ESTATUTO – por Gerald Thomas

"Uma forma reparatista de ver o mundo teatral"

NY- Em questao de algumas semanas, um pequeno grupo de atores se juntara num dos andares do SESC Paulista por um longo periodo. Outro grupo se reunira aqui em NY. Nao sera uma clausura propriamente. Mas desse "encontro" (espero), saira uma nova maneira de ver o que rola no universo. Quem sabe, menos rancorosa, quem sabe, mais desligada de clichés, vicios, etc.

Temos alguns pontos de partida, ja que tive breves momentos de iluminacao recentemente (e nao estou brincando). "Iluminacao?" "Como assim?", pode perguntar um cinico. "Voce anda se encontrando com Richard Wagner recentemente?

"Teve encontros secretos com o Siegfried – personagem do Anel dos Niebelungos – no meio da Floresta?" ou sera que Wittgenstein andou te visitando seu apartamento em Manhattan ou em Londres junto com o "magico" David Blaine?"

Sim, possivel que sim. Tive momentos reveladores. Digo novamente: reveladores, divinos, sublimes, iluminados (preencham voces com superlativos o resto se quizerem!)

Esse BLOG atinge hoje um numero que eu havia marcado num dos meus caderninhos do Starbucks que seria o numero final, digo terminal, digo CHEGA!!!!!: mas calhou do Papa passar por aqui e a discussao ficou interessante e Tiradentes apareceu ai e coalhou a coalhada e….num surto repentino hoje ainda tem as primaries de Pennsylvania em que Obama e Hillary vao passar por somente mais UM teste decisivo…..e essa vida do Blog parece cada vez mais injetada de vida e sangue: dessa vez ela, a Hillary ou cai fora ou se olha no espelho deformado ou pergunta pro David Blane como prender a respiracao por mais que 16 minutos! Oh Rodham oh Rodham viva cuja voz nao aguento mais na CNN ou nos outros canais mesmo com a adesao de Tony Snow (ex spokesman da Casa Branca e ex Fox TV). CNN nada comentou sobre o fabuloso Richard Quest!

Nao aguento mais a covardia e a hipocria da midia. Ha anos escrevo isso. Mas tem uma hora em que o copo transborda.


1- Estaremos olhando pras estrelas. Literalmente estaremos olhando pra barras de chocolate flutuantes ou aquelas que giram como pequenos planetas. LUNETA eh o que nao falta. Caolho tambem nao.

2- Estaremos investigando a questao da iluminacao X DINHEIRO. Estranho. E como gira essa porra! Nada a ver com Marx, Engels e Feuerbach e sim com a imagem POP dessas pessoas:

2a: eu disse POP? "Cuidado Gerald com a escolha das palavras!" Cuidado eh o caralho, vc nao deve nada a ninguem. (oops, essa o lobby do Al Gore vai me cobrar de tao corrupto que sou)!

3- Sim, empregaremos o supergasto sistema falido e horroroso de superdelegates que se usa aqui no USA nas eleicoes. Nas artes vai funcoinar porque nas artes seremos um pouco fascistas, com o nada-perdao da palavra. A arte e o fascismo namoram ha muito tempo! Deem uma olhada pra frente e nao pra tras, sem clichés e sem preconceitos. SEM PRECONCEITOS!

4- Sou e serei ate o fim por OBAMA! Mas isso nao entrara em nossa investigacao teatral: la eu colocarei todos os discursos politicos num tribunal e que se fodam! Nao devo nada a ninguem e estou em estado de BEM, neutro no que diz respeito as convencoes internacionais basicas de respeito ao ser humano (e alguns animais tambem).

5- Se a Historia nos mostra que ate alguns politicos estao preparados pra deixar de lado suas animosidades e fazer o pacto com o diabo da vitoria (1960: JFK e LBJ), entao porque uma cia de teatro teria que estar que "relendo" textos ja escritos e nao formar UMA NOVA CONSTITUICAO?????

NOTA: essa declaracao significa que essa eh uma experiencia e que pode dar em NADA, pode significar numa derrota terrivel. Mas sou bom em guerras. Sou bom nas ESTRELAS . Tenho estudado a velocidade da luz e a capacidade de me tornar transparente e/ou de simplesmente fazer entender atraves do SOPAPO galactico. Entendem?

