dar caso o papo sobre isso continue. Ok? O radicalismo não leva a nada, a não ser a obturação mental: PENSE NISSO. FABIO FÁBIO, TE CUIDA, VALENTÃO!!rsrs
    Tudo de bom.VOU JANTAR

  29. GILDA] [RIO

    CONT P/ FABIO. O brasileiro tem mania de grandeza,por isso muitos vão p/o Tio SAM, e depis voltam c/ uma grana boa.Pois lá (vide Bostom,Dallas,etc)eles trabalham aonde aqui jamais trabalhariam:como garçon, entregador de jornal,faxineiros(idem p/ mulheres).Mais uma vez está aí uma evidencia de q a discriminação é muito mais pela classe social.Temos melhorado qto a isso(a dor ensina a gemer)mas ainda temos muito a evoluir neste sentido.Quanto a faxina, se quer saber,a classe média está faxinado suas casas, por falta de grana!Este racismo exacerbado q vc fala,é FABRICADO,não é real,mas se vc foi iludido e caiu nesse papo,fazer o que né?Não posto aki p/converser ninguém apenas p/dar a MINHA opinião.Tanto é falso q criaram uma universidade p/negros,lá branco não entra!Mas na saída,vá até o bar +próximo q estão lá,negros, brancos,etc tomando chopp e batendo papo.O cabelo do negro é duro,o suor é mais forte? SIM.Mas os orientais tb tem cabelos negros e estão pintado de louro.É RACISMO?

  30. GILDA] [RIO

    Fabio,calma!Releia o q escrevi, mas se quiser partir p/a discussão demagoga,sem nexo,maniqueista,tb TOPO!Vc saiu completamente do assunto cotas,então ok!Vamos lá,depois,se for o caso voltamos as cotas.Todos os exemplos q vc citou dizem respeito a classe social,mais especificamente a econômica e nada tem a ver com a cor da pele nem o cabelo.1-Aqui no Brasil,nunca vi um negro rico ser barrado,mas branco pobre sim.Basta ser nordestino q já é olhado com desconfiança(Oq será q este paraíba quer aki?). Estou errada?NÃO 2-Qto a entar pelo elevador de serviço acho certo,se está em serviço entra pelo de serviço,isto foi generalizado p/evitar os IF: Se estiver c/sacole de feira(já imaginou um saco de camarão cair num elevador social?). Moro em casa, mas o mesm acontece c/banhistas.Mesmo q o morador esteja seco,s/areia, etc,se estiver de roupa de praia vai pelo de serviço.QUAL O PROBLEMA?Tb é discriminação a quem gosta de praia? Sejamos honestos e sem apelação. O brasileiro tem a mania CONT>

  31. fabio] [são paulo

    Bom, gentêm..!!!..Péço que vocês vão até a locadora…! E PEGUEM UM filme CHAMADO…:..” A HÓRA DO SHOW”..!! ….DIRETOR..: …..SPAIKE LEE..!! ASSISTAM ESSE FILME, PELAMORDEDEUS…..É UM FILME BÁSIIIICO..!Prá vocês entenderem esse IMBECIL DESSE “juiz” NEGRO AQUI do “superior” tribunal em Brasília…esse “MACACO” de TÓGA a SERVIÇO da ELITE BRANCA SÓRDIDA DESSE PAÍS, chamado BRASIL!..e ainda “GAROTO” propaganda da famigerada “veja”NAZI/FASCÍculo.

  32. O Vampiro de Curitiba

    Já estávamos em outo post, outro assunto, mas o Carlão não ficou satisfeito. Agora eu entendo por que ele é tão apegado ao passado, se é que vocês me entendem… Vamos lá! Espero não ser preciso desenhar:
    Éramos iguais perante Deus. Como Deus morreu, somos, sim!, diferentes. Uns superiores, outros, portanto, inferiorres. Até aqui, tudo bem? Prossigamos: Julgar se alguém é superior ou inferior pela cor da pele, pelo tipo de cabelo, em pleno século XXl, não é nem mais preconceito, é burrice pura e simples. Se existir um negro superior a um branco (e existem milhões de negros superiores a milhões de brancos) toda tese racista vai a baixo. No mais, a ciência já prova que não exstem raças, somos todos de uma única espécie, a humana. Mais claro que isso, Carlos, é impossível!

