Monthly Archives: August 2004

GERALD UOL

Marco Nanini fala de teatro, TV, cinema e percepção


O ator Marco Nanini; veja mais fotos

A "entidade" Marco Nanini e o teatro

"Irma Vap" no teatro e no cinema; a percepção

TV; teatro em shopping e teatro para o povo

Livros; a escola da direção teatral

Advertisements

5 Comments

Filed under Sem categoria

Caso encerrado

17/08/2004 – 19h50
STF ordena trancamento de ação penal contra Gerald Thomas
daFolha Online

O Supremo Tribunal Federal concedeu hoje um habeas corpus ao diretor de teatro Gerald Thomas e determinou o trancamento da ação penal que tramitava contra ele no Juizado Especial Criminal do Rio de Janeiro.

Thomas foi indiciado no artigo 233 do Código Penal por prática de ato obsceno em lugar exposto ao público. Em agosto do ano passado, em reação às vaias após a estréia da peça "Tristão e Isolda", no Teatro Municipal do Rio, o diretor abaixou as calças, exibiu as nádegas para a platéia e simulou uma masturbação.

Hoje, o pedido de habeas corpus foi indeferido pelo ministro Carlos Velloso, relator do processo, e pela ministra Ellen Gracie, mas aceito pelos ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello.

De acordo com o regimento interno do Supremo Tribunal Federal, em caso de empate no julgamento de habeas corpus, deve prevalecer a decisão mais favorável ao solicitante do pedido. Se não houver recurso contra a decisão, o caso está encerrado.

Em maio, o julgamento de Gerald Thomas foi suspenso graças a um pedido do ministro Gilmar Mendes de vista do processo. Na ocasião, Velloso indeferiu o pedido por julgar que a atitude do diretor teatral, para ser crime, não precisaria ter intenção específica de ofender o pudor público.

Para o ministro Gilmar Mendes, apesar de a manifestação ter sido "deseducada e de mau gosto", não passou de um protesto grosseiro. De acordo com Mendes, quando simulou a masturbação, Thomas não tinha a intenção de "mostrar qualquer prazer sexual, mas que as vaias não lhe atingiam".

A ministra Ellen Gracie indeferiu o pedido por considerar que a conduta do diretor foi "pouco edificante". "Figuras bem mais qualificadas, como Victor Hugo, adotaram postura de humildade diante daqueles que não compreenderam na época as inovações introduzidas nas suas criações", disse.

Na primeira audiência judicial, em 28 de agosto, Thomas recusou o acordo proposto pelo Ministério Público –o processo seria suspenso em troca do pagamento de cinco salários mínimos.

Na época, a defesa argumentou que, diante das vaias, Thomas teve "uma atitude impensada, provavelmente deselegante, publicada e comentada por toda a imprensa e que redundou no oferecimento de denúncia".

Especial

27 Comments

Filed under Sem categoria

Um ano sem Haroldo

'Sonoras Galáxias' celebra Haroldo de Campos

Lalo de Almeida/Folha Imagem

O poeta, tradutor e crítico
Haroldo de Campos, morto
em agosto de 2003


"Sonoras Galáxias", no Sesc Vila Mariana, presta homenagem ao poeta, morto há um ano.
Saiba mais sobre o evento
Clique abaixo para ver entrevista com o
poeta concretista realizada em fevereiro
de 2002 pelo dramaturgo Gerald Thomas

2 Comments

Filed under Sem categoria

Teatro, Mito e Metáfora

GERALD THOMAS
Teatro, Mito e Metáfora


Ilustração de Gerald Thomas

Gerald Thomas é um andarilho em terras, tempos e símbolos, que ele traduz no teatro como mito e metáfora. Sua arte é também uma espécie de síntese daquilo que sobrou da civilização moderna. Mergulhar em seu universo é conviver com o paradoxo da existência, movimento contínuo de energia em transformação. O palco é o cenário dos ritos de vida e morte, espetáculo de espelhos e contrapontos que nos mantêm em permanente estado de perplexidade. Viajar no universo mítico de Gerald Thomas é descobrir os nomes e as formas das coisas em seu avesso, em todo o seu absurdo, numa veemente representação de nossa triste época (em ruínas), onde o espaço da Utopia é uma avenida detonada em Nova York. No ambiente da desolação, do caos conturbado, Dioniso (transfigurado) prossegue sua jornada, fazendo do imaginário, da criação estética, uma modalidade possível de resistência ao império da banalidade. ( mais > )

*

10 Comments

Filed under Sem categoria