Eh estranho dizer isso: mas uma lampada me veio e …me disse…."pare de querer olhar o mundo, vc ja o tem". Reli uma antiga materia do Alan Riding do NYTimes de outubro de 1988 e vou fazer num canto do teatro os cantos de Pound ou Santeria ou reproduzir de memoria uns trechos de Kantor (Tadeuz) ou pequenas perolas de Imagination Dead Imagine ou de All Strange Away que, assim como disse Richard Wagner a Ludwig "vou meter o pe na tabua" (como se isso fosse verdade!) na hora de escrever as lindas linhas de Liebestod, ou na hora de colocar o Nietzsche debaixo do seu proprio piano pra ouvir as marteladas da overture do Fliegende Hollander, o Navio Fantasma, sabendo que seu futuro seria uma "rua escura" chamada seculo 2o onde a atonalidade e dodecafonia dos judeus como Schoenberg iam deitar e rolar. E ai mestre?

6- Se soubesses os impasses de hoje? Se soubesses das belezas do mundo de hoje, se soubesses das imundices e das nojeiras e das belezas que fazemos delas, que loucura linda eh a mistura eh a inter-racialidade, em disputa hoje pela Casa Branca, nas previas da Pennsylvania.

7- Sim, o UNIVERSO.

Desde os descobridores ate os ATRAVESSADORES, aqueles que, como os CELTAS, ja nasceram com um tijolo entalado na garganta: ESSES SOMOS NOS!!!!!!

Bem vindos ao novo grupo do SESC Paulista! O Estatuto do blog serve aqui uma funcao triste: o tijolo na garganta se desafina como um violonista que nao cabe mais em sua orquestra. Ao mesmo tempo as duas orquestras nao param de tocar!

Gerald Thomas
New York – April 22, 2008


Rafael Dantas, obrigado pelo: http://www.youtube.com/watch?v=BxYsVDFh1ow
o resto eu comento amanha: Vampiro, thanks pelas emocionantes palavras
LOVE
GT

[Zeca] [Montreal]
Sei la por que, mas depois que li esse texto lembrei da Besta Humana do Zola e do instinto de morte do personagem principal, da fissura, da fenda cerebral de Jacques Lantier, o mecanico de locomotiva. Ainda jovem, ele pressente a maneira como o instinto de morte se traveste em todos os seus apetites, a Ideia de morte sobre todas as ideias fixas, a grande heranca sobre a pequena e ele se afasta (ou é afastado) das mulheres, do vinho, do dinheiro, das ambicoes que ele podia ter tido legitimamente. Ele renunciou aos instintos. Seu unico objeto é a maquina. O que ele sabe é que a fissura, a fenda, introduz a morte em todos os instintos e que na origem ou no final de todo instinto, o negocio é matar e talvez até ser morto. A Besta Humana somos nós.

[O Vampiro de Curitiba]
E vai Gerald, com sua serpente e sua águia, abandonar sua caverna e falar aos seus. Estrela de Sol, quer ver as demais estrelas. Quem sabe, até uns sopapos estrelares, se for preciso. Chega de mudar o mundo, sequer entendê-lo. Mudemos nós! Fora clichês, pré-conceitos, ideais. Fora passado! Não teremos medo do futuro porque amamos o destino. Façamos o presente, então. Construiremos a nós mesmos. Super-homens, sim! Não um homem biologicamente superior, isso a história já nos provou que é bobagem. Mas podemos criar a nós mesmos, novos valores, ou valor nenhum. Somos todos sobreviventes, forjados na dor e no desespero. Merecemos dar um passo adiante. Sem medo do abismo. E esse processo só pode começar na arte. É por isso que estaremos todos atentos ao novo grupo do SESC. Boa sorte a todos, ou se preferirem: M.E.R.D.A!!!

[Pancho Cappeletti] [São Paulo]
bem difícil pra mim comentar qualquer assunto que você escreveu nesse último texto…me sinto um grão de areia em alguma praia. Tudo que posso dizer é que fico feliz pra caralho com suas inspirações… viva el teatro hombre!!! te amo Pancho

Do Gerald em Miami por ordens medicas lendo o livro do Zuenir Ventura (LINDO!) : afastado do Blog por alguns dias. Lendo os comentarios OTIMOS de todos, so penso mesmo em transformar tudo num livro ou dialogo teatralizado, mas vou singularizar um unico agora, olhando pro mar mais azul aqui de South Beach, Miami:

[fabio] [são paulo]
aaaaaaaaaAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH!! (grito de SUPLÍCIO)………..!!!!