  33. O Vampiro de Curitiba

    Eu havia dito, num comentário abaixo, que “tirando um ou outro (que são contra tudo)”…Pois é, agora vocês sabem de quem eu estava falando, né? Eu estou errado, apenas isso! Em quê? Onde? Por quê? Argumentos? Não, nada disso, o Vamp está errado e pronto! O Carlos teve a oportunidade de demonstar todo o seu brilhantismo respondendo a pergunta que eu fiz em outro comentário mais abaixo. Fez isso? Deu sua opinião? Não, se limitou a relinchar que meus comentários são “muito ruins, lamentáveis”. Por que esses comentários lamentáveis ferem tanto sua vaidade, Carlos? O que está em jogo, afinal? Eu não consigo entender! Eu estou lhe tirando algum espaço? É isso? Ou você está apaixonado por mim? Não estou sendo irônico, não! Você está? Apaixonado por mim? Se estiver, fique sabendo que eu gosto é de carinho, não de má educação.

  34. O Vampiro de Curitiba

    Ai, ai… É duro, né? Vou dizer o quê? A princípio nem tenho o que responder… O Carlos me acusa de quê? De ser “pixador”? Ou que minhas mensagens são “ruins, lamentáveis”? Por que, então, elas provocam tanto ódio? Por que o Carlos simplesmente não me ignora? Que conversa mole é essa de que eu teria afirmado que quem não assinar o tal manifesto é racista? Eu coloquei o endereço para quem quiser assinar, simples assim! Meu “governo do coração”? Que governo? Afinal, do que você está falando, Carlos? Bom, vocês tirem a conclusão. Os meus comentários estão todos aí, eu assino em baixo tudo o que escreví. Reitero absolutamente tudo, sem exceção. Mas vem cá: Falar o que a um negro, Carlos? Sinceramente eu não entendí. Se é que o Carlos quer ser entendido… Falar que eu abomino qualquer forma de preconceito? Que a ciência demonstra que raças não existem? Sim, pois foi esse o teor dos meus comentários, ué?! Carlos, Carlos… sei lá…você é bem adulto. Eu acho que você está sendo ridículo…

  35. Carlos] [US

    Só um pequeno adendo: baseio algumas das minhas argumentações no que foi escrito e isso deve ser mais do que suficiente, ou então isso não é um blog e sim um muro de pixadores. Se fulano diz que não se deve olhar pra trás, que não se deve perder tempo com o passado, então assumo que a pessoa pensou antes de escrever e esteja preparada pra confrontar opiniões contrárias. No mais, a frase “juntar aos 113 anti-racistas” é venenosa e acusatória ao mesmo tempo. Se o governo está sendo acusado de racismo pelo blogueiro em questão, que seja redigido um documento com a acusação e que ela seja levada oficialmente aos órgãos competentes. Se não for provado que o governo é racista, que seja feita justiça de acordo com a lei. É facílimo sair dando tiro pra todo lado, chamando todo mundo de racista e dizendo que tudo que os outros falam é besteira, etc. Abaixo a leviandade!!!!!

  36. Carlos] [US

    ERRADO VAMPIRO, tuas mensagens foram muito ruins, lamentáveis, como de costume. Mas também como de costume você aproveita o formato dos blogs pra se safar colocando 500 mensagens depois tentando tapar os buracos da tua retórica manca. Você mencionando OBJETIVIDADE??? Oras, mas não foi você quem disse que não se deve olhar pra trás????Então porque você não é HOMEM suficiente pra dizer isso para um negro????Vai lá cara. Fala que você é o Vampirão do blog, olha pro negro que só apanhou a vida toda e diz pra ele que a escravidão é passado, e que EM BREVE ELE VAI SER TRATADO COMO OS BRANCOS (outro absurdo que você despejou aqui que só a Ana pegou no teu pé). E que papo é esse dos 113 ANTI-RACISTAS?? Que acusação é essa? Quer dizer que quem não assinar é RACISTA?? E você está acusando o governo de ser racista?? E o que teu governo do coração fez sobre isso???DEPENDENDO DE GENTE COMO VOCÊ, SABE quando alguém da classe baixa chegaria ao poder?? Isso mesmo: JAMAIS.