Eh isso mesmo Carlos!
Fabio, valeu: o blog precisava de um epitáfio. Mas nem tudo está perdido. Vamos tentar uma partida. Eu começo: Peão b4.
Carlos (US)

50 Comments

Filed under Sem categoria

50 responses to “ESTATUTO – por Gerald Thomas

  1. Sandra

    Gerald, você acredita em Deus?

  2. Contrera

    de olho nas estrelas, a trupe geraldiana investigará o domínio do dinheiro numa cultura pop, com métodos quase fascistas, para questionar aquilo que está constituído numa aposta obamada até alcançar o universo. é isso?

  3. Ana

    Carlos, excelente! Ahahahaha! Um blog ressurecto!

  4. O Vampiro de Curitiba

    Vamos lá pra cima, pessoal! Aqui já não cabem mais comentários…

  5. Carlos, El Padre] [US

    Irmãos(ãs): os sinos badalam, a história se repete mais uma vez. Acompanhem, por gentileza: sabe-se que o blog faleceu no dia 22 de Abril, às 14:44, como todos podem comprovar pelo último post deixado ali. Após algumas semanas convalescendo, o golpe de misericórdia veio com a presença massissa de pró-Republicanos que defendiam Bush e McCain a unhas e dentes. Não havia mais esperanças. Mas ainda agonizante, o blog passou a tratar de figurinhas “carimbadas” como o Papa e Deus. Levado para a UTI (juntamente com o Fabio), o blog sofria como poucos. A crise de alimentos, os debates nos EUA, a devastação da floresta, foram tentados todos esses remédios, mas tudo em vão. Até as famosas pastilhas Pitágoras foram medicadas, só que surtiram efeito contrário. O oxigênio acabou e o doente sucumbiu. Pois atenção, hoje, exatamente três dias após seu falecimento, eis que vejo uma nova mensagem, um novo post. Sim, fiéis, também 3 dias após, exatamente como ocorreu há 2000 anos, eis a Ressurreição(?).

  6. Rafael Dantas] [NY

    “NAO tem um prato de macarrao debaixo da cama da Sandra e essa frase eh falsa.” Pronto, agora soh falta provar que tem queijo ralado encima do macarrao…

  7. Sandra

    Carlos, provavelmente é algum trauma. Meu marido deve ter algum parecido, pois em todas as quermesses eu dedico a ele alguma música de Roberto Carlos e uma mensagem de amor, anunciada no megafone.

  8. Sandra

    Rafael, Chute=raiz(50%)*sim+raiz(50%)*não, e a base é finita, embora grande. O número de vetores é menor ou igual ao número de habitantes da terra.

  9. Rafael Dantas] [NY

    Eh.. a base ta longe de estar completa. Eh um espaco de Hilbert de dimensao infinita, Sandra. Vc selecionou apenas 6 pontos arbitrarios da funcao de onda. De qualquer forma Deus vai reconhecer o seu esforco, eh isso que importa… Ah, e nao esquece de incluir a religiao que eu fundei a 2 minutos atras, onde Deus se chama “gwri” e eh o gerador de todo movimento no universo. O unico mandamento da minha religiao eh botar os filhos pra estudarem ciencia. Por outro lado se vc nao cumprir esse mandamento: fogo do inferno, claro.
    E quanto as coisas existirem ou nao quando nao estou olhando. Bom, eu posso medir com outros instrumentos, entao vamos trocar medir por olhar. Se vc persiste no argumento mesmo com essa troca, a questao eh a seguinte: Suponha que alguem achou a resposta a essa questao e “forca” vc a adivinhar a resposta. O que vc diz? que as coisas continuam la quando vc nao esta medindo, ou que nao continuam? Se vc acertar, ganha 1 milhao, se errar eh estuprada. O que chuta?

  10. Sandra

    Rafael, quer uma prova que Deus existe? Analise a frase: “Deus não existe e essa frase é falsa” Pronto! Provado! Agora só falta provar que Ele é único!

  11. Sandra

    Puxa, até que seria legal! Eu, um umbigo quântico que de vez em quando toma uns sopapos galácticos e passa para um estado quântico de maior energia…

  12. Carlos] [US

    Confessionário_001: Uma professorinha minha da segunda série do primário era louca por Roberto Carlos. Quero dizer, fanática. Foi ali, ainda menino e de calças curtas, sentado naquela sala de aula, que tive pela primeira vez a vontade de espancar alguém.

  13. O Vampiro de Curitiba

    Sandra, você lembrou? Confesso que nem eu mesmo lembrava mais da “Frase da Semana”. Para ser sincero, agora que fui descobrir que hoje é sexta-feira. Então tá! Vou reler com calma os comentários dessa semana para não cometer injustiças. Mais a noite eu trago à luz a “Fease da Semana”

  14. O Vampiro de Curitiba

    Sandra, você lembrou? Confesso que nem eu mesmo lembrava da “Frase da Semana”. Pra ser sincero, agora que fui descobrir que hoje é sexta-feira…. Então, tá! Vou rever todos os comentários da semana com calma para não cometer nenhuma injustiça. Mais a noite eu faço com que a “Frase” exista. Por enquanto, aceito sugestões.

  15. Antonio Moraes] [SP

    Sofismas, sincretismo, esta lista de comentários está parecendo um panfleto dadaísta.

  16. O Vampiro de Curitiba

    Sandra, você lembrou? Confesso que nem eu mesmo lembrava da “Frase da Semana”. Pra ser sincero, agora que fui descobrir que hoje é sexta-feira…. Então, tá! Vou rever todos os comentários da semana com calma para não cometer nenhuma injustiça. Mais a noite eu faço com que a “Frase” exista. Por enquanto, aceito sugestões.

  17. O Vampiro de Curitiba

    Sandra, você lembrou? Confesso que nem eu mesmo lembrava da “Frase da Semana”. Pra ser sincero, agora que fui descobrir que hoje é sexta-feira…. Então, tá! Vou rever todos os comentários da semana com calma para não cometer nenhuma injustiça. Mais a noite eu faço com que a “Frase” exista. Por enquanto, aceito sugestões.

  18. Sandra

    Carlos, adoraria jogar com você, mas não sei jogar xadrez (eu sei! É uma vergonha!). Mas se o seu peão não for ateu, ele pode adotar minha filha como deusa, pois ela os protege até o fim. Só em último caso, ela os sacrifica. Mesmo assim eles ganham um beijo e um cumprimento: “Você lutou bravamente, peãozinho”.

  19. Sandra

    Vamp, e a frase da semana?

  20. Sandra

    Valéria, FERNANDO PESSOA ARRASA!

  21. Sandra

    Gerald, em homenagem ao seu estado de BEM, e a todos os artistas: “Eu vi muitos cabelos brancos/ Na fonte do artista/ O tempo não pára e no entanto/ Ele nunca envelhece… /Aquele que conhece o jogo/ Do fogo das coisas que são/ É o sol, é o tempo, é a estrada/ É o pé e é o chão…/ Eu vi muitos homens brigando/ Ouvi seus gritos/ Estive no fundo de cada/ Vontade encoberta/ E a coisa mais certa
    De todas as coisas/ Não vale um caminho sob o sol/ E o sol sobre a estrada/ É o sol sobre a estrada/ É o sol…” (Força Estranha – Roberto Carlos)

  22. Sandra

    Ana, amei amei amei a descrição de teatro!!!!

  23. Sandra

    Sei lá, Rafael… Eu me imaginei na peça do Gerald como um umbigo quântico.

  24. Carlos] [US

    Tenho toda a paciência do mundo. Meu peão está ali, moveu duas casas pra frente e aguarda. Ele espera pacientemente só observando o “campo de batalha”. Era um peão como todos os outros, confiante de suas habilidades e sempre disposto a servir, mas agora tornou-se algo mais, foi colocado às margens do universo, o que já é melhor do que estar apenas lutando sem nem saber porque. O esquecimento não é de todo ruim. O peão que foi pra b4 virou o rei de si mesmo…ahh que sensação boa ele sente…