  37. fabio] [são paulo

    Cara FILÓLÔGA, Ana…!!Pintei o apartamento que morava em são paulo, e o pintor, ÉRA NEGRO..! Eu ajudava a descascar as paredes, para passar MASSA CORRIDA…!A partir daí conversávamos MUITO e ele me CONTAVA como éra seu “UNIVERSO” de “TRABALHO”..!!Se eu te contar METADE,….SÓ METADE das COISAS que ele passava NAS MÃOS DE GENTE BOA(branca), nos arredóres da av. PAULISTA, VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR DORMIR!..No mesmo PRÉDIO, os faxineiros éram todos descendentes de NEGROS, DIGAMOS MULATOS..!Um deles de 17 anos, adoeceu, por causa de uma PERITONITE..!Foi “MEDICADO” no hospital do CAMPO LIMPO, e mandaram pra casa. Voltou ao hospital com a barriga INCHADA, foi JOGADO NUMA MACA NO CHÃO e APÓS ALGUNS DIAS ESTAVA MOOOOORTO..!!!!!!!!!Os moradores do prédio, toooodos “BRANCOS” VIRARAM AS CÓSTAS PRO MULEQUE DE 17 ANOS QUE TRABALHAVA HÁ 2 ANOS PRÁ NÓS.Como tentei ajudar a familia, SÓZINHO…! OS MORADORES SE UNIRAM COOOOOOONTRA MIM,OK!?..e me SABOTAVAM AONDE PODIAM..!!!sê qué mais?????

  38. Ana

    Fabio, ter cabelo crespo, pichaim, narizes largos, obturações com amálgama, fazer faxina, sair pela porta de trás, trabalhar muito e receber metade, pintar parede, e tudo mais, não é “privilégio” de negros. Tá cheio de gente branca (nordestinos que o digam) que são tratados como se fossem bichos nesse país. Aliás, basta ser mais “humilde” e já te olham torto até em lojas de departamento. O que distingue hoje as pessoas é GRANA e não cor. Você já parou com carro velho em posto de gasolina? Pois pare e verá. Vc pode ser louro, ruivo, preto ou pardo. Parou com carro velho, vai ficar esperando.

  39. Ana

    Me lembrou a história do Joaquim Barbosa, o primeiro ministro do Supremo, negro. Sem contar que ele já foi faxineiro do TSE, e hoje ocupa um dos maiores cargos no judiciário. Ou seja, sem cotas, sem nada, o cara chegou lá. No fundo, chega quem quer, e não quem pode. Quantos e quantos casos de superação a gente não assite todos os dias? Acho que é mais uma questão da educação começar boa na alfabetização, como bem colocou a Gilda, do que se criar cotas que vão beneficiar alguns em desfavor de outros. Basta lembrar do caso dos gêmeos: um considerado branco demais para poder ingressar na universidade, e outro considerado negro o suficiente. E ambos eram gêmeos. E univitelinos!

  40. O Vampiro de Curitiba

    Ahh, para quem quiser se juntar aos 113 anti-racistas e assinar também o manifesto, o endereço é: http://www.petitiononline.com/antiraca/petition.html

  41. O Vampiro de Curitiba

    Pois bem, acho que podemos avançar mais um pouco então. Esse juiz citado por Gerald, se não me engano, é aquele a quem me referí num outro comentário e que votou contra às cotas raciais nos E.U.A. Justamente ele, um negro. Por aqui, na Banânia, foi chamado pela patrulha ideológica de “traidor”, “conservador”, esse papo de sempre…. Avancemos. Já que a maioria não se escandaliza mais com pessoas que são contra as tais cotas, qual a opinião de vocês sobre aqueles que se utilizam das cotas raciais para ingressar na Universidade? Sim, dissemos que quem ofereceu as cotas são demagogos oportunistas, e quem as aceita? Isso mesmo! Estou falando dos negros que entraram nas universidades através das cotas raciais. Polêmica pouca é bobagem. Estavam certos? Foram oportunistas? O juiz Marshall, citado no texto, teria sido essa pessoa brilhante se tivesse se aproveitado de cotas? Se não foram oportunistas foram o quê? Ingênuos? Com a palavra, vocês!

  42. O Vampiro de Curitiba

    Legal, o fato de Gerald ter assinado o manifesto anti-racista deu assunto pra semana toda. E esse assunto envolve as mais diversas questões. Confesso que me surpreendí positivamente com a posição dos leitores. Tirando um ou outro, (que são contra tudo) a opinião dos leitores foi bastante coerente e realista, sempre embasada em critérios objetivos.

  43. george

    da ist ein Land/dort ist ein Haus/da ist ein Mensch/da ist ein Herz/ that I love/ where ever I go/where ever I’ll be/ I’m gonna take it with me, eh…
    Sorry, did not meet R.Quest’s Passion und andere Dinge…my friend G.

  44. Contrera

    gerald, querido, o projeto em questão vem de antes, bem antes, e portanto lula não tem realmente muito com isso = só continuou o que já havia se fortalecido antes. o projeto, por outro lado, sob forma teórica, origina-se de uma vertente de leitura do john rawls, o filósofo. isso que dá um filósofo meter-se a opinar sobre política – no caso, a política entranhada em meio às gentes.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s