  25. Sandra

    Rafael, eu aproximei a base por ortogonal para não perder o costume. Afinal, os físicos adoram simplificar tudo. Mas, depois que mandei o comentário, pensei que a base não está completa. Esqueci-me do budismo, do bramanismo, do xintoísmo… Tudo bem, eu selecionei um sub-espaço de seis dimensões. Mas, quanto ao meu pragmatismo, fiquei um pouco preocupada. Eu deveria ter incluído pelo menos o judaísmo e a religião mulçumana na minha função de onda, para aumentar minha chance de um bom lugar no Céu. Mas é que eu não tenho tanto contato com essas religiões para projetar-me nesses vetores. Acho que tenho que melhorar minhas condições de contorno, para garantir meu cantinho. Quanto às coisas existirem independentemente de você as ver, VOCÊ NÃO SABE! NÃO PODE DIZER NADA SOBRE O QUE NÃO VÊ! E que preconceito é esse contra o lado masculino de Deus?

  26. fabio] [são paulo

    É Carlos, o negócio tá feio!!!!!..
    O problema que eu jogava xadrez quando éra moleque lá em birigui..
    Não sei jogar assim como você, pela NÉT, sabendo o nóme das casas, entende??!! “POPRONHO” então um outro JOGO se você TOPAR?? Também jogava em birigui este…!…é o “ISTÓPI’..!!TÓPIS?…..A gente escolhe a LETRA e vai pela sequencia…! “NÓME”, “CIDADE”,”CARRO”,”ANIMAL”, “PLANTA”, “COR”, “FRUTA”, “PAÍS”….e por aí vai, preciso lembrá direito da sequência…!ok?
    Quem QUISÉ brinca, péde pra entrar,ok!O que tiver vitória, a gente DEPOSITA 1 REAL NA CONTA dele..!Quando tivér um montante, tipos no final do ano, faríamos um amigo invisível aqui no blóg do gérald, e mandamos os presentinhos pelo CEDX.!!que você acha CARLÃO!Carlão é meu companheiro de lutas, aqui no blóg.

  27. Ana

    Nossa, acabo de me sentir a musa do epitáfio do blog, já que o aaaaaaaaaaaaah do Fabio veio bem em cima de um dos meus comentários. Carlos, pq. Peão B4? É muito demorado. Pede truco, logo. Eu pago pra ver.

  28. Ana

    Vamp, bem legal essa sua colocação (totalmente quântica!!!). Se ele (objeto) nos observa, e nós a eles, temos a ação da reciprocidade ou da lei da atração. Sujeito e objeto seriam recíprocos, sem deixarem de ser sujeitos e objetos, e objetos e sujeitos, ao mesmo tempo. Taí um bom paralelo teatro-expectador. Teatro para o quem está no palco é sujeito, e para o expctador SERIA objeto. Mas isso só depois que a peça acaba. E aí é que a gente vê a magia do teatro: enquanto acontece, só ele é sujeito. Quando uma peça cria algum espaço para identificação imediata (não posterior) a peça é uma bosta. Peça boa é aquela que você se esquece que é um sujeito (tem um ego), simplesmente porque você se esquece de si, em função da história (e vida) à sua frente. E o sujeito também esquece que é sujeito por estar envolvido com outro sujeito. Isso, pra mim, é magia pura!

  29. Rafael Dantas] [NY

    Eh… seria de fato interessante uma peca com esses dialogos…. Ja pensou todo mundo la em Miami com o Gerald agora tendo essas conversas malucas na areia da praia… Olhando as estrelas e sentindo a vida.. a vida cheia de si mesma e tao vazia do resto. Os conflitos, os egos, as ganancias, as humildades, as buscas, o conformismo, o inconformismo, o facil, o impossivel… tudo misturado…. na funcao de onda da onda da praia… E no final, o vamp chega e, ao nos observar, todos desaparecemos, inclusive o Carlos e o Fabio jogando xadrez num canto isolado. Ficam soh as ondas… eternamente ondulando, mesmo depois que nos sumimos… pra sempre.

  30. Valéria] [Rio de Dengueiro

    É pra rir com os últimos comentários: SANDRA: blá blá blá e o Fábio surta! Morri de rir. VAMP: um médico q receita Miami é ótimo! Uma vez fui a um médico e parece q tava um pouco esgotada, então ele falou bem sério: férias não se vende em farmácia, lamento ñ poder te passar a receita. Só fui entender e rir em casa, devia tá meio esquisita mesmo…
    Gerald, bom azul procê!
    E continuo casada com as idéias do Rafael.
    Marina, adorei o q vc escreveu.
    E trago Pessoa: Deus é um grande Intervalo,/Mas entre quê e quê?/ Entre o que digo e o que calo/Existo?/ Quem é que me vê?
    Inté

  31. Rafael Dantas] [NY

    Sandra, na boa… se Deus existir, eh ELA… nada de it, onde ja se viu Deus assexuado? Ah, a tua base nao eh ortogonal, pois o vetor “catolica” tem uma projecao nao nula no “protestante”. Mas a base eh completa, entao ta tudo bem. Ah, e vc pode acrescentar mais alguma religiao no futuro com um coeficiente de 20% (sem alterar os outros), ja que se tratando de funcao de onda religiosa, a probabilidade nao precisa adicionar a 100%.
    O motivo pelo qual Deus nao se mostre pode tambem ser porque ele nao existe.
    Agora serio Sandra, vc eh esperta hein… Reservou porcentagens pra todo mundo na tua funcao de onda pra garantir o teu lugar ao Sol qualquer que seja a resposta, ne? Pelo menos uma porcentagem de alguma eternidade vc vai ter, e como qualquer porcentagem de infinito eh infinito vc acaba na eternidade de qualquer forma. E ainda tem 20% de ateismo pra fazer algumas sacanagens….. Essa Sandra nao eh boba nao !

  32. Rafael Dantas] [NY

    Poxa Carlao, outro dia vc reclamou que ninguem continuava uma discussao no blog e no dia que isso acontece vc fica querendo botar fim nela: vira-folha.
    Vamp, nao existimos apenas porque observamos. A pedra existe. O fato de que vc ja olhou nos olhos de alguem e continua respirando eh evidencia empirica de nao ha nada de especial em “observar” algo. Observar eh simplesmente “alterar” o objeto observado, nao dar existencia a ele. Eh por isso que vc continua existindo mesmo quando nao olha no espelho, ou dorme sozinho num quarto. Impressionante como de alguma forma uma interpretacao completamente errada da mecanica quantica eh passada as pessoas, talvez pq eh mais facil de ser explicada, com menos matematica… anyways…

  33. Luiz Lago] [São Paulo

    Sandra: Tá bom…tá bom, já que você fez beicinho então eu incluo você. Beijos.

  34. Sandra

    “olhando pro mar mais azul aqui de South Beach”. Você está mesmo em estado de BEM!!!!!!

  35. Valéria] [Rio de Dengueiro

    cont. se há ruídos e milhões de interpretações e malentendidos com as pessoas q tão do nosso lado, por que cargas d’água quem se acha médium acha q tem a verdade do espírito? E q espírito é este q acha q sabe tudo? Nunca entrou espírito em mim, nem acredito q entre em algúem; talvez conexão, desdobramento etc; em mim vinham imagens, palavras ou eu ia a outro lugar mas quem garante q eu ñ tava só me experimentando, jogando? Achando q eu era a tal? ñ sei. Mas ñ posso negar q houve coisas q me espantaram, confirmações etc. Isso sempre me intrigou, mas saí; há vaidades demais e a maioria dos médiuns acham q têm a verdade e q tá tudo explicado: ‘ele sofreu, tá pagando etc’. Pensar assim é um horror! Argumento de castigo prum e doce proutro! Tortura toda uma vida!Doçura e alguns chocolates amargos a de outros? Imagina um coitado q sofre horrores a vida inteira! p pagar o q?! Isso é Guantânamo, selva! Fico pasma qdo alguém q se salva diz: Graças a Deus! E o q ñ?

  36. Sandra

    Puxa, Luiz… E os físicos? Magoei!

  37. Sandra

    Vamp, não viaje não!!! Você é o lado esquerdo desse cérebro! As meninas viajam daqui, você, o Rafael e o Carlos racionalizam de lá, e o Fábio surta!

  38. Luiz Lago] [São Paulo

    Sei. Quer dizer então que por algum ato mágico tornamo-nos todos agora místicos, crentes na força salvadora do Invisível enquanto observamos do alto, agora que somos santos, o mundo se dissolver. Ele, o mundo, de quem falávamos tanto há tão pouco e seus problemas, para os quais tínhamos todas as soluções.
    É por isto que a minha preferência sempre foi pelos loucos e visionários, por aqueles que fazem seu caminho de forma única e particular, autênticos em suas contradições e incoerências, raivosos e inquietos. Essas pessoas a quem admiro encontram-se principalmente no teatro e no cinema, artes com as quais tenho alguma afinidade e promessa de encontro. E acredito mesmo que a arte se faz assim, nos atos inflamados, sejam eles por iluminação, cansaço, descrença, ou simplesmente, e mais provável, pela capacidade e necessidade de reinventar o mundo e a vida, de se fazer cego às tragédias e seguir em frente. Que seja e que venha a arte.

  39. Sandra

    Eu voto no diálogo teatralizado!!! Depois que você colocou Godot de Papai Noel, eu pago para ver o que vai fazer com essas suas pobres vítimas!!!

  40. Marina S.

    sobre o q o Vampiro escreveu… talvez a percepção da nossa existência concreta aconteça porque estabelecemos relações e pontes com os objetos observados. existimos porque estamos sempre em constante relação a alguma coisa. somos seres relacionais. e, no meu ponto de vista, esta relação se trava partir de outros objetos, outros seres e outros espaços. observação e conflito estão sempre em jogo.

  41. Sandra

    Rafael e Valéria, uma das razões pela qual Deus possa existir mas não se mostrar é para a gente tomar a vida nas mãos e não ficar toda a hora dizendo “Deus me livre, Deus me guarde, Deus me faça a feira” (Chico Cézar).

  42. Carlos] [US

    Claro que estou com as brancas, por isso comecei. Fico aguardando o lance adversário e seguimos daí.

  43. Sandra

    Vamp, eis minha função de onda: Eu=raiz(30%)*católica
    +raiz(25%)*kardecista
    +raiz(25%)*protestante
    +raiz(20%)*atéia, onde (católica, kardecista, protestante, atéia, judia, mulçumana) é uma base ortogonal de estados quânticos.

  44. Sandra

    Uau, Gerald! Curta o livro e o belíssimo Universo!

  45. Sandra

    Exatamente, Rafael!!!! Eu sempre vou te perguntar de novo!!!! Quanto ao Ela, eu não tenho culpa de não existir It em português!!!

  46. Valéria] [Rio de Dengueiro

    O bloteco tá pegando fogo de esperança e dúvidas! Tô sempre no fio, nem sei se há uma fronteira tão demarcada tb. Apesar de ver um mundo caótico me divirto e gosto de estar com pessoas, de brincar, fico+ leve, mas há uma culpa q me persegue. Ñ quero argumentar agora, apesar de tender ao Rafael;e c/ fé ñ há argumentos, mas tô com a escuta ativa aki. Qdo dava ‘consulta’ em centro espírita ficava de olhos fechados e sempre + falei do q ouvi, eu os tocava e pedia silêncio, e saía cada coisa!As pessoas entravam ali achando q ‘médiuns’ são santos! Eu duvidava de tudo o q dizia pros outros, sofria, me achava a impostora!E as pessoas voltavam, traziam outras, faziam fila, um horror;tinha algo errado pq as pessoas depositavam tudo numa pessoa q ñ era elas, e eu podia estar mto errada! Nunca falei frases comuns e vivienciei coisas indizíveis mas me torturava com a dúvida:podia estar fazendo um estrago sem saber. Presenciei coisas q ñ dá p/ negar, mas se

  47. O Vampiro de Curitiba

    Estava aqui lendo os comentários e comecei a viajar: Existimos por que somos o sujeito que observa o objeto, certo? E se esse objeto, por nós observado, por acaso, for um ser humano que, percebemos, nos observa? Então ele passa a ser o sujeito e nós os objetos. Deixamos de ser o sujeito, deixamos de existir!

  48. O Vampiro de Curitiba

    Legal essa idéia de “teatralizar” os comentários desse blog. Fico aqui imaginando…cada figura!!! Ahh, Gerald, depois você faça o favor de nos passar o nome do seu médico, tá? Só encontro médicos chatos, desses que receitam remédios… Também quero um que me receite umas férias em Miami!

  49. Carlos] [PQP

    Fabio, valeu: o blog precisava de um epitáfio. Mas nem tudo está perdido. Vamos tentar uma partida. Eu começo: Peão b4.

  50. Ana Carolina

    Rafael!!!
    E porque não haveria de falar das flores, não é!?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s